Dracula 1x09: Four Roses

sábado, janeiro 25, 2014




Durante toda a extensão de Four Roses, algo parecia acontecer. É difiícil precisar o que acontecia, já que Dracula parece simplesmente avançar sua história através de diálogos simplórios e tramas que destroem umas as outras, sem jamais criar um momento que se destaque do resto.

Problemas do início da temporada voltam a se repetir, como as atitudes infantis de Alexander. Todas as vezes que ele decide simplesmente matar seus inimigos ao invés de cuidadosamente planejar a derrota definitva deles, seus planos com Van Helsing parecem mais inúteis. Qual o propósito de passar anos tramando como destruir financeiramente a Ordem do Dragão se, ao primeiro sinal de problema, Drácula deixa tudo de lado e promove uma carnificina?

Apesar de tornar seus esforços de seu aliado inuteis, as atitudes violentas de Drácula são coerentes com a burrice que o personagem demonstra em vários momentos. Se aqui ou ali ele se mostra um bom manipulador das pessoas a sua volta, em outros se revela um completo estúpido incapaz de perceber os movimentos do inimigo. O mais recente exemplo é a autoria do ataque a Mina. Apesar de todo o raciocínio impecável de Renfield, Alexander insiste em atribuir o ato a Ordem do Dragão apenas para justificar seu ataque.

Parece que, apenas por lidar com vampiros, os roteiristas acreditam ser necessário adicionar litros de sangue jorrando em todos os episódios, uma idéia que jamais se encaixa com a premissa das intrigas e disputas financeiras que a série tenta apresentar. Transformar Lucy numa vampira, por exemplo, é apenas mais um desses momentos de choque gratuito que não faz muito sentido, já que a reação de Grayson é totalmente exagerada. E por que transformar Lucy e não Harker, já que os dois são igualmente culpados na traição?

Numa tentativa de criar uma série que misture fantasia e intrigas corporativas, Dracula se revelou incapaz de executar quaisquer dos aspectos de forma competente, dando vida a uma criatura cujas partes jamais se unem de forma natural, um monstro fadado ao fracasso.  

Talvez Você Curta

0 comentários

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe