Castle 6x18: The Way of the Ninja

quinta-feira, março 20, 2014

E você com medo de que ficássemos chatos?

Spoiler Abaixo


Tédio!

Palavrinha complicada, mas que infelizmente faz parte das nossas vidas. De fato, temos períodos marcados pela literatura onde o tédio já fora considerado o grande “mal do século”, provocando a melancolia e o pessimismo. E ainda, que esta insatisfação egocêntrica tenha sido fruto das maiores obras do romantismo. A verdade, é que ninguém gosta de se sentir enfadado.

A rotina, os mesmos hábitos, os mesmos relacionamentos... O sonho da estabilidade social está diretamente atrelado à falta de novidades e reconhecimentos de prazeres agradáveis ao nosso cotidiano. E isto faz parte de todos nós, ao meu e ao seu dia-a-dia. É até mesmo por esta razão que buscamos formas de descontração, de lazer, satisfações pessoais que fogem às nossas obrigações tradicionais e que como, consequência, são desvios de uma sequencia padrão que devemos seguir em nossas vidas. Seja a paixão por séries, por música, literatura, festas... Seja o que for. É um fator constante de nossa busca pela felicidade a quebra do rotineiro.

É por isso que tudo que fazemos pela primeira vez tem certo tom de satisfação incompreensível: aprender um novo instrumento, ler um livro pela primeira vez, o primeiro dia em um novo emprego... E é lógico, o primeiro encontro ou uma nova paixão. O inicio dos relacionamentos são formidáveis, por inúmeras justificativas, mas sem dúvidas, a principal está em vivenciar uma nova experiência a cada encontro. Mas então surge o grande paradoxo: sonhamos com encontro do amor eterno, a verdadeira alma gêmea, e nos esquecemos de que o “para sempre” é repetitivo, e pode tornar-se chato. Então, como mudar o inevitável?

Castle é uma série que sempre brincou com esta questão do monótono, perante a personalidade de seu protagonista. Desde o piloto da série somos apresentados a um Richard Castle que fora capaz de matar “a galinha dos ovos de ouro” por estar entediado com a previsibilidade da vida. E então... E então, ele era presenteado com o NOVO, uma nova musa, uma nova paixão, e uma nova aventura, a cada caso investigado.

Mas então... Mas então, que levante a primeira pedra àquele que já não sentiu o desgaste em alguns casos de Castle? Seja pela falta de novas perspectivas, pela rotina investigativa, ou simplesmente por ser decepcionante. É comum, e não precisa se sentir culpado, pois isto é uma prova de que você ama esta série e reconhece os riscos que cada episódio sofre ao decorrer de suas seis temporadas.

São 123 episódios, que resultam na matemática igualitária para casos, prisões, interrogatórios... É uma maratona semanal impedir que este ciclo não perca sua magia. Até os nossos sentimentos a uma determinada sequência de episódios, tende a ser pessimista, diante às novidades apresentadas pela TV a cada temporada. Não negue! O novo inebria nossos olhos e mentes!

E foi, exatamente, sobre esta questão que o episódio The Way of the Ninja decidiu investir, com muito êxito, em mais uma das investigações da NYPD.

...

Interessante pensar o quanto este episódio possuía forte responsabilidade de se apresentar após o hiato da semana, compensar seu novo leading e o mais importante, vir a ser exibido logo após o espetáculo que fora In the Belly of the Beast. Mas com tamanho fardo, o que vimos foi um roteiro extremamente descontraído, mais do que divertido, e com inúmeras reviravoltas que deixou qualquer um imaginando se todos os crimes tivessem tantas confusões, Castle estaria falido e Beckett pedindo aposentadoria!

Exagerado?

Exagerado é ver Kate pedir por mais emoção na vida e no relacionamento com Rick. Afinal de contas, se alguém havia questionado sobre mais plot twist, se perdeu na metade deste caso.

Ainda que seja de certa forma “clichê” a busca por vingança na morte dos pais, o restante da investigação retomou TODOS os elementos que tanto diferencia a série e a faz manter-se no sucesso. A diversão em ver Castle se emocionar ao presenciar um suposto ninja roubando a arma do crime, enquanto Kate discute dizendo que não existem ninjas e de que até ela seria capaz de desaparecer em uma cortina de fumaça. Só foi menos emocionante do que ver Ryan se aventurando em um Karaokê enquanto Esposito esbanja o cartão de crédito de Castle e o próprio escritor vai para uma sala privada com uma gueixa.

Mais confusão em poucos minutos ainda é possível? E o episódio mostra que sim, quando Rick lembra-se de ligar para a noiva, mas é impedido por uma estrela ninja e só não é partido ao meio pelo aparecimento de mais um “ninja do bem”, para salvar a pele do escritor que vivenciara os dez minutos mais caros de sua vida.

“Confesso que no lugar da Capitã Gates eu mandaria todos a uma consulta psiquiátrica!”

The Way of the Ninja não é inovador e muito menos pretencioso, de fato, é um episódio filler que consegue suprir todas as expectativas de quem o vê e conhece Castle. Não se trata de algo fenomenal, ou de uma investigação absurdamente rica em detalhes que nos levam ao criminoso. Trata-se de questionar o comportamento humano e buscar respostas com atitudes e personagens que fogem ao convencional. A fuga do rotineiro e a prova de que a morte pode ser muito divertida, é a grande satisfação do telespectador, que não se sente cansado ou entediado pela utilização dos mesmos métodos, pois estes não existem.

O que há é o instinto humano em busca de respostas, como resultado de prevalecer a justiça. Porém se neste traçado haverá caminhos tenebrosos ou uma aventura maluca sobre a mitologia ninja, não importa! Pois o que vale é aproveitar e perceber que o que diferencia um curso entediante para uma aventura formidável, está na sua decisão de aproveitar os momentos e reconhecer os instantes que renovam, valorizam e compensam.

Diálogos no estilo Castle.


[Kate] – Ou este foi o arremeço de faca mais certeiro do mundo...
[Castle] – Ou ela foi morta por um atirador de facas de circo. Como o Grande “Atiradini”. (A tradução da legenda ficou mais engraçada ainda).

[Castle] – Beckett... Um ninja roubou a arma do crime... (E o escrito começa a sorrir de satisfação).

[Saya] – Posso assegurar que ele não é um ninja. Não existe mais essa coisa de ninja.
[Castle] – O que ela sabe, afinal? Aposto que ela nunca viu “Ninja III: A Dominação”!

[Castle] – Não pode ser um bailarino. Pois seria muito decepcionante.
[Kate] – É claro, não podemos deixar que fatos atrapalhem uma boa história.

[Castle] – Ele é um ninja e eu vou provar... (Empurrar o copo de café era uma ação muito óbvia, mas mesmo assim foi hilária).
[Tong] – Eu não sou ninja. E também sou coreano e não japonês. Ótimo perfil racial.

Ryan se divertindo com “What I Like About You” enquanto Esposito gesticulava sobre o segurança e ele era arrastado para fora da boate. “-Estava tão ruim assim?”.
[Castle observa o ticket do cartão de crédito] – Seis mil dólares? (aos berros). Nem terminamos a garrafa! (O mais engraçado foi vê-lo tentar o reembolso com a Capitã Gates).

[Gates] – Isto não faz o maior sentido.
[Castle] – Ao menos que eles sejam rivais em uma rixa antiga. Dois clãs rivais. Um segue para o caminho das trevas, o outro jurou seguir o caminho da luz. (Óbvio!)

Capitã Gates foi atingida por uma estrela ninja. Será que Castle estará vivo no próximo episódio?


ACOMPANHE A AUDIÊNCIA


Como já era esperado, Castle sentiu a mudança de seu leading e o horário fechou com rating de 1,8 uma alta de 12,5%. Ponto positivo para a série, que consegue manter sua média na temporada. Ainda que The Voice continue dominando as noites de segunda.

Acompanhe a tabela clicando no link:



CASTLE & BECKETT BRASIL


Quer saber todas as informações que surgem sobre Castle? Spoilers, novidades, participações especiais, entrevistas com escritores, produtores e atores?

Acesse o Castle & Beckett Brasil e saiba tudo em primeira mão sobre o universo desta série que eu sei que você ama!

Talvez Você Curta

24 comentários

  1. engraçado foi ver uma discursao sobre um beijo com uma geixa termina com a tal ligaçao que ele deveria ter feito para sua noiva e nao fez porque foi impedido por uma estrela ninja gostei do seu txto tanto que vou colocar um pedacinho dele no meu facebook bem mas vou dizer essa serié me surpriende toda semana somos apresentados a roteiros incriveis antes de ver esse capitulo quando eu vi o sneik peek eu estava a ponto de bateter no castle por ele ter beijado a tal gueija e depois ver beckett discutindo com ele quando vi o capitulo tudo ficou claro percebi que foi uma confusao e um capitulo bastante divertido bem tipico do castle um ninja bem mas como diz a beckett nao podemos deixar os fatos atrapalhar uma boa historia ja pensou se fosse o tal bailarino deixaria um castle motivado pela ideia do assassino ser um ninja por uma nao tao interresante ser o bailarino pois nao faria sentido na historia que ele gostaria afinal buscamos sempre algo novo castle nos mostra isso a cada capitulo

    ResponderExcluir
  2. transfomei um pequeno trecho de seu texto no meu Facebook queria por seu lindo texto todo e mostra pra todo mundo porque amamos Castle não falei sobre Castle busco uma forma de contar se me permitir posso escrever a segunda parte do seu texto onde vc conta sobre a aventura de cada capitulo mas vou tentar contar como me sinto e porque amo essa serié bem mas nao hoje hoje vou apenas admirar seu texto parabéns por esse lindo texto queria mostrar ele por mundo assim quem sabe um dia nosso criador dessa linda série AM e os maravilhosos atores possam ver pequenos gesto em forma de palavras dita por uma fã é tao especial pra ele quanto para nos que vc continue nos presentando toda semana com textos incríveis como esse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Débora, muito obrigada. Fico feliz quando consigo transmitir o meu sentimento por Castle para um leitor.
      Fico feliz mesmo, e mais ainda por esta série proporcionar estes momentos.
      bjks.

      Excluir
  3. Sol, eu amo esta sua coluna, pois você, além de saber fazer, como ninguém, uma análise minunciosa de CASTLE e de seus personagens, você sabe expressar, em palavras, toda esta sua análise e sempre elaborando textos maravilhosos, onde a clareza impera.
    Eu amo loucamente esta série, amo desesperadamente Kate o Rick e óbvio, os momentos casketts (que, por sinal, poderiam ser mais quentes), adoro a Martha e seus conselhos sábios, haja vista sua experiência de vida com seus altos e baixos e sou apaixonada pela Lanie, com sua linda amizade com a Kate e sua paixão pelo Espo. Adoro os meninos, Espo e Ryan, sempre irreverentes, e, até mesmo a Gates, com aquele seu jeito mandão, eu gosto.
    O episódio desta semana eu amei, me diverti muito com toda aquela história de ninjas e adorei o diálogo inicial, inclusive quando a Beckett, ciumenta, não esconde do Castle seu receio de apresentá-la à sua amiga. Adorei também a cena onde a Kate, com um mistura de ciúmes e medo do tédio, discute com o Rick sobre o beijo dele com a gueixa. Adorei todo o desenrolar psicológico e romântico da cena. Achei lindas as palavras dele depois que ela desabafou sobre o medo do tédio da vida de casados e achei fofo ele tentando driblá-la e contornar a situação e ri muito quando ela disse que não perdoava ele e aí ele ficou insistindo e ficaram se beijando. Ah! Muito lindo e fofo, mas só porque eu sei que eles se amam de verdade.
    A cena seguinte, quando a Kate chega à delegacia e ataca, literalmente, a caixa de rosquinhas do Ryan, eu ouso arriscar dizer que ela está grávida. Em condições normais, ela nunca comeria nenhum pedacinho, quanto mais fazer o que ela fez... Nunca! Até porque sabemos que a personagem não é fã de rosquinhas... Somente um desejo incontrolável faria ela agir assim... Desejo de mulher grávida... E eu acho que ela própria não faz a mínima idéia que esteja grávida... Bem, essa é a minha opinião acerca deste ataque às rosquinhas.
    Finalizando, Solange, adoro ler seus comentários aos episódios. Parabéns!
    Um beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Denise, tudo bem?
      Nossa esta semana está sendo aquela de grande satisfação mesmo. Eu confesso que fico que nem criança quando a galera curte meus textos deste jeito. E depois de tanto elogio, MEU DEUS! já estou me achando! kkkkkk.
      É lógico que não vou deixar barato sobre sua suposição. DENISE! Sabe que pensei em inúmeros significados para aquele desejo insano nas rosquinhas e nada me veio à mente?! E De repente você solta esta menina! Será? Não sei! Porque sempre pensei que a Kate só apareceria grávida no fim da série, pois uma grávidez afastaria ela das investigações e da policiai, então...
      Nossa! Mas se for, a galera surta este ano e a Amazon irrica com todos os brasileiros comprando DVD de Castle importado em setembro, kkkkkkkkk.
      bjks,

      Excluir
  4. Solange, eu adoro Castle pela mistura de romance, suspense, humor. Tendo isso, qualquer episódio para mim é de bom a ótimo. Foram raríssimos os que não gostei. Eu ri muito de várias cenas. Adoro quando Castle consegue que uma teoria sua se concretize (lembra o quanto ele ficou satisfeito ao dizer, finalmente, que o mordomo era o culpado, em temporadas passadas?).
    Outra coisa que tenho que dizer: as suas reviews estão cada vez melhores. Parecem estudos antropológicos. Eu me informo, me divirto e me emociono com elas, da mesma forma que com os episódios de Castle. Bjks, Fátima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Fátima. Ah menina que memória! E ainda lembrou logo um dos meus episódios favoritos na temporada passada. Eu confesso que chorava de tanto rir quando Castle dizia ter esperado cinco anos para aquele momento: "Foi o mordomo!". kkkkkkkkkkkkkkk. Doh risada até hoje!
      Mas concordo contigo, são raros os momentos que não me divirto, ainda que aconteçam. Mas realmente amo esta série, e acho mesmo que ela tem muito de diferencial para nos agradar tanto. Não é?
      Muito, muito, muito obrigada por sempre estar aqui e por gostar dos meus textos. Eu confesso que se as reviews melhoram é tudo graças as vocês que têm comentários e opiniões sagazes que me fazem ir mais a fundo na pesquisa e no material a elaborar.
      Você estimulam o melhor!
      bjks.
      PS: Meu acesso ao DISQUS está com problema! :(

      Excluir
    2. Se não for pelo Disqus, eu fico anônima (hahaha).

      Excluir
  5. Concordo c/ vc, Solange: o epi não apresentou nada de novo qto às nuances do crime investigado, mas foi muito divertido! E a forma como encaixaram essa discussão sobre o novo X rotina foi ótima (gostei da sua análise sobre isso)! Melhor de tudo: eu amo as expressões de Castle em cada reviravolta dos casos, são maravilhosas e hilárias! Ah, suas reviews já são leitura obrigatória p/ mim...Bjus...

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Eu sinceramente não esperava muito do episódio, e como estou Sneak Peak free essa temporada , e não vi muita coisa no tumblr sobre o epi, fui assistir as cegas.

    E não é que o epi foi muito bom !! Tinha todos os ingredientes de comédia : um Castle surtado com a possibilidade do assassino se um ninja, e deixando Beckett maluca com suas teorias e irritada com os seus métodos para conseguir pistas, uma noite dos meninos que como sempre nunca acaba bem e uma Gates impaciente com Castle.

    Cada vez os roteirista nos dão certeza que o seriado Castle nunca será Chato !!!!

    Pois é o tempo passou rápido só faltam 05 episódios para terminar a temporada... :(
    E ai o que vocês acham, o casamento sai ou não sai nessa temporada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Marcilia tudo bem? Menina me pediram para fazer um bolão se este casamento rola ou não rola nesta temporada! hehehe
      Na minha opinião a Season Finale tem casamente. Mas posso me enganar.
      MAs minha aposta no bolão é este, vai ter casamento e vai ter festão!
      bjks. :D

      Excluir
    2. Como Terri e Malowe serão os roteiristas do ultimo episódio, podemos esperar um presente para os fans. Acho que seria muito injusto jogar o casamento para a próxima temporada, visto que eles já esticaram demais como os preparativos
      Eu acho que no episódio 22 deve acontecer alguma coisa que será o empurrão definitivo para que eles se casem no epi 23.

      Excluir
    3. Hey Marcilia, eu também acho isso. Ainda não assisti ao episódio desta semana, mas também não acho que terá influência no meu ponto de vista. Acho que apesar de ter brincado acreditando em um festão, acredito que o casamento será algo simples e decidido de última hora. Não consigo pensar em um motivo para isso, mas tbm não consigo ver Castle e Beckett em uma super festa!
      Acredito que algum episódio deste fim de temporada trará o senador Bracken de volta, não sei porque, mas acho que o nome deste individuo vai aparecer em algo mais bombástico e talvez possa ser o grande empurrão da Season Finale.

      Excluir
  8. "...o que vale é aproveitar e perceber que o que diferencia um curso entediante para uma aventura formidável, está na sua decisão de aproveitar os momentos e reconhecer os instantes que renovam, valorizam e compensam."

    Orgulho não define!! Que lindoooooooooooooooooooooooooooooooo, Sol <3 :')

    Episódio delicinha demais! Teve comédia, teve passado da Kate, teve aliança e teve votos... *_* nem tem o que reclamar desse epi. Mas yay, Sol, vamo ou não vamo fzr o bolão da finale?? aposto R$ 100 que não tem casamento pq a gente já viu vestido, música, fonte, data e agora votos. :P VAMOS NOS AMAR PQ NÃO VAI TER VIDA DEPOIS DE 12 DE MAIO hauahauhauhauhauah (y)

    :********

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heyyyyyyyyyyyy Pri.
      Brigada mesmo. Esta foi uma daquelas reviews que rola sentimento pessoal mais afiado do que o tradicional. hehehehe.
      Mas é 12 de maio é a Season Finale e eu acho que todo mundo vai morrer porque vai acabar com o casamento, é a minha aposta.
      bjsk.

      Excluir
  9. Solange Domingossábado, 22 março, 2014

    Hey Jana, obrigada.
    É bem isso mesmo, não precisa ser SENSACIONAL para ter qualidade,, o tradicional merece mais méritos por conta da dificuldade.
    bjks.

    ResponderExcluir
  10. Sol,

    Tudo bem, demorei mas aqui estou para de novo elogiar sua Review. Concordo com vc sobre a responsabilidade dele vir depois In the Belly of the Beast. Gostei muito dele, principalmente porque trouxe um pouco de volta todas as características de um episodio Castle das primeiras temporadas, ou seja, as teorias malucas de Castle, a Beckett perdendo a paciência com ele e ainda fazendo piadas sarcásticas. Ryan e Esposito em confusão com Castle, enfim, um episodio gostoso de assistir e que passou muito rápido.

    Agora, como Beckett é diferente quando está em "casa" com Castle. Sua discussão nem foi tanto pela questão com a gueixa e sim pelo encontro com sua amiga. Mas o que mais me deixou, digamos, impressionado, foi a maneira de como ela conversou com Castle, falando sem dar tempo de respirar, nem tempo para ele responder e muito rápido (adorei essa cena), ou seja ela estava frágil e precisando de segurança para aquilo que esta por vir. Então vem Castle com toda a calma, segurança e paciência, dizendo que ele não deixaria o casamento deles se tornar chato e que isso seria dito nos seus votos de casamento (Lembra que falei sobre isso, sobre o que eles diriam em seus votos... rsrsrs). Depois vem a cena da "tortura"... muito boa as expressões dela, não é?

    Outra cena foi do final da briga, quando ela disse que não valia a pena matar o assassina da família da garota. Em outras épocas, talvez ela não pensasse assim. Ela amadureceu muito com seu amor por Castle, vide quando ela agradeceu a japonesa por salvar uma pessoal muito importante para ela. Mostra que cada vez mais a importância desse relacionamento na vida dela.

    Outra coisa, vc viu a reportagem de PJJ? (http://www.givememyremote.com/remote/2014/03/20/castle-penny-johnson-jerald-teases-gates-big-hour/) Tem um pedaço que ela diz sobre o próximo ano. Isso pode ser um indicio de que está certa a renovação da série. Eu não tenho duvida, pois essa sexta temporada é a melhor de todas, pois trouxe todos os tipos de casos. Só sinto falta de mais participação de Lanie e de Alexis.

    bjkas e vamos ver o próximo que promete muito uma participação maior de Gates.

    Ricardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Ricardo tudo bem? Senti sua falta. Achei que você não tivesse visto o episódio ou realmente não pode responder. Mas legal que você conseguiu.
      Achei muito legal sua observação sobre a maneira como a Kate estava solicitando SUPORTE na discussão com o Castle. E também sobre ela convencer a irnã da vítima em não matar o assassino, concordo mesmo com você que ela demonstra maturidade e até deu um toque de que a série não perde a chance de aproveitar sua mitologia.
      Eu tinha visto a reportagem, acho mesmo que CAstle renova para mais um ano e a única razão para não ter sido publicado ainda é que a ABC só lança a sua lista de reonvação em maio mesmo.
      Bjks. E eu estou ansiosa pelo episódio dos anos 70 que é o da próxima semana, abração.

      Excluir
    2. Sol,

      Esse episodio vai ser uma piada... precisamos sim nos divertir agora pq ouvi por ai que as coisas podem ficar um pouco mais sérias no epi 21 ou 22.... pode ser agitado... espero...

      Mas com relação ao episodio dessa semana, já estou sentido falta de sua review... rsrsrs e das legendas... rsrsrs

      bjkas e trocamos umas idéias na próxima review... achei a cara de Beckett muito engraçada em relação a Gates... e Castle foi mto inteligente nesse episodio, pelo que entendi no meu ingles intermediário...

      bjkas

      Excluir
    3. Sol,

      Continuando o que falei sobre as coisas ficarem sérias, parece que será no epi 22... segue o link com algumas imagens...
      http://nationalcastleexaminer.tumblr.com/post/80845690218/sleuthdog100-hope-st-park-4-15-pm-3-26-14

      ** SPOILER ** - Parece que Beckett está fugindo de alguma coisa e pelo que PJJ (Gates) disse numa entrevista recente, o episodio será bem eletrizante... vamos ver... Com isso queria ver como resolveriam o casamento ou deixariam uma Cliffhanger

      bjks

      Excluir
    4. Hey Ricardo, eu vi.
      Ao que tudo indica um dos episódio trará o plot da série de volta. Toh achando que nem casamento vai rolar hein. Hehehehe
      bjks.

      Excluir
  11. Demorei mas vim! Já tinha visto o episódio, mas só agora deu tempo de vir comentar. Adorei a forma como você focou a sua review na temática da monotonia criada pelas rotinas com a relação dos próprios fãs com a série. Eu pessoalmente acho que a série soube bem evoluir no seu tempo, está excelente em termos de criatividade para uma 6ta temporada de procedural criminal (embora nem tantos crimes e casos sejam geniais como antigamente, o foco nos personagens, na relação deles com paralelo com a temática do caso para mim faz totalmente valer o episódio) e tem ainda muito material interessante para explorar futuramente! Acho engraçado porque no fundo esse medo da Beckett representa de certa forma o medo dos fãs de que com eles juntos a série ia perder a graça e a resposta do Castle foi como uma mensagem dos roteiristas mostrando que esse medo é infundado :) Eu sou uma romântica incurável a favor do amor eterno e penso que a relação só corre o risco de ser tornar chata e fica desgastada se nós próprios nos acomodarmos e não procurarmos evoluir individualmente. A vida lança sempre novos desafios e por isso estar ao lado da mesma pessoa para os ultrapassar, assim como para festejar as nossas pequenas vitórias, não é algo que se torna enfadonho se tivermos sempre sonhos e objectivos. Acho que filosofei um pouquinho aqui, mas tudo para dizer que sou super fã da série e estou empolgada para a nova fase da vida deles a dois, que tenho a certeza terá tantos desafios como os que eles enfrentaram até agora, mas diferentes. Eles vão ter 3 filhos e a Beckett vai ser senadora, como a vida deles poderá ficar monótona? :D hahaha!

    Quando ao episódio não tenho muito a acrescentar! Fantástico! Foi divertido, misterioso, fofo...foi bem Castle :) mais palavras para quê? ;)


    PS - depois do episódio do 6x19 vamos ficar quase 1 mês sem Castle :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Su, tudo bem? Gosto muito de te ver por aqui, sei que as vezes não respondo os comentários,, mas SEMPRE leio.
      É vdd, vc filosofou um pouquinho, mas esta valendo muito, afinal é um ponto de vista bem interessante. Correto?
      O episódio foi bem isso mesmo, questionar este lado do tédio ao ponto de vista da série para os fãs. E eu concordo com você que Castle consegue sempre dar uma pitada de surpresa e desafios quando estamos quase acreditando que ela cairá na rotina.
      Acho que a sexta temporada está uma "diva deslumbrante" exatamtente em um momento onde poucos ainda acreditavam no potencial da série. E isto é genial!

      É vdd, Castle vai dar uma pausa e só volta dia 21 de Abril, daí vai apresentar os 4 últimos episódios da temporada em sequencia.

      Pena, mas não tem jeito, este hiato ia acontecer, ela voltou muito cedo em 2014.

      bjks.

      Excluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe