Girls 3x10/11: Role-Play/I Saw You

terça-feira, março 25, 2014


Tão Desinteressantes Quanto a Fantasia de Hannah.

Girls vai chegando ao final de sua terceira temporada tão entediante quanto começou, com apenas um episódio interessante esse ano e que foi um grande filler, Lena Dunham, vai provando cada vez mais que perdeu a mão em tornar os personagens atrativos para o público. Sem os altos e baixos da segunda temporada, a atual ficou só com os baixos e empacou todas os plots da série em prol de dar destaque ao relacionamento de Hannah e Adam, o que acabou não consolidando um arco tão forte quanto se imaginava, e que definitivamente não conseguiu carregar o resto da série nas costas. Girls não é mais nem a sombra da série inspirada que era, então só se disfarçando mesmo para ver se reacender a chama com os fãs.

"Role-Play" focou bastante no relacionamento de Adam e Hannah, e na fatídica mudança no comportamento do namorado como previsto. Depois de ser tão criticado por não ter um rumo na vida profissional e viver perdidamente, o rapaz finalmente tem algo para chamar de seu, e está se dedicando de corpo e alma a isso. Quem parece não ter compreendido muito bem e não está gostando muito é Hannah que está acostumada a ser o centro da vida dele. No momento em que é trocada pelo trabalho, ela entende que a relação está desgastada e que precisa fazer alguma coisa para recuperar o seu espaço. Como de praxe, só se prestou ao ridículo, e acabou convencendo de vez Adam que se ele realmente quisesse se dedicar ao seu momento na carreira não poderia fazer isso ao lado da namorada que é uma desesperada Attention Hore.


Com o resto dos personagens a coisa não andou muito bem também não, Marnie ao que tudo indica continua na sua fase recalcada, que não parece mais uma fase mas sim o seu estado de espirito. Parece que ela continua remando e remando e só toma patada na cara, muito provavelmente pelo fato dela não se contentar com o que tem e se achar sempre merecedora de mais. Ri muito com as cenas dela, tanto quando a amiga lhe oferece um cargo de assistente, quanto quando Desi fala para ela que sua música era para Clementina, sua namorada. Como é divertido ver a cara dela de passada e de decepcionada por nunca ganhar do universo o que espera. Mas ela é guerreira e nunca abaixa sua expectativas.

Jessa parece que realmente não deveria ter saído da Rehab e tem estado super perdida no quesito vida. Fazendo as maiores loucuras para ver se sente um pouco de adrenalina na vida, a moça está realmente chegando no nervos de Shoshanna, e provavelmente teremos uma outra sessão de leitura da personagem em breve. Sabia como é, e sensata como tem se mostrado, Shosh não perdeu tempo em contactar a filha do entojado e dar um jeito de expulsá-lo da vida de Jess, que já dá um grande passo para a sua melhora. A verdade é que se o desejo de se encaretar não partir de dentro dela ninguém poderá obrigá-la.


Em "I Saw You" parece que algumas mudanças foram conquistadas, e ainda que pequena, aconteceu uma quebra no ciclo de tédio que a série vinha desenvolvendo. A primeira parte do episódio foi exatamente igual, Hannah perseguindo Adam e achando que o mundo gira e torno dela e que as pessoas tem que estar lá, Jessa novamente louca do cu e Shoshanna não suportando mais ver a cara dela, e claro, Marnie e seu carisma e atitude de sempre, conseguindo ser ofuscada por Jessa no momento que a mesma pisou na galeria em que trabalhava a mais de uma semana. Acho que é por isso que ela não suporta Jessa, afinal de contas ela planeja e organiza uma vida, luta pelas coisas que quer, mas nunca teve o fator "IT" que a rival tem de cativar as pessoas que estão a sua volta, com sua personalidade, no momento em que põe os pés na sala.

Foi realmente muito divertido ver Elijah e Hannah gongando a amiga, tanto na casa de Hannah como no bar minutos antes do show começar. Eliijah é um grande acréscimo ao humor da série, eu manteria ele, afinal de contas como a história anda muito mal das pernas é sempre legal ter um alívio cômico. A performance que ele entregou de Marnie, além de ser fiel foi super hilária. Ela é exatamente isso, carente, esperançosa e desesperada quando as coisas não saem como planejado... Mas as coisas estão prestes a mudar. 


A apresentação da personagem com Desi foi sensacional e como dizem... "Lacrou o cu das Inimigas", até Elijah ficou surpreso. O que um tapa na alto estima não faz. Mas parece que ela não aprende, e é super mimada, sempre que alguma coisa não sai do seu jeito, como seu relacionamento com o parceiro musical, ela volta para a mesma espiral de erros, tentando preencher sua carência com a presença de alguém. E no fim das contas acabou tudo dando em merda, da mesma forma quando Hannah descobriu que ela tinha ficado com Elijah, a diferença é que dessa vez ela viu, e a cara da personagem foi simplesmente impagável. Eu ri muito quando ela disse que Marnie nunca mais terá o direito de julgá-la, e a mesma dizendo que Ray a obrigou.

Já a personagem principal não suporta mais ver o sucesso das pessoas que a cercam, e chega a níveis de recalque nunca dantes conquistados, só mesmo uma sessão de gongação com Elijah para colocar todo o seu espírito de porco para fora. A frustração era tanta em ver o seu namorado realizando o seu sonho e ela não, que a mesma resolveu largar o sua folha de pagamento, apenas para dizer que está saindo de sua zona de conforto e que voltará a ser a voz de sua geração. Tudo em Hannah grita "Quero ser o centro das atenções". Será que ela realmente conseguirá voltar a ofuscar as pessoas a sua volta, ou continuará um projeto de Hannah? Ainda não vi a Season Finale, em breve volto aqui pra comentar. Espero que tenha sido boa.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Discordo no que vc diz sobre o Reese decide poupar Casey. Varias vezes foi mostrado na serie que o Resse não era muito a favor de matar pessoas. Tanto que a Kara Stanton da uma bronca nele por isso.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe