Castle 7x01: Driven [Season Première]

terça-feira, setembro 30, 2014


A confiança pode exaurir-se caso seja muito exigida. (Bertolt Brecht).


Este é o sentimento que Castle transmite aos seus fãs, assim como Richard para com Kate. Pode parecer um exagero de quem estava ansiosa com este retorno e ao mesmo tempo, esperançosa com toda as possibilidades oferecidas pelo seriado em sua Season Finale.

"Castle partiu meu coração!"

Não é apenas por ter visto um casamento destruído, após seis longos anos de espera. Não! Até porque eu fui a primeira a defender o caminho tomado por Andrew Marlowe em For Better or Worse. De fato, a falha não está na decisão tomada há quatro meses, a falha está exclusivamente, em uma première de enrolação...

Muito se especulou sobre quem seria o responsável pelo sequestro de Castle, e de imediato os fãs irromperam nas redes sociais para listar 2 culpados: Senador William Bracken e o mitológico 3XK.

Logo quando escrevi o texto do encerramento da temporada passada, eu apostei alto em Jerry Tyson. Principalmente porque considero a história do caso Joanna Beckett encerrada e também, porque Tyson teria o potencial de reconhecer o momento de maior fragilidade de Richard e Kate. Porém, ao decorrer dos meses, nossas teorias foram se desintegrando aos poucos, com as possiblidades abordadas pelo criador da série e seu novo produtor David Amann.

"Uma nova mitologia seria abordada, o escritor sairia de seu casulo perfeito e mostraria uma outra face!"

É muito óbvio que isto enlouqueceu os fãs, assim como eu também. As esperanças estavam mais do que renovadas para a sétima temporada da série, afinal seria o momento de direcionar os holofotes para aquele que carrega o nome da mesma. Seria o momento de trazer respostas que acabaram sendo deixadas ao esquecimento, em um passado distante.

...

Assim sendo, minha maior expectativa nesta première seria que ela viesse varrida de novas informações. Que ela pecasse pelo excesso de ação, talvez extrapolasse no lado sombrio do escritor. Até mesmo, me permiti aceitar que Castle pecasse pelo excesso de violência. Se fosse necessário abordar o extremo para então inserir uma nova mitologia... que assim fosse feito. Tanto seria a primeira a defender, quanto seria a primeira a vangloriar o episódio. Se ele merecesse, eu faria sem medo.

Mas eu acho que a grande decepção acontece quando se peca pelo medo de ousar, pelo grande anseio de dar um passo além do que se espera. E foi exatamente neste medo, que Castle pecou, na verdade, a série pode ter cavado a primeira pá de terra para fazer a própria sepultura.
Não é exagero. É o sentimento de uma fã que está vendo tudo, no qual ela acreditou, sendo desfeito.
...

Driven é um episódio que quando avaliado aleatoriamente, é digno de uma excelente pontuação. As atuações de Stana Katic e Jon Huertas são esplêndidas. E quando ambos se deparam com a possibilidade de que Richard tenha armado o próprio sequestro... Somos presenteados com uma Kate que é capaz de expressar o início do desespero do fã, que esperava tudo, mas não esperava isso.

Primeiro, porque sabemos o caminho desta história, o próprio episódio faz questão de esclarecer parte desta estrutura. Segundo, porque ninguém, ninguém é capaz de desconstruir a personalidade e a índole de um personagem tão querido e conhecido, apenas para inserir uma dúvida plausível. E quando o episódio opta por este caminho, o que o roteiro faz (descaradamente), é ludibriar o telespectador com possiblidades infundáveis, quando na realidade este tempo (precioso) deveria ser gasto oferecendo pistas, suspeitos, e trazendo à tona uma trama mais palpável do que um mero sussurro de dúvida.

É complicado explicar a minha insatisfação com Driven, é a estrutura do que foi construída que me desagrada.

...

Quando eu era criança, eu queria muito aprender a andar de bicicleta. Porém, meu pai disse que não me ensinaria segurando a mesma. Ele dizia que se ele errasse e eu caísse, nunca mais eu iria subir em uma bicicleta de novo. Ou pior, eu poderia nunca aprender a andar de bicicleta porque havia perdido a confiança nele para me ensinar.

Eu aprendi a andar, mas usando o muro como suporte. Assim, ele me ensinou. Pois eu cairia mil vezes, mas levantaria milhares sem encontrar nesta falha a culpa de outra pessoa.

É este o problema que vejo criado por Driven...

Beckett é uma mulher que foi magoada pela vida inúmeras vezes, ainda que machucada e com grande receio, ela sempre se reergueu. Porque foi a vida que falhou com ela. Mas quando pegamos a tragédia de seu casamento fracassado e as circunstâncias que provocaram este acontecimento... TUDO se direciona para Richard. A culpa recaí sobre o escritor, sem resvalar em NINGUÉM, porque o roteiro do episódio não foi capaz de montar uma trama.

Na realidade, temos no plot desta première uma linha reta, com inúmeros pontos de interrogações, um indivíduo desconhecido, e fatos explícitos que apunhalam a fé que Kate em Castle, talvez de forma irreparável.

...

Histórias de amnésia em séries, transformou-se em algo tão detestável que torna-se comum dizermos que este é o plot twist de novela mexicana. Simplesmente porque o esquecimento não é resposta, é fugir ou demonstrar incapacidade de compor uma alternativa coerente.

Em Driven o pecado ainda é maior porque temos Castle “atuando” na linha temporal após o seu sequestro, mas ainda assim, ele só se lembra do acidente de carro. Posso garantir com grande convicção, de que o cérebro humano é uma máquina extremamente complicada, e que não existe droga neste mundo capaz de apagar da sua memória aquilo que você deseja, mantendo as lembranças do restante. Na verdade, isto e ficção cientifica e se chama Brilho Eterno de uma mente sem lembrança.

Torturar Beckett com o desaparecimento de dois meses, para então, aparecer boiando em mar aberto, e um buraco na história sem coerência aceitável...

"Eu fui torturada nesta Season Première, e as cicatrizes não irão desaparecer!"

...

Castle errou demais em seu retorno, e o maior destes erros é sabermos que a série é um procedural, significando que esta história pode se arrastar por 10 ou 15 episódios até voltar a oferecer respostas mais aceitáveis. Ainda que Montreal tenha se comprometido a tocar neste assunto novamente, não tenho muita convicção de que teremos respostas mais claras e aceitáveis para amenizar o estrago de um episódio que tinha tudo para ser grande e digno de um memorável retorno. Mas não foi...

Fico ainda mais descontente quando percebo que a linha do tempo salta dois meses após o sumiço de Castle, mas ainda assim, ele volta a investigar o próprio caso como se tudo tivesse perfeito! Ou pior... Eu me pergunto a você, leitor.

Se de repente, você acordasse no hospital e alguém dissesse que se passaram dois meses da sua vida e você não se lembra de nada. Sua reação seria tão passiva quanto a de Castle? [cote]

Eu lhe garanto que não... Não há como receber uma notícia dessa e não ficar nervoso, confuso, e propriamente mais irritado com Beckett por ela não acreditar em sua história. Eu esperava um Richard Castle mais passional. Aquele cara que desabafou em prantos seu amor por Kate em Always. Ou aquele pai sombrio e desesperado que torturou um homem para tentar salvar a filha.

Assim como eu esperava uma mãe mais desesperada e confusa, uma vez que seu único filho desapareceu e não há indícios de seu paradeiro. Eu esperava uma Alexis mais esquentada, e porque não, que vivesse uma crise rebelde de quem viu o carro do pai pegando fogo e não faz ideia de onde ele está ou se ainda está vivo.

"Foram migalhas oferecidas que não montam o caminho de volta pra casa."

Estas foram as pistas oferecidas pelo episódio.

O que me chateia demais, é que quando avaliamos toda esta história, todo este drama. A percepção que tenho é única, criou-se este cenário para separar o casal. Ainda que o fato não venha a se tornar explicito... O tempo de desaparecimento de Richard é o tamanho da distância que se tornou o relacionamento dele com Beckett. E mesmo estando juntos, Kate ainda desconfia de Castle, e o escritor se magoa porque sabe do sentimento da noiva.

Por mais que a justificativa deste desaparecimento seja alimentar uma nova mitologia, tudo se volta para o relacionamento do Richard e Kate, mais uma vez!

"Tocar a mesma tecla inúmeras vezes não compõem uma melodia, assim como uma única palavra não compõem um poema."

Focar-se, exclusivamente, em um relacionamento e não montar um perfeito panorama, ou um contexto plausível ao seu redor. Não é uma atitude arriscada, é uma atitude incoerente... E incoerência não sustenta uma temporada.




CASTLE & BECKETT BRASIL


Quer saber todas as informações que surgem sobre Castle? Spoilers, novidades, participações especiais, entrevistas com escritores, produtores e atores?

Acesse o Castle & Beckett Brasil e saiba tudo em primeira mão sobre o universo desta série que eu sei que você ama!

Talvez Você Curta

38 comentários

  1. Decepção é a palavra.

    Falando a verdade a finale da 6ª foi um balde de água fria no meu amor pelo seriado Castle. Me senti traida. Passou todo o hiato sem que eu estivesse sequer anciosa pelo retorno do seriado, o que nas tempradas anteriores eu contava o dias.´

    Driven, para mim foi um epi que criou dúvidas desnecessárias a respeito de Castle. Se a intenção era que os fans ficassem com dúvida sobre a indole de Castle, o tiro saiu pela colatra. O que tenho agora é raiva de Becket por duvidar do amor da vida dela, e mais uma vez volta a assumir o seu lado egosita, achando que Castle seria capaz de infringir sofrimento a sua mãe e filhas sumindo por 2 meses só para fugir de um casamento. Acho que realmente ela não conhece Castle.

    Espearva um episódio mais viceral !!! Afinal seu filho, seu pai e seu noivo ´foi sequestrado e o que você faz? Vocês não vai dar tudo para encontra-lo ?

    Já é anunciado que o contrato de Nathan acaba esse ano, e ele me pareceu não fazer questão de colocar muita emoção nas cenas, achei a atuação dele fraca .
    Talvez já esteja querendo deixar seu recado: para mim Castle já deu.

    Ainda é o primeiro epi, espero que eu esteja errada quanto ao meu julgamento desse novo caminho que estão escrevendo para Castle.

    MARCILIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Marcilia, adora que volte a temporada e você volte com ela.
      Estamos neste barco juntas. Foi um episódio complicado e difícil de engolir. Toh sentido que Castle me pediu um tempo e estou em prantos esperando ele ligar, (pendurado ao lado do tel).
      kkkkk.
      Tenho expectativas que Montreal passe "remédio" nesta ferida. Mas a partir desta semana, vou acompanhar a temporada sem qualquer esperança.

      Bjão.

      Excluir
  2. Também fiquei extremamente decepcionada com o episódio, esperava mais drama, mais belas atuações do nosso elenco favorito...

    Esperava ver uma Alexis e uma Martha desesperadas, quanto a Kate eu sabia que seria assim, apesar da dor ela se manteria forte sempre...

    Mas o que mais me decepcionou foi o reencontro, que reencontro mais "xinfrim", mais sem emoção eu esperava que no mínimo a Kate deitasse no colo do Castle enquanto ele dormia e que quando ele acordasse "exigisse" um beijo de carinho da amada, afinal foram 2 meses, DOIS MESEEESS!!! Eu realmente não entendo o AM e o DA, como eles controem o sentimento do casal protagonista, como eles conseguem fazer de um relacionamento tão doce e ao mesmo tempo tão forte se tornar essa coisa tão sem graça que foi a premier!!

    Solange, Você descreveu com maestria o meu sentimento com o episódio, obrigada pela review coerente, perfeita!

    Espero que Montreal, venha mudar essa sensação horrível de que TUDO deu errado na premier!

    Nossa desabafei!! rsrsrsr...

    Bjos e parabens pela review mais uma vez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Dani, a partir do ponto onde Castle aparece no episódio e sua interação com a Kate, kra eu fiquei com os olhos cheios d'águas os 15 minutos restantes.
      Não sei o que dizer, acho que toda a decepção que não tive com a SF, pq tinha adorado. Ela veio à cavalo neste episódio.

      Mas minha maior decepção é esta aqui:


      Se eu te disser: ME EXPLICA QUAL A NOVA MITOLOGIA

      Será que alguém sabe dar uma kra e texto pra ela?

      Excluir
  3. Concordo!! Essa review descreve exatamente TUDO que estou sentindo e senti em relação à premiere. Não foi o que eu esperava, achei muito confusa e, sinceramente, não duvido de que esse seja o começo para o fim do seriado.
    A percepção que tenho é única, criou-se este cenário para separar o casal. [2]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Fátima, obrigada por estar aqui de volta. E é bem isso mesmo, Teremos um andamento de temporada bem confuso, porque se prometeram o casamento no sexto episódio. como estes dois irão se entender até lá?
      Quero dizer... Basta aparecer "um culpado" para o sequestro e todo o sentimento é superado?
      Kate = São Tomé e Castle = Jesus Cristo!!! Qual é né!

      Chateada demais... Mas vou acompanhar e quero ver o que está na mente destes escritores.

      Excluir
  4. Primeiramente eu queria dizer que você está de parabéns Solange, eu adorei tudo que você escreveu e me identifiquei com cada palavra sua.
    Fiquei um pouco decepcionada com essa Premiere, eu terminei de assistir o episódio e só senti uma sensação de vazio, principalmente em relação ao casal. Senti muito pela Beckett, porque de todos ela foi a pessoa que mais sofreu com esse desaparecimento/sequestro sei lá que nome podemos dar para isso. Essa mitologia nova chegou e só afetou o casal, a confiança de Kate, e mesmo ela conhecendo o Castle eu acho que ela tem razão em desconfiar porque em alguns momentos até eu desconfiei e ainda desconfio, isso de amnésia ficou muito forçado, ainda mais porque se passaram 2 meses e não dois dias.
    Uma coisa que me incomodou muito foi a calma do Castle e o jeito dele com a Kate. Eu esperava mais carinho e emoção.
    Depois da 5 temporada quando finalmente eles ficaram juntos os escritores mudaram o Castle, ele não é mais aquele cara apaixonado pela Beckett, que era capaz de se jogar na frente de uma bala por ela. Não que ele não a ame mais, só acho que agora vemos muito mais uma Beckett apaixonada do que um Castle.
    Sobre o ''caso'' do Castle realmente não teve nada, não acharam um culpado ou suspeito pelo menos, toda a culpa caiu em cima do Castle, assim como o fracasso do casamento por acharem que ele próprio forjou seu sequestro.
    Eles podiam ter explorado mais o lado família da série porque em nenhum momento desses dois meses que se passou mostrou a Kate com a Martha e a Alexis, que por sua vez também não pareceram nada chocadas com o sumiço do rei de seu castelo.
    Eu espero sinceramente que os próximos episódios possam me consolar de alguma forma e trazer respostas para eu aceitar melhor tudo isso que aconteceu em driven. Eu amo essa série mais do que qualquer outra e seria muito doloroso perder a confiança nos escritores para conduzir o show que me conquistou logo no piloto.
    Parabéns mais uma vez.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaís, muito obrigada...
      não fico feliz por esta review, porque queria muito mesmo falar super empolgada deste retorno de temporada. Mas não foi o que tivemos.
      Assim como você, quero que Montreal ajustes um pouco desta "bagunça".
      Eu não sei porque escolheram trazer uma première desta, ainda mais quando se disse com todas as letras de que ela não é composta de duas partes.
      Mas enfim...
      Agora é aguardar para entender a mente deste escritores.
      Bjão.

      Excluir
  5. Eu li e entendi tudo que a Solange descreveu acima, concordo em partes(na maioria), pois acredito que uma nova mitologia, seja ela qual for, agradando ou não, já é uma mudança arriscada.
    No caso não me agradou nenhum pouco. Gostei do episódio mais p/atuação da Stana que como sempre estava fantástica. Faltou sim mais emoção na Alex, Martha referente ao sumiço do Castle, e o Esposito(sinceramente) não entendi o porque daquela cena do café...
    Mas assim, eu já estava preparada p/isso, sabia devido as notícias e entrevistas que o desfecho não iria ser logo no 1º episódio, que isso irá se estender, espero que não se arraste, pq vi vários tipos de comentários a respeito dessa Season Premiere(em blogs, redes sociais), e muitos amaram, outros odiaram, mas a maioria não entendeu nada, eu tbém. Claro que tudo que mudar na série, vai afetar diretamente o casal, afinal quem discorda que eles são o centro das atenções da série. Caskett é o motor, é a energia central do seriado, é o tempero que dá gosto ao assistir cada episódio. E esse tempero tem ficado sem sal desde a 6ª temporada(do 5 ao 14, nem gostei dos episódios p/causa disso). E ao meu ver é mais da parte do Castle/Nathan do que da Beckett/Stana. Sei que o Nathan é um ator indescritível, eu admiro ele, gosto, mas se realmente ele não quer mais fazer a série, que pelo menos, se despeça c/chave de ouro, sei que muitos falam: mais a culpa é de quem dirige/escreve o episódio, mas quem dá vida as falas são os atores, eles que dão alma ao negócio, eles que tem que além de nos fazer ver e acreditar, nos fazem sentir também. Faltou uma cena mais romântica p/reencontro, faltou emoção. Romantismo é a base de qualquer história, mesmo as pessoas se divertindo com tramas de ação, aventura, comédia e medo em tramas de terror, se emocionando em um drama, além de se maravilhar c/ficção, o romance é a fórmula que segura qualquer enredo, quem não gosta de ver os casais. Quem não se identifica c/histórias de amor(quer tenha tido ou não um). E ao meu ver é isso que falta, dar um UP na relação do casal, mesmo que briguem e se reconciliem dignamente depois, melhor que ficar nessa aparência de que está tudo bem e é nítido que não está. Minha esperança são os próximos episódios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os comentários de vocês estão demais hoje. Cada um está completando mais um pouco do que penso.
      Falow muito e falou bem Ricieli

      Só gostaria de deixar claro que fico chateada por focarem em "derrubar" o relacionamento, porque derrubaram sem dar nada de concreto pra gente. Quero dizer, se o Castle revelasse um passado sombrio, do tipo (matei alguém!), e a Kate sofresse por isso e bla bla bla... POXA!!! Seria demais, ele reconstruir a confiança dela tentando se justificar de uma história no passado.
      Mas depois de tudo pelo que eels passaram ano passado, e agora os kras lançam toda a culpa em cima do cara... Fiquei triste.
      Quanto a atuação... EITA ASSUNTO POLÊMICO!
      Acho que rola desesperança por parte do elenco, mas acho também, que houve insatisfação com o que foi criado. A chance que a Kate tem de reencontrar o kra que ama ele estava inconsciente e quando ela volta, lança ele na berlinda do interrogatório. Daí, pra mim, a partir dali ferrou de vez.
      O episódio tem um toque de emoção interessante, eu confesso que fiquei mega deprê depois que vi, e sei que isto não é fácil. Mas...
      Só faço uma pergunta:

      Se eu te disser: ME EXPLICA QUAL A NOVA MITOLOGIA

      Será que alguém sabe dar uma kra e texto pra ela?

      Excluir
    2. Pois é Solange, que bom que entendeu o meu ponto de vista. Mas é assim, cada um tem uma opinião as vezes parecida, as vezes diferente, mas é como vc disse, no final um pensamento completa o outro, e é isso que é bacana. Sobre a nova mitologia, ao meu ver é não ter um vilão, um criminoso específico das outras temporadas(que no caso podeira ser o 3XK) apresentado no 1º episódio dessa temporada, pq isso sim seria justo p/nós(acho) e como desculpa dos roteiristas p/não ter feito o nosso querido casal oficializar a união no final da 6ª temporada, é querer fazer com que nós duvidemos do caráter do protagonista, imagina, isso é um absurdo, não me agrada nem um pouco(nem faz sentido algum). Mas vendo spoilers que vão saindo aos poucos, e principalmente depois do Sneak Peak do 7x02, eu ali vi o Castle das temporadas passadas voltar, mas ainda tem coisas a serem arrumadas. E tbém estão falando que o casamento saiu sim, eu só acredito vendo, e essa é a minha esperança p/os próximos episódios.

      Excluir
  6. Os estadunidenses possuem um serio problema com matrimonio... E sempre que seus personagens ficcionais vão caminhando para esse passo, algo acontece.

    Ou então, desfazem o casamento como num passe de mágica.

    Triste esse retorno. E estou 100% de acordo com a autora do texto!

    Castle me decepcionou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Luca, vlw mesmo.
      E acho que tu tem razão mesmo, gente! Como estes caras adoram destruir casamento.
      Enfim...
      Expectativa para que a série volte a graça, a palhaçada, já que neste quesito ela é expert.
      Mas esta hstória me deixou muito chateada.
      Bjão.

      Excluir
  7. Sinceramente respeito a opinião de todos aqui mas pra mim vocês estão fazendo tempestade em copo d'água, os próprios criadores da série já tinham soltado algumas informações sobre o 1° episódio dizendo que algumas situações seriam inquietantes para Kate que haveria várias perguntas que só seriam respondidas ao longo da 7° temporada e que jamais separariam o casal. aí eu pergunto a vocês que sentido haveria nisso como a série continuaria com os dois separados como eles trabalhariam juntos ou toda essa imagem do Castle gente boa que foi construida ao longo da série era tudo mentira ele na verdade seria um cara frio uma espécie de psicopata aí é viajar demais né. o próprio Nathan deu entrevista e dizia que seu personagem seguira a mesma linha, ou seja apesar dos acontecimentos continuara de bem com a vida. isso da Kate duvidar do Castle isso é velho vem acontecendo essa ladainha desde 1° temporada chora no ouvido da Laine e depois diz ao cara que sempre acreditou nele ela é assim. Há rumores pela net que eles casam no episódio 7x06 fiquem tranquilos isso só foi o 1° episódio poderia ter sido melhor mas essa era intenção dos criadores da série confundir a cabeça das pessoas e sempre manter todos ligados e discutindo sobre a serie pra eles quanto mais polêmica melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duas maneiras de a mesma pessoa ver o episódio se isso for possivel.
      1° a de cima e 2º essa:
      Não gostei você fica mais de 4 meses esperando o hiatus acabar e me apresentam um episódio desses a única coisa que ficou clara nesse episódio foi a dúvida, ressentimento e quão Kate saiu machucada em relação ao Castle até ele aparecer o episódio seguia um ritmo legal mas depois ficou foi e bem chato, sem emoção nenhuma e a tal interação que haveria entre os personagens cadê Alexis se estranhando com Kate, Martha sendo colocada em dúvida onde. nova mitologia não consegui pescar nada, não deram nenhuma pista para que as pessoas ficassem debatendo. como eu disse nos meus comentários a única coisa que não queria aconteceu a imagem do Castle saiu arranhada,tudo bem essa era a intenção deles e resposta só durante a temporada mas episódio muito confuso cheio de furos. O cara fica 2 meses sumido que reencontro mais chinfrim.Só espero que daqui pra frente seja melhor por aguentar a mesma ladainha da Kate desconfiando Castle depois de 6° temporadas é duro nesse 1° episódio ainda tive que da razão a ela..........e ainda o Castle sem memória vai ter que ser muito bem explicado mais para frente se não ficara tosco demais.
      Só um adendo eu já vi gente desesperada na web quase cometendo suicídio dizendo que esse é começo do fim...........

      Excluir
    2. Oi Mauricio.
      Respeito demais sua opinião também kra, aliás, fica claro que você conhece a série e entendeu nosso ponto de vista, ainda que o seu seja diferente.

      Falando do seu foco, eu concordo em muita muita coisa contigo.
      E acho que nem tenho muito a dizer, exatamente, porque você viu os dois angulos.
      E torço para que a sua 1ª visão aconteça, que a première, teve suas falhas sim, mas que a série arrume "os buracos".
      O que me preocupa é que estamos falando de um procedural, que afirmou que não iria fazer um episódio de duas partes, e quando você pensa nisso, pensa-se o seguinte:

      1. A série pode deixar o assunto no forno e a gente ficar esperando vários episódios para entender o que aconteceu.

      ou

      2. A série muda a sua premissa, nesta sétima temporada, e ao invés de termos procedural sem qualquer referência à storyline, teremos o caso da semana e em paralelo, o Castle irá investigar o próprio caso.

      Se esta segunda opção rolar por mais de uma episódio, agora no começo, eu terei enorme satisfação em dizer que fui precipitada, mas... só se os roteiristas provarem que tinham um plano diferente do que estamos habituados.

      Eu torço por isso.

      Muito obrigada por seu comentário e sua perspectiva.
      Bjão.

      Excluir
    3. Mauricio e Solange,

      Concordo com vcs no que diz respeito às mudanças na dinâmica da série, acho q precisa sim de uma renovação e isso traria mais curiosidade para saber como continuaria aas investigações

      é isso

      abs

      Excluir
  8. Concordo plenamente, eles poderiam ter se casado no final da sexta temporada e a serie poderia acabar ali mesmo, afinal a mitologia da Beckett estava encerrada com a prisão do senador Bracken. Mas não, em vez disso os criadores da serie pensaram: " é uma serie tao bacana e tem tantos fãs, vamos criar uma maneira de que ela continue viva, vamos adiar esse casamento para que a serie tenha mais folego e vamos criar uma nova mitologia para presentear os fãs com mais uma temporada de sua serie favorita". Como eles puderam fazer isso com os fãs? malditos. Mas não teve jeito os fãs agora tem conviver com a frustação deles não terem se casado e tortura de acompanhar mais uma temporada. Já que eles resolveram criar essa nova temporada eles podiam dar todas as repostas do que aconteceu no primeiro episodio e Rick e Kate poderiam se casar no final do episodio e depois dar um pulo no tempo e mostrar eles com três filhos e felizes para sempre. Caramba, a Season 7 poderia ter apenas um episodio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh Ivan.
      Eu entendo seu sentimento, tá complicado. Mas eu toh tentando não pensar no "descaso" com o fã, desta premiére, pra continuar acompanhando, e ter expectativas de que a série pode e deve se recuperar.
      Bjão e vlw pelo comentário.

      Excluir
  9. Parabéns Solange!! concordo com tudo =P

    ResponderExcluir
  10. Sol, é Fátima Beatriz. Vou sair publicada como anônimo. Mas, vamos ao que interessa: Primeiro, que saudades de vocês! Segundo, não foi exatamente o que eu esperava, mas também não foi uma decepção total. Talvez o episódio devesse ter mais emoção, principalmente quando estão vendo o carro em chamas e logo depois do reencontro. Porém eu entendo como ela se sentia. Só não concordo em que tenham a ousadia de pensar que o Castle não é o boa praça que se mostra. Acho que introduziram a tal nova mitologia até de uma forma instigante. Mas é minha opinião. Como disse antes, lá nos comentários da sexta temporada, espero que a série acabe com dignidade. Pelo que venho lendo, o Nathan meio que cansou da série. Vamos ver e dar uma oportunidade para o David Annan mostrar a que veio. Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Fátima, nem falo o quanto senti saudades de vocês também. Este espaço aqui eu meu orgulho e sentimento no que se refere a séries...
      Então, toh contigo e não abro. Acho que o pecado foi realmente não dar uma face de vilão pra gente. Acho que mesmo que houvesse a dúvida, como haverá... Para o telespectador, a gente deveria ter conhecido o vilão. Em algum momento, na metade do epi, nós deveríamos ter visto este kra com o Castle, fosse um cativeiro, dentro de um carro, alguma coisa.
      Porque uma coisa que não engulo é o fato dele ter ido entregar a grana depois do sequestro. Como ele viveu aquilo e não lembra?
      Então para o telespectador deveria ter rolado mais explicação.

      Excluir
  11. O episódio em si prendeu bastante minha atenção, e passei o tempo todo pensando em várias hipóteses do que poderia estar ocorrendo, juntando as pistas que foram dadas ao longo dele. Como já havia lido nas entrevistas, teríamos muita informação e pouca ou nenhuma resposta na estréia, sendo que algumas coisas apareceriam no segundo episódio. Eu só me entristeci um pouco com a forma como o Castle lidou com a situação, achei ele muito "cuca fresca", Nathan tentou justificar isso numa entrevista recente, como sendo da personalidade dele, mas como eu acompanho sempre, ele já demonstrou muito mais passional com relação à família e a Beckett, aliás relação em família foi o que deixou a desejar também. Entendo que talvez ele não queira envolê-las na situação, mas ele não pareceu nenhum pouco preocupado com o ocorrido.

    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Ana, achei mesmo que a série focou demais naquele começo aonda ela chorou com o carro pegando foto, e logo depois, o drama gastou tempo com coisas desnecessário, como o kra do FBI que não fez diferença nenhuma, ou parte do papo dela com o Esposito (desnecessário)... E este tempo deveria ter sido direcionado pra mostrar este outro lado, se por algum acaso, não dava pra ser passional com a Kate que fosse com a família.
      Mas enfim...
      Não sei se teremos alguma sequela do que ele viveu no próprio personagem, mas acho que não pra passar por uma experiência desta e voltar a investigar como se tudo tivesse sido normal.
      Bjão.

      Excluir
    2. Sol,

      Concordo, essas cenas foram realmente desnecessárias. Deviam investir mais nas investigações

      Excluir
  12. Sol, você é maravilhosa!
    Concordo com tudo.
    Como é que uma filha vê o carro do seu pai em chamas, levando a crer que, com certeza, ele estaria morto e não se desespera. Qualquer filha pensaria “meu pai morreu! OMG! Não acredito!” e por aí vai... Alexis aparece apenas com uma cara tipo “Huuumm!!??” e olha a cena como uma mera espectadora, sem nem mesmo cair uma lágrima sequer.
    O mesmo eu digo de Martha. Olhe, eu amo a Martha, pois ela é sensacional, inteligente e tem sempre uma resposta certa, uma opinião brilhante, uma dica certeira. Contudo, detestei o modo como ela reagiu à cena. Ela estava com a fisionomia abalada, não nego, mas ela não me passou desespero.
    Tanto Alexis quanto Martha não me convenceram. Por mais que ambas estivessem em “trauma” ou “pânico” pela cena presenciada, nada justifica a frieza delas. Nem que o carro fosse de pessoa desconhecida...
    Quem, com certeza, ficou transtornada com a cena, foi a Kate. Desde o final da 6ª temporada, havíamos assistido ela arrasada. Tipo, “meu mundo acabou”, “perdi o amor da minha vida”, “nada mais tem importância prá mim”. E neste 7x01 ela continuou assim, quando pudemos vê-la descer tropeçando para chegar ao carro, caindo, se arrastando, querendo encostar no carro mesmo em chamas, totalmente transtornada, para salvar o homem da sua vida.
    Quanto ao fato do Rick não se lembrar dos dois meses, sei que existe memória seletiva. A pessoa pode, inconscientemente, perder a memória como fuga e lembrar-se somente do que ou de quem o faz feliz e apaga totalmente os momentos que sofreu e daqueles que o fizeram sofrer.
    Achei lindo quando a Kate reencontra o Castle desacordado na cama do hospital, e, mesmo cheia de dúvidas e tal, ela afaga a mão dele e o olha com muito amor, como se fosse uma jóia preciosa.
    Os outros momentos de reencontro deles foram sem sal. Mas ela está com muitas dúvidas. Mesmo assim, ela não consegue ficar longe dele, porque o ama, mas também não consegue beijá-lo ou abraça-lo, por mais que ele tenha pedido um beijo “sob recomendação médica”, brincou.
    Também não gostei da atuação do Rick. Onde está aquele homem apaixonado e passional que vimos em muitos episódios, onde ele fala para Kate todas aquelas palavras apaixonadas, onde ele enfurecido, protesta em nome do amor que ele sente por ela. Onde está aquele homem que esperou por quatro longos anos para que ela, finalmente o enxergasse? Onde está aquele homem? Esse homem desapareceu no último episódio da 5ª temporada. O vimos muitas vezes antes: 4x23 quando ele disse que a amava, mas que ela já sabia e coisa e tal e também no 5x24, quando ele fica sabendo que ela foi para DC para fazer a entrevista sem comentar nada com ele.
    Não gostei do episódio, digo mais, achei que Marlowe e Amann foram infelizes com o texto. Fiquei decepcionada. Sei que os atores interpretam o texto e só vai ao ar aquilo que os Diretores permitem, ou seja, detestei o texto da Alexis e Martha. Contudo, apesar de não gostar muito do texto que prepararam para a Beckett, a Stana o interpretou com maestria, aliás, como sempre o faz. Mas será que o texto do Rick Castle foi tão ruim assim ou foi o próprio Nathan que não deu tudo de si na interpretação, sabendo que seu contrato termina com esta 7ª temporada e não tem interesse em renovar...
    Mas uma coisa é certa, apesar de não ter gostado do 7x01, vou assistir aos outros episódios porque sou loucamente apaixonada pela série. Sofri de ansiedade no hiatus. Espero que Marlowe e Amann cumpram o que prometeram: que os fatos se esclareçam no decorrer da temporada.
    Por incrível que pareça, eu até tinha mais coisa para falar, mas já deu, né? Já falei demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Denise. Saudades!!!
      Mais do que normal que nesta volta a galera se empolgue e os comentários fiquem grandes, porque foi muita expectativa e elas não foram correspondidas com o episódio, então a pessoa desabafa mesmo. Normal.
      No seu caso, percebo que a magoa é muito parecida com a minha e envolveu sentimento e envolvimento... Te digo mais. Pela primeira a sensação de rapidez com que o episódio transmitiu, não foi nada bom.
      Foi rápido, mas não foi envolvente. Exatamente, por esta falta de paixa, como disse a Marcilia faltou um EPISÓDIO MAIS VICERAL.
      Palavra mais do que exata, e foi a sensação mesmo.
      Obvio que não vou largar Castle, porque amo esta série (ponto).
      Mas, agora neste começo, talvez falte a emoção e vontade de ver ao desenvolvimento como já tive muito antes.
      Espero que ela me surpreenda, assim como fez na temporada passada, e se isso acontecer! Felicidade nossa!

      bjão.

      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Assisti o primeiro episódio da 7ª temporada de Castle hoje pela manhã e fiquei muito decepcionado com o rumo que a série está se encaminhando... Tão indignado que procurei na net algum espaço para expressar minha indignação até que encontrei esse espaço.
    Assisto Castle desde a primeira temporada e uma das características interessante desse seriado é a capacidade que castle tem em desvendar crimes, se colocando no lugar da pessoa que pratica crimes, bem é preciso ter uma mente criativa para ser um bom escritor, muitas vezes ele acertava na mosca, em outras pecava por exagero, mas esses exageros sempre geravam bons risos. Nunca fui um apreciador dessa historia de castle x beckett pois gosto de séries de dramas policiais e quando começou a ir muito pro lado de relacionamento entre os dois a série começou a perder o foco inicial que era a resolução dos mais interessantes crimes praticados, muitas vezes com finais surpreendentes... Contudo, já que o seriado tomou esse rumo e os dois acabaram se atraindo, entendi o ultimo episódio da temporada 6 como o pior de todos da série até então, pois convenhamos, aquele episódio foi digno de comédia papelão... primeiro a beckett ser casada com alguém que nem lembrava que existia, depois toda aquela confusão com o cara, tudo dando contra o casamento, algo surreal, fora da realidade , que não acontece com ninguém, por que a série não terminou com o casamento dos dois? Teria sido bem melhor. Aí vem a temporada 7 e dela se espera um desfecho interessante para o fim da sexta temporada, tipo uma perseguição implacável a quem atingiu castle no último episódio da sexta temporada... mas o que vimos foi uma enrolação que não diz coisa com coisa, precisou de 07 temporadas para "inventarem" um lado obscuro de castle... Isso não faz sentido algum, ainda largam uma amnésia inexplicável... e ele pagando para destruirem o carro que o atropelou sem ele se lembrar de nada... quanta criatividade... vai ver foram alguns ETs que puseram um chip no cérebro do castle fazendo ele esquecer de tudo. Enfim, a série se perdeu por completo, e se eu pensava que nada poderia ser pior que aquele último episódio da sexta temporada, os inventores da série resolveram me provar que a porcaria poderia ser pior ainda no primeiro episódio da sétima temporada. Por isso, a partir de hoje paro de assistir a série castle, em minha mente, ela terminou na sexta temporada com um pseudo casamento dos dois, tudo que vier a partir dessa "nova mitologia" parecerá forçação de barra e falta de humildade dos autores em não perceber que a série chegou num ponto que não deveria retroceder. Exemplo de série que se mantém fiel a sua proposta desde o início é criminal minds, que vai para a décima temporada sendo um grande sucesso e onde a vida pessoal de cada um dos membros não interfere na dinâmica da série, pois se mantém fiel ao que se propôs que é uma série criminal e não uma série tipo glee e outras coisas do gênero a qual castle parece ter tomado o ridículo rumo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Douglas! Entendo pks sua frustração. Mas devo te confessar que por mais que adoremos as 3 primeiras temporadas de Castle, foi quando a série se voltou para o romance do casal que ela conseguiu suas maiores audiências. Na quarta temporada. Até mesmo vender o sindication para a TNT. Enfim...
      Acho que você tem razão de estar chateado, e acredito que muita gente como você, irá largar a série depois desta volta.
      Confesso, que torço para que ele se recupere, de alguma forma, ofereça coerência a esta história o suficiente para encerrá-la este ano.
      Acho que você acertou na questão de retroceder, porque acho que esta mitologia deveria ter entrado na história há muito tempo, desde o 3XK. Que pergunta pro Castle até onde ele é capaz de chegar para conhecer a morte.
      Era aquela chance, a série teria sido sensacional, mais do que já foi.
      Mas não aconteceu.
      Eu não vou parar agora, porque cheguei até aqui. Mas torço demais que a série não venha a definhar nesta temporada.

      bjão.

      Excluir
  15. Poxa Douglas concordo que a premier me decepcionou bastante, não pela história que pelos spoilers eu já esperava, mais sim pela forma como ela foi nos passada, a interpretação dada pelos atores, como já mencionado em um comentário acima... não sei se foi o enredo do drama que foi escrito de maneira POBRE pelo AM e pelo DA, ou se foi o Nathan, a Molly e a Suzan que não fizeram questão de emocionar... pois a Stana deu um show de interpretação no episodio inteiro, com aquele misto de sentimentos que a Kate sofreu...

    Mas ao meu ver a série NUNCA foi só sobre assassinatos, ela sempre foi um drama policial, com uma pitada bem forte de comédia e de romance... AM sempre deixou claro desde o piloto que Castle era um personagem diferente, que apesar de seus livros serem sobre mistério, sobre o macabro, sobre crimes, ele levava uma vida de alegria, a personagem Rick sempre foi apresentada como criança grande, e é aí que vem todo o humor da série... assim como a questão do relacionamento Caskett, desde do 1x01 com a clássica frase: " VOCÊ NÃO FAZ IDEIA" AM também deixou claro que a química da Stana e do Nathan seria bem aproveitada, por que era evidente que a tensão que existia entre as personagens merecia atenção! Ao contrario de outros procedurais policiais Castle deixou bem claro a sua proposta com todo o enredo familiar que envolve todos os personagens, o romance aconteceu não por que os casos da NYPD não bastavam para o sucesso da série, E SIM, por que Castle nunca foi SÓ uma série policial.... é uma série que fala sobre relacionamentos, sobre pessoas, sobre sentimentos, afinal é o sentimento da Beckett pela morte da mãe que a tornou o que é hoje e foi o excesso de variados sentimentos do Rick que o fez entrar "na dança" com Kate! Ressentimente o Nathan deu uma entrevista e disse que a série não se encaixa nem no gênero drama, nem na comédia, ele brincou dizendo que seria uma dramédia...

    Para completar acho que a série ainda não acabou, e se o elenco ainda tiver folego termos mais uma 3 temporadas, afinal acredito ser bem claro a intenção dos autores: "falamos 6 anos sobre Beckett, temos folego para falar mais 6 anos sobre Castle agora!!!", pois aquela cena do quadro no apt da Beckett é bem isso, o mundo dela por anos foi achar o assassino da mãe, agora depois disso fechado e encerrado o mundo dela é o Castle, só o Castle... e pra mim foi um das cenas mais significativas da premier junto com a cena da cadeira e do café...

    Bem... é isso! Decepção, desconfiança, tristeza pelo um episódio não tão bem escrito e produzido tudo bem, mas perder as esperanças JAMAIS!!! É isso que a Kate nos ensinou na premier: "com ou sem a ajuda do FBI eu vou acha-lo"...

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, vou pegar sua frase pra mim! risos. Bjão.

      Bem... é isso! Decepção, desconfiança, tristeza pelo um episódio não tão bem escrito e produzido tudo bem, mas perder as esperanças JAMAIS!!! É isso que a Kate nos ensinou na premier: "com ou sem a ajuda do FBI eu vou acha-lo"...

      Excluir
  16. Sol,

    Sei que você ficou muito decepcionada, mas vou confessar que gostei do episodio e que ele nos deu aquilo que havia prometido (encontrar Castle), pelo menos para a primeira parte do caso "Castle". Lembra que conversamos bastante sobre isso no hiatus e que não saberíamos direito como eles fariam para juntar o a história, pois bem acredito que são esses questionamentos que deixaram no ar.

    O inicio das respostas deverão estar no ep. 2, mas eu não apostaria todas minhas fichas nele, pois sabemos que eles não entregam tudo de uma vez, por isso não vou esperar mto dele, mas saberemos quem será o novo "inimigo" de Castle. Aliás concordo com você na resposta para o Mauricio:

    "2. A série muda a sua premissa, nesta sétima temporada, e ao invés de termos procedural sem qualquer referência à storyline, teremos o caso da semana e em paralelo, o Castle irá investigar o próprio caso.

    Se esta segunda opção rolar por mais de um episódio, agora no começo, eu terei enorme satisfação em dizer que fui precipitada, mas... só se os roteiristas provarem que tinham um plano diferente do que estamos habituados."

    Acho que entraremos numa nova dinâmica do procedural, ou seja, teremos os casos normalmente e em paralelo a investigação do que aconteceu com Castle e sobre seu passado. Sendo que agora com eles casados. Talvez seja isso que eles estavam comentando sobre coisas novas na temporada. Se for isso acredito que vai ser legal e até pode conquistar mais audiência. Particularmente e gosto de mudanças e inovações, senão ficamos na mesmice, né?

    Ainda não estou descrente com a série, mesmo porque só tivemos um episodio mostrado, onde seu arco com a season finale foi de encontrar Castle vivo. Os questionamentos foram frutos da investigação ao longo do tempo que ele ficou desaparecido. Algumas cenas foram decepcionantes, sim foram, mas vamos tentar ver elas por outro angulo. Pensem como vocês reagiriam no lugar dela? Como Esposito e Ryan reagiram com as imagens que viram de Castle e as evidencias que encontraram? Essas mudanças de direção ao longo do episodio que me fizeram analisar sob essa perspectiva.

    Me atrevo a dizer que em certo ponto agiria como ela o fez, no primeiro momento feliz vendo ele vivo e inteiro e depois das evidencias que encontraram, tanto no acampamento quanto o que Lanie descobriu, deixaram-na com esses questionamento sobre o que aconteceu com ele. Atenção, não estou defendendo ela, apenas analisado suas atitudes como se acontecesse na vida real.

    Diante de todo esse cenário, compreendo que seus sentimentos ficaram confusos, um misto de raiva com duvidas, mas nunca deixando de gostar dele. A revolta dela foi ela não saber o que realmente aconteceu e isso para um detetive é algo que os deixa bem nervoso, pois seu objetivo é esclarecer esses "mistérios".

    (continua)

    ResponderExcluir
  17. (continuação)

    Se Castle está mentindo ou não com relação ao tempo que ficou desaparecido, tenho minhas teorias e não vou comentar aqui senão ficaria muito longa minhas considerações, mas existem explicações sim e já foram mostradas em temporadas anteriores.

    Pra mim os questionamentos deixados no "ar" neste episodio, foram:
    - Porque ele deixou o dinheiro no lixo pra pagar a destruição da SUV e não se lembra de nada? Ele já apareceu trocado no vídeo. Será que ele está mentindo, drogaram ele ou ameaçaram ele para fazer aquilo pq sabiam das câmeras e deixar todos duvidando sobre ele provocar um falso sequestro e porque?

    - O que aconteceu com ele nesses dois meses que ele não se lembra ou será que ele está mentindo?

    - Porque a chave com numero 38 estava costurada em sua calça, e de onde ela é?

    - Concluíram que ele foi exposto a dengue, onde ele esteve?

    - O tiro de raspão na costelas, ja cicatrizado. porque? tentou fugir? o que ele estaria fazendo?

    - Quem é o falso Henry Jenkins? Spoiler de Montreal(ep 2) diz que ele era uma pessoa influente do passado de Castle

    - Porque ele desistiu do livro tropical storm? era sobre um supervilão que controlava o tempo e o que isso significa?

    - No acampamento, como acharam todas suas roupas, de onde vieram se ele estava apenas de smoking? elas estariam numa mala no porta malas? não viram isso na investigação?

    Na minha opinião, o cenário do acampamento poderia muito bem ter sido montado para confundir as investigações e complicar o lado de Castle.

    Com relação às reações de Martha e Alexis, tenho a dizer que talvez isso seja cultural lá nos EUA, eles são meio frios mesmo e não ficam fazendo escândalos e gritando como estamos acostumados aqui no Brasil, rsrs. Lá eles são bem diferentes, essa é minha opinião.

    As reações de Beckett foram intensas durante todo o episodio, um misto de perda com a alegria de vê-lo vivo e inteiro misturados com um pouco de raiva com compaixão e no final um "alivio" por estar com ele. Outra coisa, pela dinâmica do episodio, sinceramente eu não vi espaço para cenas Caskett e acho que foi isso que decepcionou muita gente que comentou aqui.

    Gostaria de destacar também que, independente da qualidade do texto, a atuação dos principais atores (Stana, Nathan, Jon e Seamus) foram ótimas.

    Bem, essa é minha opinião e analise que queria compartilhar com todos. Posso até estar errado ou sendo um pouco pragmático analisando friamente o episodio. Mas como disse anteriormente, fiz isso me colocando no lugar dos personagens e vendo a história como um todo, pegando acontecimento anteriores e projetando o que possivelmente vem por ai.

    Mas queria lembrar também que essa é apenas minha visão e que pode mudar tudo, pois nunca sabemos o que se passa com a cabeça daqueles "malucos" que escrevem.

    Abs a todos
    Ricardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pow Ricardo, não vou negar, seu comentário foi FODA!!! Muito muito bom mesmo. Mas eu acho que vc entende porque a minha chateação, exatamente, porque vc listou os problemas que nós tivemos, principalmente no questio falta de respostas e incoerencia.

      A minha insatisfação que podem ter pensado ser precipitada, mas não mudou quando revi o episódio, é a falta de enrede mesmo.

      Volto a dizer que se a série apostar em uma dinâmica diferente, EU VOU ME REDMIR, VOU DIZER QUE ERRIE, SEM PROBLEMA NENHUM.

      Mas não consigo por muita fé nisso. Eu quero me enganar, eu torço para me enganar. Mas não consigo acreditar em uma dinâmica diferente. Então, minha review é a baseada nisso, exatamente, na atual dinâmica da série que foi durante os ultimos 6 anos.

      Pensando neste ponto, temos um imenso buraco vazio, em um roteiro que se apoiou em incoerência para por suspeita no Castle.

      Outra coisa, o ator que fez o falso dono do terreno e da casa móvel, ele irá participar de Agent's of SHIELD, isso significa que ele não está escalado para nada aprofundado nos próximos episódios de Castle, o que me faz ter mais raiva ainda de uma mitologia que ficou no papel.

      Porque não teve mitologia, que houve foi um caso, onde Castle não foi encontrado e sim, se deixou encontrar. PRIMEIRO GRANDE PROBLEMA

      Segundo, temos o fato de que rolou um penca de pista sem conexão, a não se uma: O CASTLE FEZ PESQUISA PARA ESCREVER UM LIVRO TROPICAL, (ONDE TEM DENGUE), E JOGOU FORA. (é a única pista que a gente tem, o que me faz crer que ele tem um pé na culpa da história do sequestro).

      E se ele tiver, EU LARGO A SÉRIE DE VEZ!!!

      Hoje, me contento com o que vi, o suficiente para continuar a acompanhar a série. Mas nem de longe, é suficiente para o padrão de Castle, nem de longe!

      bjão.

      Excluir
    2. Sol,

      Legal que você gostou e claro que eu te entendo, a season finale criou uma grande expectativa em todos, mas lembro também que comentávamos que esse caso não acabaria no primeiro episodio, pois tinha aquele papo de ser ou não um arco, certo?

      Assim como você eu acredito que o ep 2 pode mudar um pouco esse cenário, bem como estou apostando e torcendo nessa mudança na dinâmica que traria uma certa renovação para a série.

      *ATENÇÃO SPOILER*

      Com relação ao ator, tem uma reportagem dele dizendo que ele irá aparecer no ep 2 segue alguns trechos da reportagem

      TVLINE |
      - Esta coisa do Castle está cercada de muito sigilo. A ABC nem sequer queria falar que você estava no segundo episódio.
      R. Eu sei... [Risos] Honestamente, não poderia te responder o motivo.

      - Eles provavelmente não querem que as pessoas prestem atenção em seu personagem muito de perto. "Eu sei que ele está no segundo episódio, então algo deve estar errado aqui."
      R. Sim. Sim. Eles ficaram em cima de mim sobre isso, mas é tranquilo!

      - Como você falaria desta estranha peça da nova mitologia que está envolvendo o personagem do Castle?
      R. Sinto como se eu não estivesse autorizado a dizer nada ou então a "polícia secreta de Castle" vai me perseguir e me jogar na rua. Mas ele definitivamente tem uma história com o Castle. O que eu posso dizer é que ele é alguém grande no passado do Castle.

      - A estreia deixou três questões em aberto: a chave "38" costurada na calça do Castle, a coisa da dengue, e o fato de que ele foi baleado. Será que alguma dessas coisas vai ser revisitada no episódio 2?
      R. Sim, elas serão faladas. Mas eu não espero nenhuma resolução em breve.

      - Eu tenho medo por esse cara, se a Kate colocar as mãos nele novamente.
      R. Sim – pode ir mal! Poderia ir muito mal.

      - A porta foi deixada aberta no final do segundo episódio, que poderemos ver você aparecer de novo?
      R. Não existem indícios definitivos, como: "Vemos você em um mês," mas ela está definitivamente aberta. Você definitivamente tem uma maior compreensão de como esse cara aparece na história do Castle.

      - No final do episódio, vamos ter alguma ideia do que esse cara quer — ou queria — com o Rick?
      R. Um...

      - Talvez a metade-da-metade de uma ideia?
      R. Sim, eu acho que você vai ter a metade-da-metade de uma ideia — e seu "querer" no que diz respeito a algo muito específico. Em termos de todo o mistério, não, você não vai ter muito mais informações, mas em termos das circunstâncias a curto prazo, você vai entender mais.



      Agora, o que não pode é você perder a fé na série, eu não vou deixar viu rsrsrs vão te comparar a Beckett, rsrs e depois outra que vai escrever as review pra gente comentar...

      Com relação a mitologia, tem tudo isso que levantei e mais algumas que não coloquei que precisam de respostas.

      bjão pra você também



      Excluir
  18. Nossa Ricardo! Concordo com várias pontos da sua crítica, e como vc não perdi a esperança na série, e sinceramente acho que vamos nos surpreender nessa temporada... e será uma surpresa boa!

    Bjo

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe