Castle 7x06: The Time of Our Lives

quarta-feira, novembro 12, 2014

Assim como viver sem ter amor não é viver
Não há você sem mim, eu não existo sem você.
(Vinicius de Moraes).

Fato: você ainda não assimilou, a “ficha não caiu” apesar de ter mergulhado o rosto na água gelada, e tudo parece um sonho. Mas não é... Aconteceu, e após 5 anos, oito meses e um dia, fomos presenteados com o casamento mais esperado das duas últimas temporadas, Kate não é mais Beckett e sim, Sra. Castle.
...

As reticências são para lhe oferecer um tempo, se recompor e voltar à realidade, pois temos muito a compartilhar.

Creio que não preciso nem informar quem assina The Time of Our Lives, afinal em que realidade alternativa os pais se afastariam de seus filhos no principal momento de suas vidas? E neste caso, a mamãe Terri Miller não deixaria seu grande toque feminino de fora, com um sentimentalismo singular e característico de Castle.

Apesar de não ter me negado aos spoilers e muito menos, às especulações criadas para entender esta transposição da realidade que seria explorada no episódio, muito me surpreendi pela permissão do roteiro em abrir a cortina no místico e viajar em algo que foi muito além de um sonho.

É interessante pensar que em uma primeira impressão, The Time of Our Lives faz-se passar por um plot simples e engraçado com a única opção de explorar a grande questão que permeia a mente do arrependimento: E se...”

E se Castle não tivesse conhecido Beckett? E se o caso que eles investigaram não tivesse ido parar nas mãos da detetive? Como reagiria Richard às críticas de ter matado o protagonista de seus best sellers? Como seria Kate após anos na polícia sem desvendar o caso da mãe?

É engraçado e simples porque nós sabíamos boa parte destas respostas, mas é um roteiro que ganha uma complexidade admirável quando consegue reparar grandes arestas deixadas pelo incidente em For Bette or Worse, e pela solução oferecida na première de Driven.

Arrependimento...

A filosofia considera o arrependimento como um sentimento nobre de alguém que busca o conserto de seus atos indiferente às consequências para si, mas sim, o melhor para outros. E eu diria que diante a tão bela definição, ninguém seria mais digno de merecer tal oportunidade, assim como Richard Castle.

E isto acabou sendo a grande sacada do episódio, não ocorre uma “viagem” a um universo alternativo pela simples curiosidade de conhecer a vida de um sem o outro, mas sim, pelo altruísmo máximo de Castle de admitir a força de um amor suficiente para sacrificá-lo se isto fosse significar a felicidade de Kate.

O artefato arqueológico surge não apenas para mistificar o cenário que ocorreu (ou não) na mente de Ricky, o artefato ganha relevância porque ele enfatiza a redenção do escritor a todo possível e (impossível) para superar ou mudar o passado.

E a verdade é que este delírio consciente transformou-se em uma oportunidade de devolver a coragem a Castle, aquela que admiramos tanto em Knockout, em Always. Mergulhar em uma realidade alternativa guiou o telespectador por um túnel da memória desfocado, e enquanto viajávamos nas referências, a cada minuto tornava-se nítido o tão óbvio e imperceptível a consciência humana: o Richard Castle persistente, criativo, humorado e talentoso. Assim como a Kate Beckett incorruptível, corajosa e apaixonante, não existem separados, porque é a influência de um na vida do outro que transformam suas vidas tão extraordinárias.

Além do comum, este é o significado desta palavra. Uma vida, um relacionamento, uma amizade e parceria que transcendem o ordinário. E isto não é uma questão de destino, ou alma gêmea etc... Não estava escrito nas estrelas, e nunca foi predestinado, apenas foi uma questão de escolha ao acaso.

É importante mencionar esta questão porque dizer que foi o destino é desmerecer a magnitude desta influência ou deste relacionamento. É fato que quis o destino colocar o caso dos assassinatos, inspirados nas obras de Castle, nas mãos de Kate. Mas o destino teria se prontificado a tanto se ela não fosse fã das obras? Teria a vida seguido o rumo que seguiu se Richard não tivesse matado Derick Storm?

“Tudo o que você faz importa... e muda o mundo de formas imperceptíveis”.

Cada passo tomado é uma influência em nossas vidas, e apenas a fé naquilo que se deseja é capaz de transpor barreiras e compor o panorama do objetivo desejado. Quantos não foram os momentos em que as circunstâncias encurralaram as decisões de Kate e Castle e ambos poderiam ter seguido caminhos distintos? E quantas não foram as vezes em que ambos se redimiram do erro e buscaram a reconciliação?

Existe uma frase muito famosa que diz:

“O sucesso é seguir de fracasso em fracasso sem perder o entusiasmo”, Winston Churchill.

Não existe uma máxima de perfeição da vida onde quem a alcança é um vitorioso e quem desiste é um perdedor. O que há são escolhas, desafios que se apresentam em inúmeras fases de nossa trajetória e cabe a cada um decidir se irá enfrentar ou desistir, e o vencedor é aquele que não se rende à batalha, mesmo que a derrota seja iminente.

E The Time of Our Lives é um episódio tão audacioso que quis resgatar o herói dentro de Castle, aquele homem que acalentou uma Kate em prantos quando viu os planos de seu casamento se desintegrarem, e que com toda a fé que lhe era possível disse: “We can’t give up”. O digno precisava transcender o maior dos desafios, mas se deparou com uma realidade aonde ele desistiu e não era mais um heroi, nem mesmo para a próprio filha.

O devaneio de Castle pode ser interpretado como místico ou não, mas o fato é que seu personagem experimentou uma introspecção, para se deparar com o fato de que não superar o fracasso do casamento seria desistir à esta história de amor. A persistência sempre foi o símbolo desta história e não seguir em frente agora, seria render-se antes de lutar.

“... O que é uma grande história de amor sem obstáculos a superar? Cada conto de fadas tem os seus desafios terríveis, que apenas o digno é capaz de transcender. Mas você não pode desistir. É disso que se trata.”

E nesta história, o casamento seria a superação. Mas apenas entendendo o seu significado ambos poderiam prosseguir e desejar a concretização do mesmo. Então, por fim, apresenta-se o maior mérito do roteiro. O casamento precisava ser algo mais do que o próximo passo, mais do que um evento memorável, mais do que um contrato firmado.

Mais do que um prêmio, o casamento precisava ser interpretado como o símbolo do entusiasmo e a esperança de que um carrega do outro, para compreender de que a vida que agora existe é consequência desta relação.

E assim se fez:


REFERÊNCIAS


O episódio foi recheado de diálogos, frases e momentos que relembraram episódios do passado na história deste casal. E com grande esforço da memória, tentei pescá-los para você. Eis a lista:

1. Menção ao detetive Will Sorenson
Esta foi fácil, mas também deu uma dica de outro trecho do episódio...
Will Sorenson aparece no episódio Little Girl Lost (1x09), na primeira temporada. Ele era do FBI e trabalhou em um caso de desaparecimento com Kate e o penetra Castle.
A dica extra oferecida aqui, é quando Kate libera Castle da segunda prisão e conta ao escritor que já havia conhecido ele. Ricky não sabe disso, mas Will sabia da paixão de Kate pelos livros de Castle e o quanto as obras ajudou a detetive superar a morte de sua mãe.

2. Castle pousou nu em um balão no Central Parque.
Pior do que roubar o cavalo da polícia e correr pelado por Nova Iorque nele?
Sei lá, mas o Castle era mais bonitinho naquela época. Porém, essa também foi uma brincadeira com a ficha do escrito no piloto da série.

3. Kate chama Castle de “Mr. Castle”.
Não sei se vocês se lembram, mas a Beckett só tratou Castle por “Mr.” no piloto da série, e a atriz Stana Katic fez questão de utilizar a mesma “agressividade” em sua voz de quando fez isto pela primeira vez. Foi muito nostálgico durante todo o episódio.

4. “Ele só mata no papel”
Quem disse isso pela primeira vez foi a própria série, na abertura. Mas no episódio Boom (2x18), a detetive do FBI Jordan Shaw também diz a mesma frase enquanto eles investigam o comportamento do serial killer e Castle compara suas leituras com a do assassino.

5. “Uma nova personagem baseada em você”.
Esta também foi fácil, a primeira vez mencionado é no fim do episódio Flowers for Your Grave, quem diz é o Capitão Montgomery à Kate, justificando o motivo pelo qual o escritor iria acompanhar os casos da detetive.

6. “Essas são as regras: fique no carro ou atiro em você” / “Pode abrir um pouco a janela?”.
Este também foi um diálogo entre Castle e Jordan Shaw em tick tick tick (2x17), durante a primeira busca que eles fazem, a agente do FBI manda ele ficar no carro e ele pede para ela deixar a janela aberta. A cena termina com Castle usando uma arma de choque no suspeito.

7. “Este não é um dos seus livros”
Também referência ao primeiro caso da dupla.

8. Por que você matou Derick Storm?
Esta foi mais um trocadilho com o fato de que Castle é quem explica para Alexis porque matou sua “galinha dos ovos de ouro”, mas também temos o fato de que foram inúmeros personagens que fizeram a mesma pergunta: “Por que você matou Derick Storm?”, no decorrer da primeira e segunda temporada.

9. “Nós fazemos um belo time juntos”
Episódio Deep in Death (2x01), neste mesmo diálogo Castle agradece por Kate ter salvo sua vida e ela diz: “Estava tentando evitar de preencher a papelada”. Abrindo espaço para mais uma menção do episódio: Eu poderia deixar você passar a noite, mas teria que preencher a papelada”.

10. “Eu odeio este mundo”
Acabou sendo outro trocadilho ao diálogo favorito entre Castle e Backett:
-Eu adoro este caso! (Castle)
-Eu odeio este caso! (Kate)

11. “Eu te amo Kate”
Episódio Knockout (3x24).

12. Voto de casamento de Castle
Em um determinado momento dos votos Castle diz: “E a sua singularidade misteriosa, eu quero passar o resto da minha vida a explorar”.

Em To Live and Die in L.A. (3x23), ele diz algo parecido à Kate no quarto de hotel: “Sabe o que pensei quando te conheci? Que você era um mistério que eu nunca iria decifrar”.

TRILHA SONORA


Em um evento tão simples a única música do casamento entre Castle e Beckett foi In My Veins. Digna de sua presença, mas não tão solitária, afinal nós sabemos que esta história tem uma trilha sonora memorável. Então, façamos chover no deserto e criemos nós a trilha sonora do casamento.

Brincadeiras à parte, a seleção de músicas escolhidas logo abaixo foi uma montagem especial que eu fiz para você leitor escutar e recordar desta história quando e onde quiser.



Castle - The history of our lives by Solange Domingos on Grooveshark

Se você for um assinante Grooveshark, basta clicar no link abaixo (logado) e selecionar a opção “inscrever-se”. Automaticamente esta lista ficará guardada na sua lista de reprodução.


Se você possui um smartphone, o site apresenta um aplicativo com o mesmo nome gratuito, basta procura-lo em sua store e baixa-lo. Após o processo, realize o login e será possível indexar esta lista de reprodução à sua lista.

DESPEDIDA


Muitos já sabem, e outros ainda não, mas eu não poderei prosseguir com as reviews de Castle aqui no S.A.

O motivo é a falta de tempo mesmo e o aperto financeiro que, não encontrando uma oportunidade de emprego, estou desenvolvendo um projeto com um amigo da área.
Gostaria muito de prosseguir, mas neste momento, tornou-se muito difícil e trabalhoso.

Por esta razão, esta review é a minha última.

Agradeço a todos os leitores que acompanham o S.A. e sempre encheram Castle de atenção em comentários, assim como a série é digna de merecer.

Aqui fica meu abraço a todos vocês, e deixo abaixo minhas redes sociais para quem quiser acompanhar ou conversar, sempre que possível.

Twitter: Sol_Domingos (clique aqui)
Facebook: Solange Domingos (clique aqui)


Castle& Beckett Brasil


http://castlebeckettbr.blogspot.com.br/

Eu estou me despedindo mas o melhor blog sobre Castle em português continua firme e forte!

Quer saber todas as informações que surgem sobre Castle? Spoilers, novidades, participações especiais, entrevistas com escritores, produtores e atores?

Acesse o Castle & Beckett Brasil e saiba tudo em primeira mão sobre o universo desta série que eu sei que você ama!

Além do mais, o blog está promovendo uma promoção durante este mês, entra lá para descobrir como participar.

Facebook: 

Twitter:

Youtube:





Talvez Você Curta

25 comentários

  1. Episódio perfeito.


    Sol, desejo muito sucesso.
    Obrigada por sempre nos presentear com as excelentes reviews.
    bjos.

    ResponderExcluir
  2. Episódio maravilhoso. Review sensacional <3

    Viajei de novo no tempo lendo sua review, assim como, viajei no episódio. É até difícil achar palavras para descrever o sentimento.
    Como você disse, conseguiram reparar os erros da SF e da SP com esse episódio. Vi um Castle tentando se ''redimir'' para depois seguir logo em frente, afinal, quanto tempo mais eles iriam esperar para casar?
    Adorei a playlist.
    Adorei tudo, e você como sempre escrevendo lindamente!

    Obrigada pela review!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Thais.
      Fico feliz por gostarem.
      Bjão.

      Excluir
  3. Sol, estou emocionada, não só pela ressaca do episódio de Castle 7x06: "The Time of Our Lives" onde tive a oportunidade de assistir ao casamento mais esperado da história da TV, mas muito comovida também com a leitura desta sua review, que, como sempre, é tão rica de detalhes muitas vezes imperceptíveis aos meus olhos, e me transportam facilmente para o episódio, não como um personagem ou um figurante, e sim como uma observadora num Planetário, confortavelmente acomodada numa poltrona acolchoada, onde a “luneta do planetário" é a sua review e os "os astros e planetas" são os episódios que você inteligentemente comenta.
    Amei o seu review desta semana. Amei mesmo. Muito. Não posso dizer que neste você arrasou, porque seria uma injustiça não só com você, mas também com seus outros reviews, pois você arrasa em todos. Pena que esta será a última vez que terei o prazer de ler seus belíssimos comentários.
    Mas tudo bem. É por uma boa causa. Por isso, desejo, de coração, que você prossiga seu caminho com muita saúde e que obtenha o êxito desejado nesta sua nova etapa, com o desenvolvimento deste seu projeto. Desejo sucesso pessoal, profissional e financeiro.
    Então tá, continuaremos nos encontrando sempre lá no Tweeter e no Facebook.
    Beijinhos, ok?
    Denise

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Denise, confesso que me emocionei com seu comentário, a "luneta do planetário" foi demais.
      Devo admitir que sentirei muita falta, mas é preciso, quem dera não fosse.
      Muito obrigada por tudo, por ter se tornado mais uma das amizades que Castle me proporcionou.
      E sempre estarei por aí, com vocês, surtando com esta série que me surpreende a cada semana, até quando eu já acho que não tem como ela vem e me dá "um tapa na cara", gritando EU SOU FODA FANDOM!
      kkkk
      Isto é Castle.
      Bjão.

      Excluir
  4. Sol, confesso que não li muitas reviews suas mas quando terminei de assistir o episódio pensei que seria bom ler uma no momento. Felizmente você voltou para falar do casamento tão aguardado e sonhado pelos fãs da série!

    Adorei sua review e o episódio (principalmente quando trocaram os votos, quando dançaram In My Veins e quando a Beckett da realidade paralela diz que já havia conhecido o Castle em uma noite de autógrafos). Também achei impressionante como, até em uma realidade paralela, a Beckett gosta do Castle.

    Enfim, desejo boa sorte nessa tua nova fase e espero que tudo dê certo para que você possa escrever reviews novamente.

    PS: Adorei as referências que você fez no post. Não havia percebido algumas delas e aposto que muitos também não perceberam algumas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Eduarda.
      Espero que um dia eu volte, mas indiferente a quando, Castle realizou o sonho de qualquer um que escreve review de séries, que é conquistar o carinho de uma fandom tão show de bola.
      Vlw mesmo.
      Bjs.

      Excluir
  5. Você fechou um ciclo que adorava com chave de OURO!! Uma pena você não poder continuar , mais só nós mesmos é que sabemos de nossas vidas e se temos que parar só nós sabemos o quanto dói. Seja feliz em sua nova empreitada e muito em sua vida . Obrigada pelos momentos lindos que passamos ao ler suas escritas.Abraços apertados dessa que considera ser sua amiga. Beijos mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, muito obrigada Rita.
      Fico mega feliz pela compreensão da galera e que mesmo sentindo falta sabem que existe uma razão pra isso.
      Muito obrigada.
      Castle e o S.A. me proporcionou um ciclo extraordinário na minha vida de seriadora e nunca irei esquecer.
      bjão.

      Excluir
  6. Sol,

    Desde q comecei a ler suas Reviews vi uma escritora nata que sabia melhor que outros como contar e descrever cada episodio de Castle.

    Aos poucos fui me aventurando a comentar e com o passar do tempo já estávamos interagindo sobre os episódios, suas teorias, seus mistérios e o que poderia vir pela frente.

    Em todos esse meses que nos conhecemos, vi em você uma grande Fã de Castle e que estava meio "desanimada" (pra não dizer cansada) da 6ª temporada, rsrs. Mas ai veio Veritas e a Season Finale (já sabíamos que ela havia sido renovada) e mais uma vez você veio com uma visão que me surpreendeu e me convenceu de que o final tinha sido o melhor gancho para a próxima temporada e a partir do seus argumentos eu concordei.

    No hiato para a 7ª temporada, conversamos muito sobre quais seriam as possibilidades e que se esperar dessa nova temporada. Foi ai que tivemos mais contato e dessa amizade de Castle virou uma nova amizade pessoal, sempre respeitando opiniões e pontos de vista.

    Porque estou dizendo tudo isso? Porque teremos SAUDADES de suas FANTÁSTICAS reviews semanais que são verdadeiramente reconhecidas por grande parte dos fão de Castle no Brasil e até me atrevo a dizer de outros países também. Mas espero que este ciclo não se encerre agora e sim de um tempo, umas férias por assim dizer e que você volte a escrever as Reviews para lermos, nos deliciar com suas explicações das mensagens subjetivas e o mais legal, comentar e você responder.

    Poucos sabem, mas esta review surgiu a partir de uma aposta no twitter em que você divergiu sobre o casamento deles com algums amigos do twitter, inclusive eu. O pagamento da aposta seria você escrever essa review, rsrs. Mas independente disso, você tinha "obrigação" de escreve-la sobre o tão esperado casamento em Castle. Você, mais que ninguém, tinha conquistado esse direito e nós como simples leitores esperamos seu texto para ler com calma, atenção e alegria, pois esse era o acontecimento "épico" para a história de todo o seriado, mais até que a solução do caso da mãe de Beckett.

    E você escreveu e caprichou. Não vou comentar sobre o episodio pois você já disse tudo e o que eu poderia "colaborar" seria para completar as Referencias, uma vez que foram muitas e cada vez que assistimos achamos mais uma. Me atrevo a dizer que a qualidade dessa reviews se assemelha a qualidade de como foi escrito esse episodio. Bem detalhada, completa e que mexeu com o emocional.

    Solange, já disse antes para você em trocas de mensagens e repito agora, Muita Boa Sorte nessa nova empreitada em sua vida, que você tenha muito sucesso e acredite no caminho que você quer trilhar. Sabemos que não será fácil, assim como a história de amor de Beckett e Castle, onde cada dia é um novo desafio a ser vencido. E se, pare vencer esses desafios você tiver determinação, coragem e amor por aquilo que faz, o sucesso será apenas uma consequencia. A história de cada um é contada um pouco a cada dia.

    Sei que não perderemos contato, até pela amizade que temos, mas você pode contar com minha ajuda no que precisar e estiver ao meu alcance.

    Boa Sorte AMIGA

    Muitos Bjos

    Ricardo

    PS.: Dá mais uma colher de chá e escreve sobre a Lua de Mel também... rsrsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Ricardo.
      Se eu pudesse, eu daria colher de chá pra temporada toda, hahahaha. Mas você sabe o quanto está corrido, e até é o um dos poucos a saber sobre o projeto paralelo, que está me consumindoooooooo.

      Seu comentáiro é especial, muito especial porque relata uma coisa muito, mas muito singular deste blog e desta série.

      Você pode perguntar pra inúmeros escritores de review, aonde você quiser, e você irá contar nos dedos de uma mão quais deles tiveram a honra de criar este vínculo, conquistar amizades e abranger um fandom que te compreende até mesmo quando você fala mão da sua série amada.
      Isto é pra poucos, e eu posso dizer que tive a honra de entrar nesta lista de exceção, por conta de pessoas como você, Priscila, Marcilia, Milena, Karla, Amanda, Denise, Fátima, Su... Nossa tem tanta gente, que até me perco quando começo a lembrar.
      Escrever no SA sobre Castle foi um desafio, porque quem iria procurar por uma nova review quando a série já estava na quinta temporada?
      Mas ela era e é tão rica que eu precisa expor meu ponto de vista, e consegui, aos poucos, consquistar uma galera especial, em todos os sentidos. Mas principalmente pela sagacidade, a sacada de entender e perceber mais e mais detalhes que quando eu deixava passar os comentários faziam questão de enriquecer a resenha.
      Esta trajetória foi especial e memorável,e nunca irei me esquecer e nem me afastar de vocês.
      Os comentários demoram pra vir, a resposta acaba surgindo dias depois, mas ela sempre virá.

      bjão.

      Excluir
    2. PS: Você sabe o quanto sou grata por tudo que você fez e faz com tanto amor por Castle e por esta amizade certo?
      Muito obrigada pela força que você me deu o ano inteiro, quando nós sabemos o quão difícil está sendo 2014.
      um grande abraço.

      Excluir
  7. Sol, estou emocionada que preciso das reticências...
    Vamos por partes. Primeiro, o episódio em si. Quando vi quem escreveu, não esperava nada mais do um show. E foi maravilhoso, engraçado, nostálgico. Como você bem disse, resgastou toda a história de Castle e Beckett, bem como mostrou que a química existe seja em que universo se apresente.
    Segundo, a tão esperada cena do casamento. Pode não ter tido pompa e circunstância mas teve emoção, amor e lindas, que lindas, palavras. Não faltou a roupa branca (tão a cara de Kate), não faltou a família, não faltou o noivo com sua presença marcante. E os votos que emocionaram tanto! Não deixando de constar o ALWAYS e a música que marca esse relacionamento. Foi simples? Foi, e li numa review os comentários dos fãs reclamando dessa simplicidade, quando se esperou tanto por esse momento e depois da decepção de muitos com a season finale da 6ª temporada. Mas, foi simples e EMOCIONANTE. Só de ver esse casal tão lindo finalmente se casando, com aqueles votos, não tem como não gostar e chorar. Chorei e adorei!!!
    Finalmente, a sua despedida. Senti falta das suas reviews sobre os outros episódios anteriores e esperei ansiosamente essa sobre o tão esperado casamento, que era algo que nós, fãs, estávamos querendo tanto ver. Queria saber das suas impressões porque acho seus comentários tão bem elaborados, sem deixar de transparecer a emoção da fã, que reflete a nossa própria, seus leitores. Mas entendo que a vida nos leva por caminhos que precisamos trilhar e eu desejo a você muito sucesso nessa sua nova empreitada e todas que poderão vir. Não nos conhecemos pessoalmente e eu não tenho facebook, mas vou continuar a visitar o blog Castle Beckett Brasil, apesar de não conseguir postar nenhum comentário. Adorei suas reviews. Adorei a companhia. Felicidades. ALWAYS. Beijos, Fátima Beatriz

    ResponderExcluir
  8. Escrevi no calor da emoção que engoli algumas palavras, mas espero que dê para entender. Rssss (Fátima Beatriz)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Fátima, muito obrigada.
      E é normal mesmo se empolgar e faltar a indentificação nos comentários.
      Mas eu sabia que era você. Porque algo muito especial que ganhei aqui no S.A. foi o leitor fiel, que vinha a cada semana complementar inteligentemente os comentários, e proporcionar mais emoção ainda de seguir uma série de rica quanto Castle.
      É chato ter que se despedir, mas confesso que me sinto honrada de fechar este ciclo em um episódio que também encerrou um segundo ciclo na vida de Ricky e Kate.
      Bom, foi sensacional de muitas formas estar aqui no S.A. e sempre sentirei orgulho de ter tido esta honra.
      Um grande beijo.

      Excluir
  9. O queeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee??!! Ahh Sol, não acredito!!! :( fiquei mais emocionada sabendo que não verei mais reviews suas do que com o ep. Espero que tenhas sucesso em tudo que fizeres!

    Agora, com relação ao episódio, só tenho algo a dizer, e espero não ser muito julgada hehehe.. foi um dos piores episódios de Castle para mim, de todas as temporadas. Só tem 2 ep que não gostei até hj, sendo esse o 3º.
    Talvez eu nunca vá conseguir olhar a série com outros olhos até entender a palhaçada que fizeram na SF, e o motivo de toda aquela perda de memória sem noção..
    Os últimos ep de Castle até que foram legais, mas essa temporada está deixando muito a desejar.. e não me supreende o fato de estar se afogando cada vez mais e perdendo audiência. Sei que está já na sua 7ª temporada, e é dificil manter uma série por tanto tempo. Mas, mesmo assim, acho que eles poderiam ao menos dar episódios dignos e que sigam a linha dos personagens, o que para mim, também está deixando a desejar.

    Amo Castle, e sei do grande potencial que esta série tem. Porém, este ep, juntamente com a SF, tem me deixando muito entristecida, e espero, de verdade, que eles voltem as raízes, porque se não, acredito que podemos dizer adeus a Castle mais cedo do que eu imaginava.

    Beijão Sol, suas reviews fazeram toda a diferença nesta caminhada castlelistica. Deus te abençoe!! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Fe, muito obrigada mesmo.
      Então é até interessante perceber que este epaço permite que TODOS comentem o que realmente pensam sobre Castle e não se deixem levar apenas pela a emoção do restante da galera.
      Você tem todo o direito de não ter gostado, compreendo seu ponto de vista.
      Eu confesso que adorei pela superação de que o casamento não PODE e NUNCA DEVERÁ ser visto como apenas um grande evento, e não curto em nada esta ideia de passar meses e meses desembolsando fortunas para isto.
      E pra mim, o episódio conseguiu transparecer na cerimônia o significado que precisa ser compreendido deste laço.
      Para a igreja ele é um sacramento, mas que nasceu com o intuíto de conceber um contrato, por interesse de transformar a mulher em uma serva (no antigo testamento), com o interesse em dotes milionários que sustentam a monarquia de uma nação, ou pelo simples conluio da aquisição de terras no período feudal
      E por tudo isto é que o casamento eram eventos enormes que convidavam vaijantes, reis, e toda a elite da sociedade, porque ele não proclamava o amor, ele proclamava um contrato.
      Qd Castle rompe as barreiras, destruindo uma festa que seria memorável, mas principalmente porque ela estava se sobrepondo ao sentimento, e ousa em um episódio como este resgatar a fé do casal naquela relação, que sofreu o inimaginável e estava abalada, ele podia ter a história mais fraca da história, mas foi capaz de superar o conceito superficial que muitos tem sobre o casamento para impor seu verdadeiro significado.

      Bjks e sempre que quiser conversar, você sabe, estarei por aí.
      Tudo de bom.

      Excluir
  10. Fiquei emocionada ao ler esta review! Epi maravilhosooo! Tão impressionante como eles deram um desfecho tão simples e belo para algo que foi tão frustrante para o casal e para nós! Castle me emociona, me surpreende, me toca, me deixa mais leve... always. Sucesso para você, Sol!

    ResponderExcluir
  11. O que falar desse episódio, divertido, intrigante, emocionante e maravilhoso? E o que falar dessa review? Solange vc detalhou exatamente tudo que esse episódio representou, com toda excelência, vc é demais! Conheci a série há um ano e parece que há anos que vejo, amo Castle, amo esse blog, adoro fazer parte desse fandom. Como todos já disseram e digo, vc fará falta, mas é p/um boa causa, e te desejo toda a sorte do mundo e felicidades, vc merece!!!!! Tudo de bom Solange, e quem sabe até a próxima review "especial". Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Ricieli, valeu mesmo.
      Fico mega feliz pela compreensão da galera.
      Eu vou, mas continuarei sendo uma mega fã de Castle que está maluca para entender o desfecho deste mistério sobre Ricky.
      O episódio me deu a oportunidade de encerrrar esta trajetória de forma muito especial e fico mega contente com isto.
      O S.A. está no meu coração, assim como todos vocês que sempre fizeram questão de passar por aqui e enriquecer estas reviews.
      Muito obrigada mesmo.

      Excluir
  12. Esse deveria ter sido o epi da SF !!!!
    E Castle poderia ter sido sequestrado enquanto eles iam para a lua de mel. Teriam dado aos fans o que eles queriam e inserido uma nova mitologia sem traumas. Agora do jeito que fizeram quem se importa o que aconteceu com Castle?


    Esse episódio agora o ocupa o número 1 dos meus preferido de Castle!!!

    Foi perfeito em muitos sentidos. Nathan entregou um Castle que a muito tempo a gente não via, porque para mim nos ultimo epis ele estava lá por obrigação, mas nesse não! O Castle que conhecemos na 1ª temporada estava de volta, com um interpretação de Nathan iluminada!

    Uma coisa que eu gosto nos roteiristas de Castle que eles tem um poder de sintese enorme, eles conseguem dar uma resposta curta e resolver algumas endagações que em outros seriados criariam um grande drama em volta. A principio achei que o episódio seria complexo demais para explicar tudo em 42 minutos, e ainda enfiar um casamento dentro, mas eles conseguiram!!!

    Sobre o casamento, eu achei tudo PERFEITO !!
    Não tem muita coisa que dizer a não ser que os roteiristas escreveram para o fans.
    Mas acho que faltou umas palavras do pai de Beckett, afinal ele viu a filha por anos sofrer por causa da morte da mãe, e agora vendo ela tão feliz merecia algumas palavras. Os companheiros de Beckett deveriam estar lá, mas pelo que vi no Sneak o comunicado do casamento e a reação de cada um será um divertimento a parte.

    Sobre o restante da temporada eu ainda estou com um pé atras sobre o desenvolvimento dos episódios, espero que eles consigam utilizar melhor a dinâmica do casal agora que são Sr e Sra Castle, e como existe a possibilidade de ser a ultima temporada, que eles não tenham medo de ser mais ousados nos casos.

    Sobre ser o seu ultimo review , terei que pedir emprestado o artefato a Castle para viajar até o universo paralelo onde você continua a escreve-los kkkk. Mas evidente que conseguirei arrancar algumas opiniões informais suas sobre os proximos episódios kkkk

    MARCILIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Marcilia.
      É como você disse, sempre que quiser estou no face pra dessbafar sobre Castle.
      Poxa, nem sei se tenho o que dizer sobre o epi, a não ser o fato de que você sabe que eu gostei da SF e achei que ela se justificou com os 2,4 de rating na premiére que nunca teria chegado tão longe se houvesse o casamento naquela ocasião.

      Mas uma coisa que amei mesmo foi ver este epi conseguir superar o sentimento acima do casamento e dar um significado para este "contrato firmado" que vai muito além do que mais um passo a seguir.
      E isto só foi conquistado por conta de todos os incidentes ocorridos no passado.
      Sei que tenho uma visão singular sobre casamento que, talvez, a maioria das mulheres não tenha, e talvez por isso consiga grandificar esta história de uma forma que a maioria da galera não curta e carregue a mágoa da SF.
      Mas quando séries decidem ousar, a consequência é esta, eu ADORO!!!

      Adoro Castle, adoro o que este blog pode me proporcionar, e estas reviews serão meu orgulho ALWAYS.

      Óbvio que estarei sempre aqui, mas tenho uma agradecimento especial para deixar pra você aqui, que SEMPRE fez questão de impor seu ponto de vista em TODOS os textos que escrevi e isto me dá muito orgulho e satisfação.

      Bjão pra ti e inveja eterna do seu grande feito, conhecer Nathan e Stana não é pra qualquer um e você conseguiu.

      Sucesso e não suma, sempre grite por mim no face que irei responder.

      Excluir
  13. Muito obrigada Valeriana, pra vc tbm, tudo de bom e estamos por ai.
    bjão.

    ResponderExcluir
  14. Kate também o chamou de Mr. Castle no primeiro episódio da terceira temporada quando ele foi preso com uma arma na mão no quarto da moça assassinada.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe