S.A.D. 116 | Racismo Disfarçado de Gosto, Hora Certa de Abrir os Armários e Outras Lutas (Dia dos Namorados Militudo)

21.6.20


A militância não descansa e, nos assuntos do amor, a luta é constante. Embora nem sempre seja oportuno sair do armário imediatamente, escancaramos as portas do armário dos preconceitos, entrando numa conversa sobre construções sociais que definem o que alguns acreditam ser “gosto pessoal” e opressões dentro das siglas. Com ou sem telão ligado, insistiremos em assuntos difíceis, desconfortáveis, mas extremamente necessários.



Siga o SAD como um verdadeiro stalker: iTunes | Android | Spotify | Grupo no Telegram

Quer ajudar a manter o SAD no ar e ter acesso a um monte de vantagens? Veja como ser nosso padrinho pelo PicPay ou no Padrim.

Envie SUAS HISTÓRIAS anonimamente pelo formulário para fazer parte dos próximos programas.

Participantes
Amanda 'Nudes' de Aguiar
Carol 'Dua' Lima 
Denise 'Carmen Sandiego' Tessari
Edu S(t)a(r)cer
Erika 'Troll' Toretto
Fernanda 'Entrapta' Cortez 
Leo 'InstaBeard' Oliveira 
Luciano 'Nadark Room' Maia
Sidney 'Deridévio' Andrade
Thiago 'Next' Emanuel

Links
Podcast Com Verso
Estação 9 3/4    
Leia como uma Garota!  
A Casa Elefante
RPGuaxa
LoGGado
Erika's Small Talk 

Nessa sessão:

Melhor de 3 com os casos “Beijo pra você e pro Sasha”, “Rinheiros Ornamentados no Xênon Fuleiro” e “De Calças Quadradas Arriadas”

“Redes Abertas”
Impossibilitado de fazer enquetes sobre assuntos que gostaria no Twitter, esse rapaz no armário já sentiu que debochamos de um caso dele, mas acredita que agora pode ter ajuda sobre sua jornada para fora do armário.

“Segredo Mundano”
Envolvida com um boy religioso, Korra teme contar que é no mínimo bi e ele reagir mal ou explanar para a família dela, mas também não quer segurar a informação até que se torne motivo de ruptura entre eles.

“As Acho Bonitas, Mas…”
Anônimo Brasileiro do século XXI não sente atração por mulheres negras e quer saber se é um racista filho da puta. A resposta simples é sim e a revolta corre solta, mas será que há mais aprendizado a tirar desse retrocesso?

Trilha Sonora
Karol Conká - Gueto Ao Luxo
Backstreet Boys - Quit Playing Games (With My Heart)
Brava - Ainda
Defalla - Ela é Bissexual
Nara Couto - Linda e Preta
Adriana Calcanhoto - Bunda Lê Lê

Talvez Você Curta

6 comentários

  1. Mais uma parte desse especial gostosinho para a gente \o/ obrigado senhor!

    Sobre o melhor de 3 eu escolheria o da voz esquisita, só que dessa vez vocês ativaram algum gatilho de minha memória e eu acabei lembrando que essa situação já aconteceu comigo e o que eu fiz? Eu ri muito. Não na cara dele, toda vez que ele virava a cara eu ria muito.

    Outra situação que já aconteceu comigo foi de "me relacionar" com um cara bi. Foi a primeira pessoa que conheci pessoalmente que se declarava bissexual. O lance foi intenso mas não foi muito longo, então não sei direito como eu me sentia com o fato de ele ser bi e se faria alguma diferença pra mim não saber. Mas no fim sei que quem é bi é ele e a opção de contar ou não é ele que tem que dizer. Ou n. Não sei. Como disse eu não cheguei a nenhuma conclusão de como me sinto. Não me cancelem!

    Sobre esse último caso rolou debate pesado por aqui viu. Eu não nego que ainda carrego traços de preconceitos contra alguns esteriótipos gays mas tenho tentado me desconstruir e tentar ver a pessoa por trás do esteriótipo pra aí então chegar a uma conclusão sobre se curto ou não a pessoa independente do esteriótipo de ser magro, gordo, malhado, alto, baixo, preto, branco, discreto, afeminado etc...Nem sempre consigo, mas como disse, tento sempre me desconstruir.
    Um amigo meu escutou esse último caso e disse que não concordava com algumas coisas que foram ditas, tentei rebater trazendo o exemplo dele que diz que não gosta de gordinhos e como ele descarta outros caras gordinhos sem nem conhecer a pessoa pra ter alguma opinião além do esteriótipo e que isso faz parte sim de uma construção da sociedade de que corpos gordos não são desejáveis, semelhante ao que acontece com os pretos. Ele me rebate dizendo que não é bem assim porque ele também não curte caras malhados e prefere pretos a brancos.
    Mas o ponto principal ele não entende que é não julgar as pessoas por esteriótipos, independente de quais sejam e que alguns desses julgamentos são sim fruto de uma construção da sociedade.

    Contei essa história toda pra dizer da importância de vez ou outra ter esse tipo de caso sim Léo. Pq gera esse tipo de discussão que considero importante e até escutando sozinho, a discussão de vocês contribui pra o meu processo diária de desconstrução.

    Gente, por favor, se eu falei alguma coisa errada, não me cancela.

    Aguardando a parte 3 desse especial e já imaginando o conteúdo. Pq se tem uma coisa que os ouvintes do SAD sabem fazer é escrever fanfic de putaria. uhehehe

    ResponderExcluir
  2. Que episódio lindo <3

    Não vou fazer textão pq não tenho nenhum lugar de fala. Só posso dizer que fico feliz de fazer parte dessa bolha de gente em evolução, desconstrução e reconstrução permanente.
    Também quero parabenizar pela seleção de convidados. Headhunter de vcs é bom mesmo, hein?

    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Eu vim aqui SOMENTE pra cancelar Luciano pelos comentários da vozinha do homi. Olha yag se respeita kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Essa barra de sair do armário é complicada. Eu demorei para fazer isso. Só contei para a minha mãe e minha irmã. O resto que se foda! Eu sou um anjo 90% do tempo, mas se alguém falar algo eu fico 90% demônio. Até hoje ninguém falou nada sobre minha sexualidade para me tirar da graça. Kkkk
    Vamos fazendo o que tem que fazer sem se importar com a opinião dos outros. Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Pensei que racismo seria também o vídeo da Dacota Monteiro, mas ela enfocou outros aspectos

    Educação sexual para bichas pretas é o título

    Recomendo demais, para qualquer pessoa do sexo bicha. No início ela já avisa que o assunto não é camisinha e foi o melhor conteúdo neste mês do Orgulho em minha opinião.

    Mesmo o ursinho gostoso da produção não participando.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe