American Horror Story 1x02: Home Invasion

quinta-feira, outubro 13, 2011


Insosso, mas quem liga?

Depois do instável e entediante piloto, a série trouxe um segundo episódio aceitável e muito mais interessante. Muita gente discordou da minha review anterior, quando disse que a série não havia assustado, e internet afora vi vários relatos de gente dizendo que morreu de medo da série, talvez devido a grande proporção de filmes e séries de suspense e terror que já vi, eu seja menos “assustável” que a maioria, mas vi o episódio de noite, sozinho em minha casa, com fones de ouvido, e não me assustei minimamente. Inclusive penso que a ideia da série não seja causar medo e sustos, o que no piloto foi algo muito falho, como a deliciosa cena onde os gêmeos saem de trás da protagonista. O que vimos em Home Invasion foi bem o contrario disso, tivemos uma trama simples que foi trabalhada no episódio, focada em imitadores de um Serial Killer do final dos anos 60.

Admito que tudo foi muito aleatório, do nada pessoas entram na casa e decidem fazer o crime igual? Claro que tão aleatório quanto isso foi a trama da ex-amante gravida, espero que eles tenham usado ela logo agora para que ela fique enterrada, afinal quantas vezes não vimos isso em séries? Mas focando nas melhores coisas do episódio, os coadjuvantes fizeram um ótimo trabalho, primeiro que dizer que Frances Conroy é incrível, magnifica, perfeita e diva eterna é repetitivo eu sei, mas não tem como não falar, essa mulher faz sempre um ótimo trabalho e em duas cenas neste episódio fez bonito, Jessica Lange também arrasa e vimos mais de seu lado cougar/paypal, e acho que tivemos nossa primeira cena de terror psicológico onde a nossa diva megaevil com síndrome de Down é presa em um armário cheio de espelhos, a cena não foi das melhores, porém o que eles tentaram passar foi algo muito bom e inteligente, a garota não tem meno de nada, a não ser si mesma.

Outro que esteve incrível no episódio foi Evan Peters, sei que é cedo para dizer, mas Tate sem duvidas é meu personagem favorito, todo o ar de mistério criado ao redor dele, sua postura e o modo que ele se move passa um ar de sensibilidade e passivo-agressividade muito forte e isso conta muito ao meu ver. Porém o mesmo não acontece com Denis O'Hare, tinha várias expectativas quanto ao “The Burned Man” mas até agora ele não fez nada de mais, e volto a dizer. Sério. Se além de 500 pessoas tiverem morrido na sua casa, um cara com o rosto todo queimado disser que ela é amaldiçoada SAIA. DALI. E o mais incrível é que a decisão de se mudar da casa não veio de Ben, que já havia sido avisado sobre a casa foder com todo mundo que mora lá, mas de Vivien que apenas passou por um roleplay malsucedido. E aqui temos outra dica, se você quer imitar um assassinato em uma casa mal-assombrada: Primeiro, não como cupcakes deixados em qualquer lugar, vão te fazer soltar até as tripas, ainda mais se estiverem lá por mais de 2 meses; Segundo: Não seja burro de cair em conversa fiada dos reféns e nem deixá-los perto de objetos afiados e pesado, ELES SÃO SEUS REFÉNS! E terceiro e o mais importante: É uma casa mal-assombrada! Qual é o seu problema de querer ir lá e ainda para matar alguém? Nunca viu qualquer filme de terror? Aqui fica uma dica, o assaltante/invasor/doidofanaticoquerendoimitarassassinofamoso sempre se da mal. Sempre.

Mas fato é que American Horror Story fez sim um episódio bom, apesar de várias inconsistências foi superior ao primeiro e vamos esperar que continue nesse ritmo, aprendendo com os anteriores e melhorando a cada episódio...

Talvez Você Curta

4 comentários

  1. Não vi o episódio ainda, mas a maneira que tu o descreves me fez lembrar do filme Funny Games, de 2007. O que me chamou atenção no series premiere, somente, foram a personagem de Frances Conroy e o plot do Evan Peters, principalmente aquela cena final com Violet. Não me surpreende que fale bem deles em tua review.

    ResponderExcluir
  2. tmb não me assustei com o piloto e nem com esse episodio, mas confesso que fiquei curiosa pela historia só espero que o Titio Murphy não sambe na nossa cara e faça um final tosco pra série.

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei do piloto e + ainda desse eps.
    Será q é tão dificil alguem acreditar na existencia de pessoas q n dão a mínima pra superstição ou incredulas ou q n se assustam facilmente? A familia ficou na casa pq eles são assim.
    Dean e Sam te lembram alguma coisa?

    Ah, se fosse eu, n saia! #SouFoda
    HAUSHUSHAUSHUAHSUAHSUAS

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do episódiom,melhor que o 1º.
    Agora me respondam uma coisa,qual a graça de assistir uma série sobre uma casa mal-assombrada,se ela é vendida no inicio da série???O povo já quer sair daquela casa,o que vai prender eles lá????

    Só no próximo episódio p/ saber.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe