Glee 3x09: Extraordinary Merry Christmas

sábado, dezembro 24, 2011


Não seria Natal sem o Chewie.

Acabou que nem teve ele, só uma sequência de ações em preto e branco, músicas extremamente natalinas e Kurt mostrando que realmente é a mulher da relação. Sinceramente, nunca tive dúvidas.

A questão é que eu gostei em partes do episódio. No geral, foi um bom episódio. Porém, não gostei da quantidade absurda de músicas natalinas que usaram e o tanto de piadas óbvias e sem graça que usaram durante toda aquela sequência. 

Eu sei que é um episódio temático, mas queria mesmo era ouvir o delicioso hino de Stars Wars. Como um ótimo fã, queria muito que eles realmente mostrassem MUITAS referências aos filmes, mas o que ganhei foi só Finn e Puck cantando Bruce Springsteen de Luke Skywalker e Han Solo. Tudo propaganda enganosa.

Gostei de quase todas as apresentações, tirando Mercedes cantando Mariah Carey e a música que Blaine e Kurt cantaram juntos. Ano passado fizeram praticamente a mesma apresentação. A única diferença é que a música do ano passado, a parte de Kurt era, de fato, de uma mulher.

Adoro o Natal também, concordando com Sue, pois meus queridos nuggets conseguem trabalho como ajudantes do papai noel. Sempre apareço no shopping e tiro fotos com eles, já que são muito fofos e adoro o formato do corpo deles.

Perceba que desde a segunda temporada Sue vira bipolar em alguns episódios, como aconteceu nesse especial de Natal. Desnecessário dizer que achei muito válido ela mostrar que o mais importante é ajudar o próximo, e não participar de um especial de TV com um orçamento de somente 800 dólares.

Por que no final, é assim que Glee quer ser reconhecida: uma série que ajuda os outros e consegue lidar com assuntos considerados delicados com muita música e diálogos bonitos. Queria muito falar mal do Finn, mas nesse episódio, PQP, como não achar bonitinho ele vender a jaqueta no E-Bay só para comprar uma estrela para ele mesmo e um par de brincos para Rachel, só para ela trocá-los depois? Coisa linda demais.

Mas pensando no geral, foi bom todos se juntando naquele especial. Acabei querendo fazer parte daquela reunião, só para ensinar Rory como que fala inglês. Entendo que foi por causa dele que todos entederam qual é o verdadeiro significado do natal, mas qualquer outro poderia ter lido aquela história. Sem contar que é muito aleatório começar uma storyline com Sam, considerando que o último possui mais história com qualquer outro integrante da série.

A verdade é que Damião é um personagem tão dispensável, mas tão dispensável, que tenho certeza que ele fez teste do sofá com titia Murphy e só por causa disso que ele foi o ganhador do The Glee Project. Se bem que até no sofá ele não deve ter ido muito bem, o que me leva a concluir que Ryan Murphy estava numa seca e estava aceitando qualquer um que aparecesse.

Músicas no episódio:

"Extraordinary Merry Christmas" - Original: Blaine (Darren Criss) e Rachel (Lea Michele)

"Christmas Wrapping" - The Waitresses: Brittany (Heather Morris)

"Blue Christmas" - Elvis Presley: Rory (Damian McGinty)

"Let it Snow" - Vaughn Monroe Blaine (Darren Criss) e Kurt (Chris Colfer)

"River" - Joni Mitchell: Rachel (Lea Michele)

"All I Want for Christmas Is You" - Mariah Carey: Mercedes (Amber Riley)

"Santa Claus Is Coming to Town" - Bruce Springsteen: Finn (Cory Monteith) e Puck (Mark Salling)

"My Favorite Things” - The Sound of Music: Rachel (Lea Michele), Mercedes (Amber Riley), Kurt (Chris Colfer) e Blaine (Darren Criss)

"Do They Know It's Christmas?" - Band Aid: New Directions


@marcoacpontes

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. a "melhor" parte foi rachel e puck comemorando o natal sendo que ambos são judeus e nem mencionaram hanukkah.....Só em Glee mesmo...

    ResponderExcluir
  2. Nem sei se serve, mas a Rachel desejou Feliz Hannukah quando foi ajudar o Sam e menino Damião no fim do episódio... uhahuahua

    ResponderExcluir
  3. Marco, dos presentes que o Finn deu para Rachel, o melhor foi a porca Barbra, infinitamente.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe