The Good Wife 3x10 - Parenting Made Easy

domingo, dezembro 11, 2011


O blackout criativo

Esse episódio se desenrolava como um típico exemplar mediano de The Good Wife, ou talvez pior, já que no caso em que Alicia trabalhava pouco acontece. Nem a habitual dinâmica do tribunal –investigação-reviravolta que se repete várias vezes durante o episódio é muito eficiente nesse décimo episódio.

O envolvimento de Canning no caso e o reaproveitamento de Martha como uma adversária de Alicia se mostram como pontos positivos em uma trama que sem eles seria, no mínimo, torturante.

Os esforços de Eli para realmente fazer parte da Lockhart/Gardner se revelaram uma trama interessante e engraçada, como de hábito para tudo que envolve o personagem. Uma grande mudança, se lembrarmos que no inicio da temporada ele tentava descobrir como o escritório funcionava e como ter alguma vantagem sobre aqueles com quem deveria estar trabalhando em conjunto.

Tudo muito normal, muito típico, até que alguém na sala dos roteiristas tem a brilhante idéia de que parar tudo que acontecia para que todos os personagens embarquem em uma busca desesperada pela personagem mais sem carisma de The Good Wife: Grace. Essa busca da filha de Alicia por uma identidade própria sempre foi uma trama estúpida. É extremamente difícil aturar uma personagem descerebrada que procura sua identidade em vídeos de um pastor adolescente ou na Bíblia.

Como se isso já não bastasse, os roteiristas parecem contaminados pela imbecilidade de Grace e escolhem a pior hipótese possível para conclusão da trama. São gastos minutos preciosos de um episódio com uma tola tentativa de se criar uma tensão diante da possibilidade de um seqüestro — que, diga-se, era muito mais interessante do que a estúpida resolução dada à trama — para no final termos de engolir que tudo não passou de simples batizado desnecessariamente realizado as escondidas.

Quando finalmente os roteiristas põem um fim nesse erro, já não há muito tempo restante e eu já não conseguia nem sequer dar a atenção merecida à série para que pudesse escrever algo sobre as cenas finais do episódio.

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Não ia ser mais fácil fazer as duas reviews juntas assim como todos os outros caras que fazem review no site fazem????

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe