Parks and Recreation 4x09: The Trial of Leslie Knope

quarta-feira, dezembro 07, 2011


Quem não quer uma pelúcia do antológico Li’l Sebastian?



Acredito que este episódio tenha sido o mais diferente da história de Parks and Recreation, diferente do que acontece normalmente a história foi focada em apenas uma trama, o grande julgamento de Leslie. Esta mudança alterou o maior mérito da série, o de todos os personagens brilharem ao mesmo tempo. Outra mudança é que pela primeira vez eu fiquei com a impressão que a comédia ficou em segundo plano . Tudo foi mega fofinho mas comparando com o padrão de qualidade desta série, tenho que confessar que neste episódio ri bem menos do que o normal. No fim das contas, valeu a pena, uma vez que Leslie e Ben funcionam muito como casal e não tem como não torcer para as coisas darem certo. Sem dizer que o roteiro se preocupou em amenizar a cafonice do amor que destrói barreiras. 

Para mim, também houve algumas escorregadas que não são normais em Parks, deixando principalmente o Chris muito caricato. Me incomodou um pouco o esforço em fazer dele um maluco muito louco que apesar de ser uma pessoa super positiva também quer bancar o mega evil com regras tão idiotas. Assim, o episódio mesmo que abaixo para o nível da série acabou sendo excelente se comparada às demais comédias que estão no ar. Afinal, teve a incrível pelúcia do Li’l Sebastian, o Ron puto com a vigilância na internet, o Andy confessando o roubo de um laptop, o quadro do juiz que teve sua cara explodida, a mulher que foi exilada no gelo, a participação mais desnecessária de Tammy II, a escrivã Ethel Beavers e o nome verdadeiro de Jerry.

Dessa forma, o episódio funcionou muito bem, mas queremos que a série faça este tipo de coisa de vez em quando e continue a nos divertir muito na próxima semana.

P.S.: Acho que foi o primeiro episódio que a April não teve muita graça.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Esse episódio foi mais ameno que os outros, mas foi salpicado daqueles pequenos momentos que geralmente temperam as tramas principais, o que nesse caso fez com que o tempero sobressaísse o prato principal.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe