Spartacus 2x01: Fugitivus

quarta-feira, janeiro 25, 2012


O gladiador mais temido de toda Cápua está de volta, e bem mais vingativo.


Depois de dois anos e uma minissérie, Spartacus finalmente retorna à sua história principal, com uma temporada com muito mais sangue do que o costume e muitos novos plots deliciosos para melhorar nossa sexta-feira.

Todo mundo esperou loucamente pela estreia por um simples motivo: o novo Spartacus. Infelimente, nosso querido Spartacus, Andy Whitfield, morreu de câncer ano passado. Como ainda não dá para viajar no tempo ou ressucitar alguém, teremos que nos contentar com esse novo e bem mais magro Spartacus.

No começo, nem tinha certeza qual era o novo Spartacus, já que o novo ator não se destaca tanto igual Andy fazia. Com o tempo, fui me acostumando com Liam McIntyre (menos com o corpo) e com os próximos episódios, espero me sentir mais à vontade vendo a série com o novo ator. Não tenho tanta coisa para reclamar, porém, Liam é bom, mas nada comparado à Whitfield.

Deixando as comparações e indagações para o lado, confesso que fiquei bem feliz com o restante dos personagens, até mesmo Crixus (Considerava ele um dos piores personagens), que não me irritou em nenhum momento e o melhor de tudo aquilo foi a diferença existente entre esses dois grandes líderes: Spartacus e Crixus.

Tinha certeza que Lucretia iria sobreviver. Porque? Pois ela é a Xena, ué. Não sei, porém, se foi uma boa ideia trazê-la completamente sem memória de qualquer coisa. A mulher funcionaria bastante como uma manipuladora e vadia para cima de Ilithyia. Lucretia é a única viva, além de Spartacus, que sabe do ocorrido naquela noite de orgia dourada.

Falando em orgia dourada, alguém tem dúvida que o baby de Ilithyia é de Spartacus? Tinha certeza que ela gostou daquela fornicação toda. Imagina como Glaber irá se sentir, a mulher grávida do pior inimigo.

Temos novos personagens, também. Seppius, que apareceu para matar Spartacus mas até agora não conseguiu nada, sem contar que perde quase todos os homens que lutam com o gladiador e sua irmã, que obviamente será a nova vadia do pedaço.

Estranhei quando não vi Doctore junto com o povo no esgotinho, mas é completamente compreensível. Além de estar completamente irritado com tudo o que aconteceu, revelou-se mais violento do que nunca.

Estou esperando o momento em que Gannicus (do Spartacus: Gods of the Arena) aparecerá, para mostrar quem possui o cabelo maior. Tenho certeza que ainda haverá muita discórdia entre o grupo, já que Spartacus está todo movido à vingança e Crixus só quer achar a escrava Naevia. No final do episódio, eles decidiram ir para o sul. Até quando?

Nem estava lembrando de Aurelia, a mulher do defundo Varro, o loiro com cabelo de anjinho que era amigo do Spartacus. Fiquei morrendo de pena da mulher, porém. Não naquela cena no meio da praça, mas no começo, quando Spartacus a despachou para outra cidade. Era óbvio que ela não ia conseguir chegar nem na fronteira de Cápua sem ser raptada. Pelo menos ela mostrou para Spartacus que ele precisava de mais pessoas para conseguir combater Glaber e todos os soldados romanos. Achava que ela ia agradecer Spartacus por ter a salvado da morte no meio do público, mas ela só queria falar que ele era uma péssima pessoa mesmo.

Só senti um pouco de falta das cenas deliciosas de sexo que a série consegue fazer muito bem. Até tivemos um pouco, lá naquele puteiro. Tadinho daquele gordo, porém. Só queria bater uma enquanto via um pouco de ação e Spartacus vai e mete a espada bem no pescoço. Bom, pelo menos não foi nos Países Baixos.

@marcoacpontes

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe