Californication 5×09: At the Movies

quinta-feira, março 15, 2012


É assim que eu gosto de Californication...

Californication nos apresenta essa semana mais um episódio excelente. A impressão que tenho é que com a aproximação do final da temporada os episódios estão ficando cada vez melhores. Em minha opinião, a série é conhecida principalmente por esse tipo de episódio, apresentando com perícia uma excelente mistura de drama, comédia e bizarrices sexuais.

Tenho que confessar que imaginava que Hank fosse lidar melhor com toda essa situação do Tyler. Não imaginava que ele não fosse gostar do Tyler começar a trabalhar no mesmo ramo que ele, tomando ele próprio como exemplo e possível mentor. Entendo que do ponto de vista do Hank ele seria um concorrente profissional além de estar querendo expor a intimidade da sua filha através do roteiro que ele escreveu. De qualquer forma, me senti um pouco decepcionado com ele quando recorreu à amizade do Charlie tentando o convencer a não ser o agente do Tyler.

Tendo em vista a atitude de Hank com o Charlie, percebi que nada do que viesse dali para frente no episódio ele conseguiria lidar de forma simples. A forma como ele lidou com os problemas iniciais durante as filmagens do Santa Monica Cop foram um exemplo claro disso. Não me surpreendi quando Hank demonstrou uma atitude displicente, resistente e debochada diante do trabalho que ele deveria realizar. Acredito que o resultado de tudo o que aconteceu tenha sido fruto dos seus conflitos internos envolvendo essa situação do Tyler e a sua própria personalidade. 

Para quem ainda tinha dúvidas se Lizzie era uma santa ou aproveitadora, acredito que não tenham ficado mais dúvidas depois desse episódio. Ela se aproveitando do Charlie enquanto ele tentava lidar com seu conflito de interesses, acredito que não tenha deixado dúvidas do seu real interesse por ele. Sinto que aos poucos ela está conseguindo deixar ele cada vez mais em suas mãos.

Achei que o Charlie até que teve interesse e uma boa força de vontade ao tentar rejeitar o Tyler não sendo seu agente. Sinceramente não acreditava que ele fosse realmente conseguir, principalmente quando Tyler percebeu o que estava acontecendo. Não consegui entender com certeza o porquê Tyler tentou fazer com que Charlie mudasse de idéia, se era porque ele realmente queria o Charlie como seu agente ou se queria simplesmente se vingar dele por tentar rejeitá-lo.

No bar quando o Tyler começou a conversar com o Charlie, percebi logo de cara que o Charlie ia acabar cedendo e mostrar seu interesse por ele, mesmo sabendo que estaria traindo a confiança do seu melhor amigo. O que não esperava era que Tyler fosse querer humilhá-lo. Não acreditei que o Charlie fosse se submeter ao capricho dele. Tinha certeza que mesmo ele se submetendo a aquele tipo de coisa o Tyler não iria querer ficar com ele. Nesse ponto não tenho como tirar a razão dele. Se estivesse em sua situação, não iria querer um agente que se submetesse a aquele tipo de coisa. Fiquei surpreso pelo Charlie ter conseguido convencer ele no final.

Toda aquela história do Hank ajudar a atriz com o roteiro foi muito divertida. Todas as situações foram muito engraçadas. O Hank sendo seduzido, sendo pego no flagra e até o Samurai Apocalypse bravo com ele. Acho inclusive que foram as melhores partes do episódio. Todo esse comportamento dele me lembrou muito de como ele costumava agir nas primeiras temporadas da série, quando ele ainda não tinha enfrentado todos os problemas das temporadas mais recentes. Embora goste que o personagem esteja mudando, fico contente em voltar a ver esse lado dele.

Infelizmente toda essa confusão acabou custando o emprego do Hank. Achei o máximo quando o Hank viu o Tyler e percebeu que ele estava lá para substituí-lo. Apesar de furioso com a situação, o que mais mexeu com ele foi a traição do Charlie. Não me espanta ele ter ido embora de lá furioso. Não acredito que essa briga vá durar muito tempo. Hank e Charlie são praticamente inseparáveis. Acredito que ele tenha agido assim só por causa do momento e que depois de um tempo irá passar.

No final das contas algo bom surgiu de toda essa confusão, Hank conseguiu a simpatia de Becca e Karen. Com o final da temporada acredito que esse possa ser o gancho para eles se reconciliarem como família. Se o Hank conseguir realmente sua família de volta, acho que tudo isso que aconteceu terá sido um bom negócio para ele. Acredito que se Hank tivesse a oportunidade de sacrificar seu trabalho para ficar com sua família, faria isso num piscar de olhos sem hesitar.

Mais uma vez Samurai Apocalypse relembra das consequências caso pegasse a Kali com outro homem, dessa vez mais especificadamente com Hank. Cada vez mais acredito que o Samurai Apocalypse vai acabar descobrindo do caso do Hank com a Kali e que isso vai representar um ponto importante na temporada. Provavelmente um cliffhanger que deixaria todos os fãs da série loucos de expectativa para a próxima temporada.

Destaques memoráveis do episódio:

- Charlie conversando com a Lizzie na banheira.

- Hank conversando com a atriz e ela indo no banheiro na sua frente.

- Hank sendo pego em flagrante enquanto “estava” com a atriz.

- Charlie se sujeitando a humilhação no bar graças ao Tyler.

E você, o que achou desse episódio? Não deixe de comentar.

@dncavalcanti

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe