Californication 5×10: Perverts & Whores

quinta-feira, março 22, 2012


Quando as coisas dão para dar errado, não tem jeito mesmo...

Californication nos apresenta essa semana mais um episódio muito legal e divertido. Com a aproximação do final da temporada começo a sentir uma saudade antecipada, já percebendo que muito em breve ficaremos sem as bizarrices que somente Californication consegue nos oferecer.

Em minha opinião esse foi o episódio do Charlie, para o azar dele, lógico. Nunca vi tanta coisa errada acontecer com uma pessoa só, e olha que estou falando do Charlie, de longe o personagem mais bizarro da série. Mesmo ele tendo pisado na bola feio com o Hank, não pude evitar ficar do lado dele torcendo para ele superar tudo de errado que estava acontecendo com ele no episódio.

Achei muito legal o Charlie se mostrar muito arrependido e tentar se conciliar com Hank. Não vejo como sinal de maldade ele ter traído Hank para representar Tyler, vejo mais como um sinal de fraqueza dele, aproveitado oportunamente por Tyler para conseguir o que queria. Entendo que o fato seja: Tyler enrolou Charlie porque viu que tinha oportunidade de conseguir o que queria. Ninguém se deu tão mal nessa história quanto o Charlie. A cena dele tentando se redimir com Hank na piscina foi simplesmente fantástica.

Depois de ter perdido o único amigo e cliente que importava para ele Charlie ainda descobre através de Stu que Lizzie, conseguiu um papel no Santa Monica Cop graças a oferecer sexo oral para Stu. Acredito que todos já sabíamos que Lizzie faria alguma coisa do gênero para conseguir o que queria. Charlie era o único que não conseguia perceber isso, novamente para o azar dele, lógico. Acredito que Stu, apesar de sacana, teve boa intenção em querer alertá-lo sobre ela. Acredito que ele tenha definido bem ao falar que ela estava tentando subir na vida com estilo. Achei engraçadíssimo como Stu lidava com toda essa situação.

Não acreditei quando a Lizzie confessou para o Charlie que realmente havia feito aquilo. Ele chorando deu até dó, coitado. Particularmente não engoli aquela história que ela contou para ele de que gostava muito dele. Ainda acredito que ela esteja com ele por interesse e que ao menor sinal de necessidade faria o que quisesse para conseguir o que quer. 

Por um momento cheguei a acreditar que Charlie fosse realmente contar para a Marcy o que Stu havia feito. No final das contas podemos perceber que Charlie no fundo é uma pessoa boa, mesmo com todas as suas bizarrices, pois sem ter nada a ganhar preservou sua ex-esposa de toda aquela situação desagradável e constrangedora. Espero realmente que Charlie saia de toda essa maré de azar, e que maré de azar.

Pudemos ver que Hank ficou realmente muito furioso com Stu e principalmente com Charlie. Fiquei surpreso por ele ter realmente abandonado Charlie e ido se encontrar em uma reunião de negócios com Larry (interpretado por Daniel Benzali), um novo agente. Foi simplesmente constrangedor quando Stu e Charlie aparecerem. Achei super divertida a visão do Stu daquela situação com o Hank, querendo separar amizade de negócios.

Podemos ver que Larry não era nenhum um picareta, pelo contrário, parecia ser bem serio e profissional. Ele foi muito esperto ao levar o Hank para conhecer Lars (interpretado por Clement von Franckenstein), um cliente com uma aparente proposta de trabalho. Não entendi muito bem se foi proposital ou acidental ele ter levado Hank justamente para o cineasta preferido dele. Achei simplesmente hilária a idéia de Lars para o novo filme, sem sombra de dúvidas um prato cheio para Hank.

Fiquei muito contente e surpreso pela Trixie ter aparecido nesse episódio. Além de gostar bastante da personagem, gosto bastante também da relação dela com Hank. Acho que de certa forma eles simplesmente se encaixam, mesmo estando em realidades completamente diferentes. Alem de achar bem divertido, achei que fez muito sentido o que ela falou sobre quando ele não estiver sofrendo e ela não estiver trabalhando que coisas vão acontecer. Essa parece ser uma condição constante dos dois.

Para variar Hank não poderia evitar uma boa confusão. Não fiquei surpreso em ele querer defender a prostituta das bizarrices sexuais de Lars. Achei divertido e bem imprudente ele querer com o seu senso de dever e justiça querer se meter em um assunto que não era dele. Se a prostituta aparentemente estava de acordo com toda aquela situação, acho que ele não deveria ter se metido no meio. Como resultado ele acabou fazendo Larry perder Lars como cliente e ainda foi rejeitado pela agência. Pelo visto Hank não vai ter muita alternativa a não ser voltar para Charlie.

Para mim é nítido que a relação de Hank e Karen deu uma boa melhorada. Ela nitidamente se sente atraída por ele, porem, segundo ela, os novos laços matrimoniais a impedem de ficar com Hank. É muito legal ver ele junto com Karen e Becca como uma família completa. Apesar de não estar muito esperançoso, seria muito legal se Karen abandonasse o Bates e voltasse para o Hank.

Tenho que confessar que fiquei surpreso ao descobrir que Tyler estava se engraçando com a Kali. Tinha fortes convicções que o Samurai Apocalypse fosse acabar descobrindo do caso de Hank com ela, porem, depois de ficar sabendo do Tyler, percebo que estava de certa forma errado. Com a aproximação do final da temporada e essa nova revelação, começo a acreditar fortemente que o Tyler vai acabar fazendo besteira em se relacionar com a Kali (ou mostrar interesse), o Samurai Apocalypse vai acabar descobrindo e dando uma boa lição nele. Foi bem legal o Hank ter colocado seus problemas pessoais de lado e ter tentando dar um toque nele. Ele ficou inclusive muito preocupado com isso. Particularmente duvido que tenha adiantado alguma coisa.

Destaques memoráveis do episódio:

- Charlie tentando se redimir com Hank na frente da piscina logo no começo do episódio.

- Stu contando para o Charlie o que Lizzie havia feito em troca do papel no filme.

- Charlie chorando em casa na frente da Lizzie logo depois de ter descoberto o que ela havia feito em troca do papel no filme.

- Hank tentando defender a prostituta das bizarrices sexuais de Lars na casa dele.

E você, o que achou desse episódio? Não deixe de comentar.

@dncavalcanti

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe