Private Practice 5x16: Andomeda (e mais)

segunda-feira, março 05, 2012


Até uma viciada em recuperação consegue ficar grávida e Addison não. O que está acontecendo?

Private Practice 5x13: The Time Has Come

Finalmente para os fãs de JADDISON, tivemos algum desenvolvimento entre os dois, mesmo que tenha acontecido por causa de uma Addison bem alterada. Ela precisa urgentemente ficar com ele, já que com Sam, não dá pra aguentar mais. O mesmo pode ser dito para Pete. Queria gostar, mas não dá, minha gente. Ele, infelizmente, é o meu personagem que mais odeio... Muito mesquinho, cretino e malvado, não deixando Violet se aproveitar do novo boy toy... Ele tipo, ODEIA ela, e fica dando crise de ciúmes à toa. Demorou, mas finalmente o tumor de Erica se mostrou útil, já que fez ela entender que precisa lutar para viver. Como sempre, Cooper esteve super emotivo no episódio, algo comum nessa temporada, mas com boa razão. O paciente da semana, o soldado que foi estuprado pelo comandante, foi bem diferente. Tirando a primeira reação da esposa, super nonsense, foi uma boa mudança nos casos em geral de Private Practice.

5x14: Too Much

Quando eu achava que iria dar Jaddison, vem a irmã drogada e louca do Sam para trazer AddiSam juntos novamente. Não quero isso. Não aguento, na verdade. Os dois não podem ficar juntos, pois, ela quer ter um filho, mas ele NÃO quer ser o pai. Só esse fato, juntando com todos os problemas que eles tem de confiança, já deixaria o relacionamento nulo. Não entendo o que Erica está esperando. Ela sabe que tá quase morrendo, finalmente quer se tratar, mas não quer contar pro filho sobre o que está acontecendo? Nesse episódio Mason só foi dar uma passeada na Hollywood Blv, mas e da próxima vez? Ainda não entendo o que Pete está fazendo na série até agora, mas um dia, eu juro que vou tentar. O caso da semana foi bem tocante, com a mãe viciada querendo ser uma mãe de verdade para o segundo filho. Como sempre, Addison salvou o dia. Convenhamos que não dá para não amar Charlotte... aquela mulher é muito foda. Passou um tempão cozinhando para Mason, teve que procurar ele altas horas da noite, mas quando finalmente o encontrou, lidou com a situação perfeitamente. Muito linda.

5x15: You Break My Heart

Primeiramente, finalmente a história da Wendy Scott-Carr, OPS, de Corinne, irmã do Sam ficou interessante. Antes, não estava achando graça, mas acho que era só porque Addison estava no meio. Fiquei completamente apaixonado por essa mulher... Em The Good Wife, ela é boa, mas aqui, ela foi excelente e espero vê-la por mais episódios. Obviamente, esse episódio foi a segunda parte do crossover de Private Practice com Grey's Anatomy (Você pode ler a minha review do episóio 15 de Grey's Anatomy aqui).

Um dos problemas que eu tive na primeira hora, em Grey's, foi a presença somente de Amelia, sendo que ela não é bem uma das pessoas mais conhecidas de PP para fazer ponta em Grey's. Addison devia ter ido junto. Outra coisa é que, infelizmente, todo o plot de Erica foi-se embora muito rápido e foi bem desapontante. Achava que ela iria morrer,e a partir do momento que deixam Charlotte brilhar, mostrando que a loira consegue ser uma ótima mãe e ainda mais depois daquele discurso em que ela prometeu ser uma mãe para Mason, eu esperava pelo menos mais emoção na hora da cirurgia ou pelo menos, alguma complicação depois. Seria bem mais interessante se Erica morresse, infelizmente.

De resto, até Pete não me irritou nesse episódio, mas deve ter sido porque eu estava distraido com a lindeza do Scott, o boy toy de Violet. Só não achei válido ele aceitar tão fácil ficar do mesmo jeito, sendo que claramente queria algo mais. Ele devia ter sido HOMEM e falado para Violet exatamente o que sentia. Falando nisso, depois de 15 episódios, Jake finalmente mostrou que serve para alguma coisa e finalmente o romance entre Addison e ele começará. Só não espero que Sam se mete no meio. Se isso acontecer, pode ter certeza que será o último episódio de Private Practice que verei por um bom tempo.

4x16: Andromeda

Tadinha da Addison. Como falei no começo da review, até Amelia fica grávida e ela não (A atriz está grávida na vida real e introduziram o plot na série também), o que torna muito difícil aceitar tudo o que está acontecendo. A sorte é que ela está indo devagar quase parando em rumo à um relacionamento com Jake... Finalmente. Perceba que demoraram para desenvolver os dois juntos, então eu espero que valha a pena.

Sheldon, tadinho, ainda ama tanto Amelia que disse que vai estar do lado dela, independente do que ela escolher... Obviamente, ela vai continuar com a gravidez, principalmente por amar tanto Ryan. A irmã de Sam, como sempre, outra performance memorável de Wendy Scott-Carr e estou amando muito a personagem. Parece uma Claire Danes de Homeland chocolate, que acha que descobriu outra galáxia, da mesma forma que Claire Danes descobriu um espaço de tempo entre os atentados de Abu Nazir.

Nunca fiquei tão irritado com Cooper... Como assim ele valorizou Char, depois de tudo que ela fez para ele e para um menino que nem é dela?? Eu estava com minhas duvidas em relação ao desenvolvimento dessa nova fase, com Erica viva e sem tumor... Ainda tenho minhas dúvidas e até agora, nada do que vi gostei.

Violet NÃO entende o que é uma separação. O marido não gosta muito dela e ela realmente está querendo tentar novamente? Assim fica mais difícil de aceitar todo esse drama entre os dois. Uma hora (e quase sempre), Pete se torna extremamente irritante e quando não é ele, Violet mostra que devia ser a paciente e não a terapeuta. Fico irritado com esse ioiô dos dois e queria logo que essa história tivesse uma conclusão que faça sentido.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. ctz a atuação da atriz wendy scott-car está muito top, meu....arrepia ...

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe