Once Upon a Time 1x20: The Stranger

segunda-feira, abril 30, 2012


Emma, Y U NO ACREDITA?

Gente, minha raiva já está crescendo contra Emma, ainda me lembro de que logo na review do piloto disse que a atriz não era minha favorita e não era nada simpática, é claro que esta opinião mudou durante a série, inclusive já gosto da atriz e minha implicância já foi dirigida aos roteiristas de House que, nos episódios que vi (foram muitos), nunca gostei da personagem de Jeniffer Morrison. Inclusive pelo carisma e carinho que já adquirimos pela personagem, ela pode ser chata, vaka e irritante como nesse episódio, claro que o roteiro também ajuda e muito.

Fato é que fiquei com bastante raiva de Emma não acreditar em tudo, mas compreendo a personagem, e isso faz toda a diferença. Se não fosse possível entender Emma ela seria mais uma protagonista chata e irritante como várias que temos por ai, porém o roteiro da série permite que compreendamos o porquê de Emma não querer acreditar, ela não pode, afinal quem gostaria de ter toda essa responsabilidade? Sonhar com isso é uma coisa, mas quando realmente se tem uma grande responsabilidade a coisa que mais queremos é poder nos livrar dela.

Simplesmente adorei August tentando faze-la acreditar e quando ele lhe mostra sua perna, porém ela não vê o que deveria. Adorei mesmo toda a trama dos dois durante o episódio, a viagem, as revelações, me deixaram tão satisfeito e contente, porque são poucas as séries que realmente fazem você se importar assim com seu rumo e seus personagens. A trama em Far Far Away também não decepcionou, a trama de Pinocchio e Gepeto foi incrível e emocionante.

Pinocchio na verdade não é um conto que eu realmente gosto, acho ele chatinho e irritante, tanto os filmes quanto a história e gostei muito de não terem se aprofundado na história em si, já que todos a conhecem e não acho que a série teria feito algo muito diferente ali, mas a decisão de focar a trama de Pinocchio e Gepeto ser bem ali, pouco antes da maldição de Evil Queen afligir Far Far Away. Gepeto fazendo de tudo para salvar Pinocchio foi algo bonito e tocante de se ver. Também foi chocante ver que Pinocchio veio junto de Emma para o nosso mundo, ali no guarda roupa... Assim como ver August com Gepeto ao final do episódio, admito que meus olhinhos lacrimejaram com a ceninha deles juntos, com August se oferecendo para ajudar na oficina...

Mas a ação rolou mesmo em Storybrooke, já que tudo foi revelado! Todo o ódio de Evil Queen não era por Noah Bean (who?) não, mas sim por CHARMING, já que para mim ficou claro que ela sempre desejou o moço secretamente (quem não?) e toda a maldição, mortes, ódio, tudo foi feito para o simples proposito de ela ficar com as pernas mais abertas que succubus quando perto do principezinho! Claro que acho que deve ter fã-clubes shippando Charenn (Charming + Queen), ou Revid (Regina + David), mas comigo admito que senti nojinho de Regininha megaevil se tacando para cima do moço...

Inclusive estou doidinho para saber se Mary vai ~perdoar~ Regininha quando souber do acontecido, mas falo mesmo que amei a cena onde Snow sai por cima da carne seca e diz umas boas verdades na cara de Evil Queen, que estava achando que ela ia continuar de cabecinha baixa. Go! Go! Snow!

Mas realmente não pensava que Emma seria capaz de fugir com Henry, totalmente inesperado, porém não acho que seja possível e algo irá acontecer e fará com que eles não possam sair. Enquanto isso, falta apenas mais dois episódios para acabar a temporada, quem já está sofrendo a espera da nova temporada coloca o dedo aaaaqui!

Talvez Você Curta

9 comentários

  1. OUAT está muito boa!! Não consigo piscar direito durante esses 40 min que passam muito rápido!

    Vou sentir muita falta, ainda mais com todos os spoilers que tão saindo, que essa season finale vai ser ÉPICA.

    Achei bem estranho a Regina com o David. Não parecia que ela gosta dele não, eu acho. Só quer fazer todo o possível para se vingar da Snow e de quebra do Charming, já que tem um ódio absurdo de qualquer felicidade que ela possa ter.

    Já não era sem tempo essa Mary Margaret deixar de ser muito passiva e botar seu lado mais "Snow" pra fora. Porque ninguém aguenta! Eu realmente não entendo como ela pode ser tão diferente nesses 2 mundos.

    Agora eu já vi a promo da próxima semana e também tá na cara que não dá pra sair de Storybooke, mas será que a Emma não consegue ser mais tapada com relação a essa maldição? Que ela não vai ter escolha? Que por mais difícil que seja tem que ajudar os outros?

    Aquela cena do Gepeto e do Pinoquio/August foi de cortar o coração, mas achei ainda mais a cena dele deixando a Emma bebê sozinha com aquele cara lá...

    Que chegue logo o domingo e que venha uma ep melhor q esse ainda!! Ótima review ;)

    ResponderExcluir
  2. regininha succubus?kkkkkkkkkk........quem sabe ela não dá uma passadinha em lost girl e faz a festa? o que não vai faltar para ela se divertir é seres mágicos......

    ResponderExcluir
  3. Esse episódio explicou muita coisa sobre a "cegueira" da Emma. Podemos supor que, por ela não ser capaz de "enxergar" a perna de madeira do August, ela não é capaz de ver todas as coisas óbvias que vimos até agora.
    E convenhamos que é difícil mesmo, nada é verossímil...

    August com o pai na oficina foi fofo mesmo... torci pra rolar um abraço ali

    E Regipiriguete se jogando pro Charmming foi vergonhoso mesmo. Tentando pegar o moço pelo estomago e depois sensualizando pra cima dele. Como diriam as avós do Brasil, boas moças de família não fazem isso e não são pra casar. Bem feito pra Megaevil...

    Agora estava pensando em uma coisa: No episódio passado vimos que o Rumpels bolou o samba todo da maldição só pra encontrar o filho, que veio para este mundo-sem-graça.
    1) Como ele "aceitou/bolou/se submeteu" (tanto faz) a não poder sair da cidade (condição da maldição), se o proposito da coisa era achar o filho? Ou ele achou que o Bae ia se limitar a Storybrooke?
    2) Mas pq ele estaria interessado em ajudar a Emma em destruir a Regininha Megaevil se ele ainda não achou o filho, e com isso, na teoria, seu tempo para achar o filho se esgotaria?

    Será que tudo isso já foi explicado e minha burrice não me permitiu entender?

    ResponderExcluir
  4. Zanza é, essas duas questões ainda estão em pauta e a 2ª eu pensei o mesmo qunado vi o episódio passado... Mas penso que talvez o Rumpels tenha sim gente "o caçando" fora de Storybrooke... Mas não tem como saber até mostrarem né? :S É muito dificil fazer teorias válidas sobre OUaT desse jeito, porque tu acha que é uma coisa e no final é tudo diferente!

    ResponderExcluir
  5. Tem razão Leo.... e tenho cá pra mim que isso vai pra 2ª temporada ainda

    ResponderExcluir
  6. OUAT só me dá alegrias, como é possível uma série naum conter um episódio ruin até agora????

    ResponderExcluir
  7. Fiquei com o maior ódio do Gepeto e do Pinoquio nesse episódio. Estragaram a vida da pobrezinha da Emma.

    ResponderExcluir
  8. Eu fico pasma a cada episódio, é uma revelação atrás da outra, é um roteiro magnifico, atores lindos e talentosos, é sutileza misturada com grandeza.
    A muito tempo, ou desde sempre, eu venho me decepcionando com as séries, principalmente pq a maioria delas não dá valor aos casais, ou esquecem de seguir fielmente a logica dos acontecimentos, mas OUAT é simplesmente meu sonho de consumo.
    Amei todos os episódios, a logica por trás de cada conto e como mostram o o papel de cada personagem depois da maldição.
    Não sei de vocês mas estou completamente apaixonada por essa série e não vejo a hora de assistir os últimos episódios, que pelo que estou acompanhando pelos blogs da vida, vai ser tão surpreendente quanto vem vendo até agora.

    ResponderExcluir
  9. Bom, enquanto era só uma criança falando pra ela, normal ela duvidar. Dai vem o Chapeleiro, e o cara é doido, ok. Mas tem mais um adulto falando com ela, com isso são 3 pessoas, desconhecidas entre si, que dizem a mesma coisa. A semente da duvida tem que ta mais forte ali.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe