Hawaii Five-O 2x23: Ua Hala (Season Finale)

quinta-feira, maio 24, 2012

De tirar o fôlego.

Hawaii Five-O não conseguiu decepcionar, pela segunda vez, em sua Season Finale. Mesmo que todos os momentos OMFG aconteceram longe de McGarrett, ainda tivemos muitas pontas soltas para a próxima temporada.

Antes de entrar nesse episódio, devo comentar sobre o crossover que aconteceu entre Hawaii e NCIS: Los Angeles. Acho que falo por todos quando digo que o episódio foi bem bom. Fico aqui imaginando, porém, como seria se McGarrett estivesse lá. Ele provavelmente se daria muito bem com Hanna e Callen, até. Só fiquei assustado por terem colocado Comecu, um personagem tão importante em NCIS: Los Angeles e principalmente, na vida de Callen. O carinha estava atrás de sua própria vingança e conseguiu.

A segunda parte, obviamente iria ver de qualquer jeito, já que acompanho a versão de Los Angeles, não me agradou tanto. Gosto do formato de NCIS: LA, mesmo quando usam só o humor para lidar com as situações, mas infelizmente Hawaii Five-O é um pouco melhor. Deu pra perceber isso facilmente antes de acabar o tempo do episódio.

Da mesma forma, Danno e Chin não foram usados de maneira adequada no segundo episódio, o que me frustou completamente. Porém, conseguiram fechar bem a história do vírus mortal. Poxa, a mulher só estava tentando salvar a Terra.

O episódio seguinte, o 22, foi delicioso. Acho que todo mundo já sabe o motivo: McGarrett de volta e ainda com Wo Fat. Claro que tudo aconteceu muito rápido, aliás, nem sabemos direito o que aconteceu no Japão, mas achei sacanagem dos roteiristas terem tirado Wo Fat da jogada antes da Season Finale.

Steve estava de volta e estava QUEBRANDO tudo. Literalmente não tinha NADA que ele não conseguia fazer. Toda a sequência na floresta de Lost foi bem filmada, principalmente a luta entre McGarrett e Wo Fat.

Então, chegamos ao último episódio. Que coisa linda de se ver. Toda hora, sentindo minha gastrite fodendo com meu corpo, mas quem se importa, né? Teve muito mais momentos tensos do que a primeira temporada, se bem que a da primeira temporada tinha mais a ver com o arco principal.

Logo no começo do episódio vemos que Fryer foi assassinado brutalmente. Estava na cara, depois de terem mostrado Delano, que ele estava no meio de toda a situação. Agora, porque diabos Chin ia ceder tão fácil à tirar Delano da cadeia, sem ao menos comunicar com os outros, é além da minha compreensão. O momento em que ele tinha que ‘escolher’ foi tenso, mas obviamente, seria Malica, até porque, Kono é tipo uma princesa do mar e mesmo amarrada, tenho certeza que ela vai sair dessa viva.

Daí que chego na parte mais broxante do episódio: Shelbourne realmente é a mãe de Steve, como já havia dito. Gente, por favor né. Além de terem jogado Wo Fat na cadeia antes do tempo, ainda revelam praticamente nada na Season Finale.

Entendam, eu gostei da Season Finale. Só acho que deviam, então, ter dado mais material para Steve e Joe. Já estava na cara que era a mama McGarrett, então deviam ter desenvolvido mais esse plot antes de acabar a temporada.

Próxima temporada muita coisa vai mudar, mas podemos ter certeza que o relacionamento lindo entre Steve e Danno nunca mudará. As DR dos dois dentro do carro sempre são as melhores e o melhor mesmo é ver os dois se comunicarem apenas por olhares. Só coisa linda.



Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe