Boardwalk Empire 3x06: Ging Gang Goolie

sexta-feira, outubro 26, 2012


O inimigo de meu inimigo é meu fantoche do momento.

Ou pelo menos assim é que acredito que a mente de Nucky funcione.

Mas, antes de falar propriamente do episódio, quero fazer uma pequena reflexão sobre Boardwalk Empire até o momento, que contava com uma history line bem madura e firme, mas que, por algum capricho, foi mudada drasticamente para um plot que parecia morto e agora, de repente, parece ser o rumo que esta segunda parte da temporada deve ser devotada, ou pelo menos até que Gyp Rosetti resolva voltar e acertar as contas com Nucky.

“Ging Gang Goolie” teve bons momentos e até gostei do episódio em si, mas achei que não era o momento de um episódio tão parado e com plots tão antigos.

Praticamente tivemos três frentes para o episódio, na principal delas Nucky parte a Washington para “molhar” a mão do companheiro do procurador geral, mas encontra apenas seu “amigo” de longa data Remus e a criatura continua a mesma, ou seja, estranho como ele só e falando na terceira pessoa.

Se havia qualquer dúvida que o procurador-geral estava pronto para entregar Nucky e deixar Remus voando solo, definitivamente, não há mais, pois nada diz mais “você está em minhas mãos” do que o jogar na cadeia por uma noite e sair pagando multa de cinco dólares, o maior problema para Nucky foi conseguir troco para cem.

Tenho que dizer que nessa hora soltei um filho da... E rindo muito, diga-se de passagem.

E como sabemos - e muito bem - Nucky pode até morar em uma cidade que as coisas não importam, mas que ele não vai deixar que o coloquem para trás, isso eu sei que não.

Já Margareth teve que lidar, de novo, como seu filho piromaníaco que desta vez resolveu colocar fogo na estufa e ainda teve a cara de pau de colocar o culpa em um fantasioso cigano e sua “sacola”, além piromaníaco, é um mentiroso patológico haja ajuda psicológica nesse garoto.

Sem contar que aquela “surra” que ele levou foi simplesmente ridícula, mas pelo menos assim Margareth ficou entretida suficientemente para não ouvirmos falar de “free clinic for woman”.

Agora com certeza temos mais para colocar na lista de maníacos de Boardwalk Empire que já contava com Rosetti e Al Capone, Teddy foi promovido minha gente.

E se o episódio não pudesse ficar mais tedioso ainda fomos presenteados com várias cenas de Richard e seus pensamentos silenciosos, mas agora pelo menos sabemos que ele quer mais é dar uns pegas na jovem Julia.

Ah! E como falar de pessoas com problemas sem citar a mais problemática de Atlantic City, claro é ela, Gillian que parecia finalmente ter superado a morte de James, mas não demorou muito para mostrar a quão danificada essa pessoa é.

Se não bastasse ela cantar um rapaz com a mesma fisionomia de Jimmy, ainda fez questão de o chamar de James, é muito problema para uma pessoa só.

Pelo menos podemos combinar que demorou muito para o caso de Owen e Margareth desenrolar, acho que o que realmente a fez desencantar foi descobrir no episódio anterior a traição de Nucky, quem sabe até foi ela que planejou aquele incêndio e colocou a culpa em Teddy.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe