The Mob Doctor 1x04: Change of Heart

quinta-feira, outubro 11, 2012


Será que agora vai?

The Mob Doctor começou a esquentar essa semana. Não digo isso levando em conta a audiência, porque essa só vem caindo. Se não fosse pela questão do cancelamento, eu nem me preocuparia com a audiência, porque, vamos combinar, essa medição é a mesma que  garante a TBBT um dos primeiros lugares. É uma pena ver que o cancelamento já é quase palpável, mas enfim. Vamos focar no presente.

A melhor parte de Change of Heart é a ressureição de Moretti. O cara precisa de um jeito pra voltar a Chicago sem que seja pego pela polícia e Severino ainda está a salvo, pronto pra testemunhar. O que Moretti faz então? O que todo bandido digno deveria fazer: cam X cam. E assim ele provoca o suicídio de Severino, ameaçando matar a filha dele, caso ele não se matasse. Uma nova maneira de se usar o Skype, não?

O desafio de Dra. Devlin essa semana é um parto, mas não um parto qualquer. Ela precisa botar pra fora o filho de uma prostituta com um vereador. Constantine, como sempre muito esperto, vê aí uma bela oportunidade pra conseguir o voto do vereador a favor das maquininhas e tal, ameaçando o sujeito. Esse foi o caso mais legal até agora, encerrado de forma bacana, com Grace indo contra Constantine ao ajudar a mulher a fugir com o bebê e mesmo assim o chefão não se importou, reembolsando Grace pela passagem de avião. A parte que ele precisava, que era a ameaça, já estava feita.

Além disso, mergulhamos no passado de Grace não só através dos flashbacks e não só nós, como também Brett, dessa vez. Eu rio sempre que Grace tenta dar uma de fodona. Dessa vez ela tá jogando sinuca, falando sobre a época em que ia encher a cara no boteco e ainda insinuando que a mão de Brett na bunda dela não é distração suficiente (safadinha!). Nessa brincadeira, ela ainda reencontra amigos do colegial e até precisa costurar a cabeça de um deles, como sempre muito delicada (SQN). By the way, ri muito dessa sequência.

Quando eu falo que Brett mergulhou no passado de Grace assim como nós, me refiro ao flagra dele em Grace e Franco juntos. Agora, pelo visto, vai começar a ladainha dos ciúmes, desconfiança e essas coisas que a gente adora. Franco está retornando a vida de Grace e eu já estou em dúvida em qual dos casais devo shippar. Franco, apesar de tudo, parece gostar de Grace e até a aconselha a ir embora de Chicago, mas ela é burra o suficiente pra permanecer ali, nas mãos de Tino (apelido dado a Constantine por um de seus comparsas, o que vai ser de grande ajuda pra mim).

Os laços de Grace com os outros além de Franco também estão sendo trabalhados, sejam eles de amizade ou rivalidade. O duelo Grace X Olivia ganha força quando Olivia faz merda na cirurgia e faz com que a atenção de Dra. Bailey, ops, quer dizer, Baylor, se volte para Grace. Pra essa relação, desejo muitos tapas e puxões de cabelo na sala de cirurgia.

Outro laço fortalecido é Ro, que se mostra uma grande amiga indo ajudar Grace no parto quando seu turno já havia acabado. Grace não se contenta em levar Brett pro mau caminho e agora tá levando Ro também? É o que parece, mas vamos torcer pra que esses dois fiquem espertos logo. Ia ser legal se Grace tivesse uma Mob Nurse só pra ela, mas eu também ia gostar se Ro se tornasse um problema.

Mais uma semana de The Mob Doctor, e, apesar das críticas, eu não quero parar de ver, não. Acho que só precisa de algum espaço pra melhorar e isso parece que está sendo adquirido, aos poucos. O twist de Moretti levantou minha estima para com a série e prevejo boas histórias vindo disso. A série entra em hiato e só volta dia 5 de novembro. Não sei se vou chegar a realmente sentir falta, mas que venha o 1x06. Até lá, pessoal!

P.S.: Episódio bom seria pela ausência de Nate? Aposto que sim.

P.S.: No flashback, vimos como Tino entrou na vida de Grace.

P.S.: Grace arriscando ao levar Ro para seu trabalhinho secreto. Será que ela quer uma ajudante?

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe