Beauty and the Beast 1x04: Basic Instinct

sábado, novembro 03, 2012



Com o pé na cova, mas tem seu charme!


O ritmo de Beauty and the Beast tem sido, desde o começo, constante, agitado. E tudo isso sem sermos forçados a ter que aguentar ideias, suposições ou melações shippadas jogadas na tela. Como eu disse, é constante e consistente do começo ao fim, seguindo uma linha tênue entre o caso semanal e a história de Vincent. Que essa semana jogou um grande #BOOM na nossa cara.

Ficou claro após o episódio passado que eles iriam atrás de Vincent, e, para chegar até ele, usariam Cat. O sequestro foi mal bolado, e pouco convincente. Faltaram argumentos mais sólidos para vermos Cat quebrando seu coração para pelo menos cogitar ao entregar Vincent, a única conclusão que tivemos é que a mãe dela tem algo com a Muirifield.

Outro ponto interessante do episódio, foi poder ver como Tess quase assumiu conta da investigação, pois Cat estava muito ocupada flertando/tentando salvar com a Fera. Por mais que ela tenta, poucas vezes ela saiu da sombra de Catherine, e foi ótimo poder vê-la criando teorias e hipóteses junto com Evan. (Shippers, ataquem)

Mas já que mencionamos shippers, vamos às explosões, aos #BOOMS do episódio, que seguiu um ritmo frenético após a metade. Não canso de citar a química de Cat e Vincent, que essa semana superou qualquer coisa. Em TODAS as cenas de ambos, eu esperava um beijo, que não veio... Ainda. Era algo quase automático, imaginar uma despedida e um casal.

Vincent se entregar foi a coisa mais idiota que ele poderia ter feito. Nesse ponto, concordo com JT que ele deveria se esconder, talvez ficar em Off por um tempo, esperando a poeira baixar. Mas ele decide se entregar, após perceber que Cat começou a sentir medo do que ele pode se tornar. E foi no que ele se tornou, que me deixou com medo.

A cena em que ele se entrega superou as expectativas da promo, onde ele pula pra cima dos federais, fazendo de tudo para conseguir se salvar, mas antes disso, salvar Cat, que não deveria ter se metido ali. Foi a primeira cena em que vimos a realidade do que seria a Fera, e ver o que ela pode causar.

Beauty and the Beast tem acertado no alvo nas cenas de luta, uma melhores que as outras, dando um show de atuação de Kristin (Que, pelo amor de Deus, esqueçam que um dia ela foi Lana). A atriz se mostrou confiante no papel que recebeu, e esta sambando na cara alheia que dizia que não iria se der bem em um papel assim.

O caso semanal, foi bem estruturado. Claro, após termos tanto destaque para a história de Vincent, imaginei que ele iria ficar um pouco de lado. Mas conseguimos ver que ele esta conseguindo se tornar mais humano na medida do tempo. Salvando o garoto, ajudando na investigação, do modo que ele consegue. Não vai demorar muito, ele vai entrar naquele escritório.

Foi, graças a ele, que tivemos a informação do relógio, que criou tantas expectativas na minha cabeça. Mas no final, tudo se resumiu a Sogra do garoto morto, que queria fazer a filha casar-se a força com um ricaço, para tirá-la das dividas. Talvez não seja original, mas para um plot twist, foi bem organizado.

Os finais dos episódios, continuam sendo aquela coisa de fazer qualquer coração amargo, adoçar. A relação de Vincent e Cat está cada dia mais próxima de se tornar uma relação de verdade, e eu nunca achei que ia ficar tão feliz por ter um casal feliz numa série onde o drama se encontra presente.

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. Adorei sua resenha! E adorei o episodio também.
    Ansiosa pelo próximo episódio!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o episódio e eu tbm esperei por um beijo....pensei que nesse episódio ia sair....ansiosa pelo próximo episódio....

    ResponderExcluir
  3. esqueça que um dia ela foi a lana.....kkkkkkk......sério, tava dificil, mas concordo com você, ela tá bem no papel, muito se deve a quimica entre ela e a fera..mas beijo que é bom, nada......

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe