Fotossíntese - Glee 4x06: Glease

segunda-feira, novembro 19, 2012


Tô ligado em você e agora é pra valer!

Promessa é dúvida, no caso de fotossíntese 2 vezes seguidas, mas com um episódio tão caprichadinho e pedidos tão comoventes dos leitores, não consegui escapar dessa árdua, porém recompensadora tarefa!










Vamos combinar que o caos no New Directions é perfeitamente justificado. Não se coloca as expectativas de um anúncio lá no alto prometendo a morte de Adele, pra no fim das contas revelar que Finn vai tomar o seu lugar, profª Schue. Quem fez a pergunta foi Brittany, mas é em Tina que dá pra sentir a decepção pela sobrevivência da cantora mais psicodepressiva da atualidade, já que só matando todo o elenco de Glee e grande parte do cenário musical americano (quiçá mundial) para a japinha ter algum destaque.

Decidi que, pelo bem da minha sanidade, vou ignorar completamente a bipolaridade de Sue em sua jornada pessoal contra Finn e sua inédita, jamais tratada antes na série, trama de destruir o Glee Club por motivos completamente descabidos. Adoro as trollagens gratuitas da treinadora quando ela parece um ser humano semi-coerente, mas quando começa a empurrar alunos pelos corredores aos berros, minha paciência se esgota.

Então, vocês já sabem que ela vai aprontar altas confusões pra cancelar o musical, tirar Unique do papel e reservar o auditório por duas semanas para atrapalhar os ensaios, mesmo que isso vá contra o que foi estabelecido na série, quando April Rhodes comprou o auditório e impediu que as Cheerios ensaiassem lá, garantindo o espaço para o New Directions.


Pra quem estava se rasgando de dentro pra fora pela ausência de Rachel e do núcleo de New York, eis que estão todos de volta, com Lady Cassandra sendo aquela vadia que amamos odiar.




É claro que a petulância de Rachel abre todas as portas do inferno, mas voltamos ao assunto mais tarde, porque chegou a hora de explorar um tema pesado (#tudunpá) em Glee.




Não é do meu feitio elogiar Kitty duas semanas seguidas, mas preciso confessar que ri muito do bullying feito com Marley, encurtando as roupas da peça quando ninguém estava olhando, fazendo trilhões de piadas asquerosas sobre genética das gordinhas e aconselhando a menina da pior forma possível. Muita gente se incomodou com o excesso de inocência de Marley e do sangue de barata em não revidar às ofensas de Kitty, além da falta de tato da própria mãe da garota, que no lugar de jogar a real que a filha está se preocupando à toa, sugere que as duas entrem numa dieta juntas. Sinceramente, nada disso me incomodou, é o tipo de situação tão absurda que funciona na série.


Sem o auditório, Finn precisa improvisar e convoca os garotos para um ensaio na borracharia, mostrando que está totalmente no clima de "Greased Lightning" (Raio Engraxado).



Desnecessário dizer que um número que começa com Ryder tirando a jaqueta como se estivesse fazendo strip-tease e Finn encarando-o com olhar apaixonado não é nada menos que sensacional. Sem contar que é um dueto de Blake fucking Jenner e Chord fucking Overstreet, então deixo vocês apenas com algumas imagens, antes que isso se transforme numa rasgação se seda sem fim às performances possuídas dos garotos, que nunca estiveram tão soltos nas coreografias indecentes de dona Zach Woodlee.


De volta a New York, descobrimos que o mimimi de Blaine é contagioso e tomou Kurt de jeito, já que ele aparentemente está louco pra fazer uma visita ao ex que acaba de traí-lo, usando o espetáculo da escola como desculpa, o que Rachel não acredita ser uma boa ideia (por que será?). Alma caridosa que é, Lady Cassandra dá todo o apoio.


Quer dizer que Marley é burra demais por acreditar no papinho de Kitty, mas Rachel e Kurt super não tinham como prever o golpe de Cassie? Vamos colocar todos os personagens no mesmo patamar de estupidez, então, porque o negócio tá sério. E por falar em Kitty...



Como já era de se esperar, a festa do pijama era só mais uma oportunidade para Kitty colocar a autoestima de Marley no fundo do poço, já que ao ver as guloseimas trazidas pelas meninas, a moça prontamente pergunta se não há algo saudável. Nesse momento sinto que Marley vacilou, porque podia ter trazido deliciosos espetinhos de churrasco de chuchu de casa.


A trollagem só melhora, já que numa conversinha privada (!) no sanitário, Kitty apresenta Marley a um novo mundo.


E para fechar com chave de ouro, uma performance deliciosa de "Look At Me, I'm Sandra Dee" (Olhe pra Mim, sou Sandy Leah), também muito fiel à original de Grease e perfeitamente cabível na situação da rivalidade entre as duas.



Com Unique fora da peça por motivos de Sue (que estamos ignorando, lembram?), Santana é chamada para interpretar o papel de Rizzo, para a tristeza de Tina, que estava pronta para assumi-lo e agora tem ainda mais motivos para reclamar da direção de Finn.




Aproveitando o clima nostálgico de Ohio, Rachel e Kurt têm um emblemático encontro com Mercedão, essa personagem que faz toda a diferença no universo de Glee e que eu nem me lembrava mais que estava ajudando no musical, mas que aparentemente tem um empolgante relato para dar de sua nova vida.


Daí, vamos para aquela sequência bacana de Rachel e Kurt reencontrando seus respectivos, com quem terminaram há 2 episódios, o que só poderia resultar numa coisa.



O musical começa, com uma performance surpreendentemente inspirada de Blaine. As maioria das pessoas gostam do tanto de solos que Dadá têm, eu incluso. Reclamo do excesso de Blaine, dispenso as caretas dele sempre que for possível, mas não dá pra negar que em "Beauty School Dropout" (Bonitinha do Supletivo), o trabalho vocal dele foi impressionante.



Enquanto isso, Marley continua naquela barra dos dois dedinhos, o que gera um momento pra lá de romântico entre ela e Ryder, que me permite até mesmo reciclar piadinhas com vômito da época de The Glee Project.








Não sei em que mundo "não quero beijar uma garota com bafo de vômito" é uma frase romântica, mas com Ryder e Marley, é assim que soa e os dois já roubam o posto de casal mais adorável da série no momento. Tá certo que os outros casais estão todos em crise, mas me deixem elogiar a fofura desses dois!


Com um momento rapidinho, mas na medida, Marley faz a segunda rendição de "Look At Me, I'm Sandra Dee", deixando para trás os tempos de coitadinha (pelo menos até o próximo desaforo de Kitty).

A peça segue com uma das minhas músicas favoritas de Grease, que ficou simplesmente sensacional na versão Glee, com Santana, Unique e Lady Cassandra, três personagens que eu jamais imaginei que poderiam juntar numa performance, emprestando suas vozes poderosas para "There Are Worse Things I Could Do" (Há Coisas Piores Que Eu Poderia Fazer).

Não me levem a mal, Naya Rivera sempre manda muito bem, a sua porção da música até que se encaixava no momento de Santana e Brittany, e Alex Newell também convenceu mostrando a tristeza de Unique por ser privado (a) do papel, mas eu fiquei torcendo mesmo pelo sumiço dos dois pra poder ver mais disso aqui:


Os meus motivos se baseiam puramente no amor pela dança, é claro. Engraçado como já desconfiava que algo tinha acontecido entre Brody e Cassandra (Brossandra?) nos episódios anteriores, mas aparentemente a safada só se aproveitou desse corpinho agora, para desestruturar Rachel e tirar o cavalinho metafórico da aluna da chuva.


Está quase na hora de "You're The One That I Want" (Tô Ligado Em Você) e, como o negócio vai ser um revival de casais, Tina e Mike precisam de sua cena de microssegundos do dia para fingir que são importantes na série.



Particularmente, eu espero que o papinho de Tina fique por aí e ela não reate com Mike, ficando livre pra ter tramas próprias que não dependam desse namoro (é pedir demais, eu sei, mas ainda tenho esperanças) e, de preferência, para formar o casal que shippo loucamente sem motivo nenhum pra isso: Samtina. Como me parece um sonho muito distante, vamos nos apegar a Marley e Ryder, que é o que tem pra hoje.







Todo mundo junto comigo: awwwwwwwww <3


Ok, talvez nem todo mundo.

Chegamos, então, ao grande momento. Se os números musicais já vinham sendo primorosos desde o episódio passado, "You're The One That I Want" vem como a cereja do bolo, fechando com chave de ouro esse tributo a Grease.


Ryder e Marley estão inacreditáveis como Danny e Sandy, Sugar Motta é a Frenchie e todo o elenco está confortável na performance, inclusive os veteranos que estão no palco apenas em suas cabecinhas férteis e imaginativas.


Até Finn, que não está convencendo muito como Travolta de roupas folgadas, cabe na cena com direito a flashbacks dele e Rachel na 1ª temporada, já que essa música foi a primeira que cantaram juntos na série, mesmo que muito rapidamente.


Por falar em Rachel, aparentemente esse retorno a fez perceber que não está mais em casa, afinal, e que uma ligação para Brody se fez necessária. O problema?



Pois é, Rachel, vê se desconfia da próxima vez que te oferecerem passagens aéreas gratuitas. Um pouco menos trágico do que o encerramento de Rachel, que tem que aturar uma conversinha de Finn sobre seus 4 tipos de choro e de Kurt, que lembrem-se, estava louco para visitar Blaine em Ohio, mas agora não quer trocar nem duas palavras com ele, é a conclusão do musical.

Kitty estava apostando no desprezo de Fletcher Mantini, renomado crítico de teatro que ainda está no ensino médio, para afundar a peça, mas transcrevo aqui as exatas e nada exageradas palavras do talentoso rapaz, com as quais encerro também a fotossíntese:

"Assistindo a habilidade, a nuance, esse crítico foi forçado a se perguntar: 'não foi assim que Michelangelo se sentiu pintando a capela sistina?' E estariam os diretores, sr. Hudson e sr. Abrams, a caminho de carreiras na NASA? Eles deviam, porque ontem à noite tiraram estrelas do firmamento e as nomearam Marley Rose e Ryder Lynn. Será que alguma audiência ficou tão arrebatada assim antes? Por ventura, sim. Mas quando o último sopro de vida cruzar os lábios desse crítico, eles proferirão apenas três palavras: 'Grease, McKinley, Bravo.'


Talvez Você Curta

27 comentários

  1. Mto bom o episódio! Baixei o filme pra ver antes do episódio e gostei bastante! A cena dos meninos com o carro e "You're the one that I want" foram as melhores!! Muito parecidas com a original!
    E adorei as imagens da review! Parabéns! Mto criativo e engraçado!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela outra Fontossíntese, Leo! Como sempre, dou pala lendo suas reviews. Seria pedir demais uma fotossíntese do próximo episódio, "Dynamic Duets"? *-*

    ResponderExcluir
  3. BONITINHA DO SUPLETIVO! Léo, eu te amo!
    Por que você não assume as reviews de Glee? Sério, nem precisava ser sempre fotossíntese pq sei que dá trabalho, mas precisamos do seu input semanal da série!

    ResponderExcluir
  4. CHOREI com o "Norma Jean's goooone"...hahahaha #sddssmash

    ResponderExcluir
  5. Eu tava lendo tudo com um sorriso no rosto, mas qunado li o "Norma Jean's goooone" eu simplesmente comecei a rir loucamente no meu quarto e toda a familia veio perguntar se eu estava bem.

    Particularmente eu não gosto de Grease, não gosto muito das musicas, não gosto do Travolta e não gosto do filme, mas o episódio foi muito bom, e tirando Sue, todo mundo estava ótimo. Eu nem me lembrava que a April tinha comprado o auditório, acho que alguem tem que avisar isso pro Ryan Murphy...

    ResponderExcluir
  6. Kitty possuida em sua bullynagem, Sue com plots jamais vistos, Blake possuidissimo e ja virou otp e confesso q senti falta de Unique que mal apareceu. Leo só uma pergunta o "Oh no she didn't" foi por causa de nikitinha?

    ResponderExcluir
  7. Na mosca, Debora, escrevi essa parte pensando em Birkhoff :D

    ResponderExcluir
  8. Valeu, Warley! Olha, pra ser bem sincero, eu termino a maioria dos episódios de Glee atualmente querendo fazer uma fotossíntese :D não vou garantir porque acabo gastando muito tempo, mas sei que se o episódio for tão bom quanto tá prometendo vou ficar tentando e aí pode ser que saia sim!

    ResponderExcluir
  9. Eu queria muito ter feito isso também, Nayara, mas nem deu tempo de rever o filme antes... Daí vou ter que fazer o "sacrifício" de pegar o filme mais pra frente e, em seguida, rever o episódio de Glee :D aposto que vai ficar ainda melhor.
    Muito obrigado pelo comentário!

    ResponderExcluir
  10. Como sempre ri demais com essa fotossíntese! MUITO BOA!

    Não tenho mais muito o que dizer a não ser pedir que tenha mais uma dessas semana que vem! Por favor Léo, não nos deixe na mão!

    ResponderExcluir
  11. Samara, confesso que Glee me dá vontade de postar toda semana, mas acabei fugindo dos reviews de série há um tempo, porque às vezes acabo deixando de aproveitar o episódio enquanto penso no que escrever. Quando der na telha, eu tento suprir minha carência de Glee nas fotossínteses!

    ResponderExcluir
  12. "Norm Jean's goooooone" foi foda! ahsuahsuahusashau

    ResponderExcluir
  13. O pior é que na primeira vez que ouvi "Norma Jean's goooone" já fiz associação com a 2ª versão de "Look At Me, I'm Sandra Dee", a motivação é basicamente a mesma, hahaha.

    ResponderExcluir
  14. Blasfêmia! Que ódio é esse por Grease?
    Eu também não lembrava dessa história da April, mas vi o pessoal comentando no Twitter e foi isso mesmo, as Cheerios não tem nada que colocar o pezinho naquele palco!

    ResponderExcluir
  15. Leo, c tem que fazer Dynamic Duets. Não haverá jamais material tão fotossintético quanto desse episódio tanto se ele for bom quanto se for ruim...rs

    Ri litros da parte de Ryder tendo seus testiculos explodindo, nada mais justo já que Blake explode ovários por aí since TGP, eu inclusa.

    E Cake tá uma delícia, literalmente. O que mais posso pedir??? Michaelzinho, we miss u

    ResponderExcluir
  16. Faço minhas as palavras de Fletcher Mantini também para essa fotossíntese!

    Adorei esse episódio e não lembro de nunca ter gostado tanto assim de Glee. Muito amor por Ryder explorando todo seu potencial rebolativo e Marleyzinha sendo a tonta mais fofa que já apareceu no McKinley High.

    Desde a performance de "3" que também ando shippando Samtina, mas aparentemente Titia não leva muito a sério casais multiraciais, então vou ter que me conformar com isso aqui: http://www.fanfiction.net/s/8444791/1/I-Still-Can-t-Let-You-Be

    Ótima fotossíntese, Leo. Tenho certeza que Blake "hottest half-cuban ever" Jenner vai continuar fornecendo muito material!

    ResponderExcluir
  17. Não gosto do Travolta, amo Olivinha Newton-John, mas este episódio de Glee acabou de se tornar uma masterpiece (PNC Jar) da televisão mundial por dar uma bela atualizada em Grease! Ressalto que fiz a lição de casa e revi o filme antes do episódio. Aproveitei muito mais o episódio dessa forma. Não posso deixar de mencionar em meu comentário a trollada sensacional do Leo: "Norma Jean's goooone". Ri alto. E as pequenas homenagens a Sandy & Júnior durante o post? Impossível não amar. E espero que os roteiristas estejam atentos a esse furo na história do auditório. A Patrulha Gleek está atenta! Desde já estou na fila esperando pela fotossíntese de Dynamic Duets (vai ter material de sobra, Leo. Fique tranquilo). Ah, e também shippo Samtina, por que deve ser o único jeito de Jenna esganiçada ter algum plot relevante na série.

    PS.:
    - Ryley: casal que fica, a cada episódio, mais fofo! awwww.
    - Brossandra! Rachel mereceu essa.
    - Vergonha alheia pela falta de molejo de Cory em You're The One That I Want. Não tente competir com Blake fucking Jenner, ném!

    #churrasco de chuchu

    ResponderExcluir
  18. Eba, minha fotossíntese foi comparada à pintura da capela sistina!
    Então, eu também não lembro de ter gostado tanto de Glee, mesmo tendo gostado muito de grande parte da temporada passada, essa tá com um gostinho especial.

    CHO-CA-DO com essa fanfic de Samtina, ainda mais porque revelam a bomba do resto do ND não gostar das imitações de Sam, aí ele tem que se contentar com Tina como alma gêmea porque ela gosta de verdade!

    ResponderExcluir
  19. Ah, mas até eu que amo Grease, concordo que a atualização de Glee fez muuuuito bem! Não revi o filme todo, mas peguei as cenas musicais separadas e Travoltinha faz umas coisas que não tem condições, é melhor ver as imitações de Blake e Chord (no Summer Nights) que são pseudotravoltas muito mais cabíveis.

    Eu fico sempre tranquilo com o material que Glee vai render, me preocupo mesmo é com o tempo que gasto fazendo a coluna, hahaha, vamos ver se caio na tentação ou não.

    Todo mundo se revelando Samtina, devíamos organizar um tweetaço pra titia Murphy ver a força desse casal!

    ResponderExcluir
  20. Não sei se comemoro ou sofro com esse bullying pra fazer fotossíntese toda semana, sentimentos muitos conflituosos :D

    ResponderExcluir
  21. Que tal combinarmos o tweetaço? Marque o dia e o horário, que me prontifico a ajudar. #samtinaemGlee

    ResponderExcluir
  22. Também estou a postos para o tweetaço #SamTina. Pelo último episódio de The New Normal já deu pra notar que Titia tá ligadíssima nas hashtags brasileiras.

    ResponderExcluir
  23. Podemos tentar fazer durante a exibição do próximo episódio, todo mundo mandando #SamTina pra titia!

    ResponderExcluir
  24. Eu ja cai pra tras quando vi o ~~To ligado em você~~ logo ali na legenda do post! Léo, sinceramente as suas fotossinteses me fazem ganhar o dia. Concordo plenamente com a Rayssa de que, pra bem ou pra mal, nunca houve um episódio tão fotossintético como Dynamic Duets!

    ResponderExcluir
  25. S2 AwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwS2
    "outono é sempre igual as...." - J-enial. kkkkkkkkk
    Honestamente eu não sou a fã nº1 de santanao Mais adorei a autotrollagem do tio Ryan com a própria serie.

    ResponderExcluir
  26. Esperando loucamente o próximo episódio (+fotossintese)!!!
    Com as imagens liberadas deles vestidos de herois, não estou me aguentando para ver a versão de glee para "Foge, foge Mulher Maravilha Foge, foge com Superman"...

    ResponderExcluir
  27. Que delícia de fotossíntese com referências a Sandy & Júnior e Smash. Na hora que vi "Norma Jean's goooone, she's mooooving on" morri de risos kkkkkkkkkk
    "You're The One That I Want" foi maravilhoso. Blake tava possuído no ritmo de ragatanga nessa performance. Adorei que Cassandra (Cassie para os íntimos) deu comidinha para Brody. Também queria mais cena dos dois.
    PS: Shippando Ryder e Marley desde já.!!!

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe