Go On 1x09: Dinner Takes All

domingo, novembro 25, 2012

 
Aquele em que o Chandler quase fica com a Lorelai.


Não deu para evitar o pensamento acima. Desculpem, mas não deu. Episódio de Thanksgiving de Go On, com participação supimpa de Lauren Graham foi, provavelmente, o melhor da safra desse ano, pelo menos até agora. Como ainda temos muitos episódios com a mesma temática por vir, fica complicado já dar o título para Go On, mas dentre as comédias (e eu vejo muitas), só dá para comparar a qualidade desse episódio com o de “Don’t Trust The B... In Apartement 23”. O resto é resto e não sai do lugar comum.
Obviamente o episódio não foi bom só por causa da visitinha de Lauren, mas sem dúvida, ela esquentou as coisas entre Ryan e Steven, que entraram numa briga de machos alfas para ninguém botar defeito. Aquele método de sair roubando a cerveja alheia e só parar quando tomar porrada é muito bom, mas estava na cara que Ryan não tinha competição nesse caso, embora ainda seja cedo demais para ele investir em um novo relacionamento, como fica bem claro.
O pessoal do grupo de terapia não tardou em ajudar Ryan a afastar Steven de sua pretendente e trabalho foi excepcional, especialmente da parte de Mr. K e suas músicas originais maravilhosas. Impagável também ver Anne, rendida diante do casal de filhos que são, acima de tudo, fãs do trabalho de Ryan, mas o principal estava por vir para animar o jantar preparado por Carrie.
O retorno da aterrorizante mãe de Owen foi mais um ponto alto. A mulher é dominadora e consegue intimidar até mesmo a “nova mãe” de Owen, que força frases de autoajuda para tentar parecer sábia e equilibrada. Pelo menos Owen reagiu e ficou numa situação melhor com a mãe, inclusive porque escapar do jantar com as tias recalcadas faz qualquer um tomar uma atitude.
Também gostei de saber que Owen e Yolanda são praticamente almas gêmeas e que suas experiências com mães chatas os levaram a formar uma dupla imbatível de música clássica. Ou quase isso. Segundo Yolanda, Owen não foi pressionado o suficiente na infância e precisa ser muito mais controlado, se pretende ser um bom músico.
P.S* Ri demais com a cena de abertura!

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Go On é mto bom. Tb pensei a mesma coisa da frase de abertura. Lorelai como sempre a solteira cobiçada.rs

    Achei engraçado a cena deles imitando a "família do-ré-mi". O Ryan querendo não participar, mas depois se entregando e sendo bobo junto com eles..rs

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe