The Neighbors 1x07: 50 Shades of Green

quarta-feira, novembro 14, 2012

50 tons de safadeza

É temporada de acasalamento em The Neighbors. Com apagões constantes, comida que brilha e Mark Ruffalo no meio dessa confusão, não poderíamos ter tanta genialidade junta num só episódio. Quando pensamos que a adaptação está avançando mais e mais, e que conhecemos de tudo, o amor se espalha pelo ar e contagia todos, levando-os a um período de cio extraordinário e intenso.



Debbie e Marty Weaver estão comemorando Bodas, mas como acontece há vários anos o casal acaba preferindo comemorar em casa, com os filhos e comida pronta. A ideia não é ruim. 18 anos de casamento, rotina, filhos, são fatores que às vezes impedem que outras formas de comemoração sejam possíveis. Só que por coincidência, também é época de acasalamento dos Aliens. O condomínio Hidden Hills vira um verdadeiro templo grego com comemorações e sexo aberto, que Dionísio (Deus dos Vinhos e da Orgia) choraria de inveja.


Inspirados, e temerosos, com a situação, o casal Weaver decide que é melhor ter a conversa sobre sexo com Amber. A Adolescente, recentemente em uma paixonite por Mark Ruffalo (aquele que fez o Hulk em Os Vingadores) não está preocupada com toda a leva de elogios e troca de sensações dos Aliens. Sua maior preocupação acaba sendo se preparar para a festa da qual Jeremy, o cara mais popular da escola, a convidou. Inclusive convidando o amigo intercambista (aka Reggie Jackson).


Debbie Weaver fica pensativa com as palavras que Amber diz sobre os pais, sobre como eles não sabem sobre "Intensidade". O maneira com que os aliens se conectam é totalmente diferente da humana, e eles não iriam entender. A intimidade dos aliens não é física, eles se conectam espiritualmente, trocando elogios, e sentimentos românticos de união até que se tornam um. Instigada, Debbie tenta apimentar a relação, com atitudes simples como tomar banho juntos, tomar vinho, trocar palavras doces, tudo com mais romance. A ideia não agrada Marty. Tais coisas são estranhas esquisitices que envolvem sentar na sujeira não são a praia dele. 


Na casa vizinha, Jackie Joyner-Kersee, também instigada e curiosa com a forma que os humanos fazem sexo, tenta convencer o marido a experimentar a maneira humana. O toque. Larry se recusa a fazer as coisas estranhas que a Jackie quer. Aparentemente os corpos humanos não atraem em nada esses alienígenas que choram pelas orelhas e comem com os óculos.



Após as esposas ficarem chateadas com as atitudes dos maridos, Marty quer saber como os aliens fazem sexo, para tentar agradar Debbie.
Lary então mostra a ele um vídeo educativo sobre sexo feito para os jovens Zabvronianos. As instruções são ridiculamente engraçadas e irônicas. Quem em santa sanidade ficaria trocando elogios o tempo todo? (Se bem que uns casais por aí estão quase nessa)




"Não se surpreenda se elogios surgirem em seus lábios"

Os Zabvronianos falam verdades até falarem a mesma verdade no mesmo momento, culminando na consumação do ato. Marty quer banhar Debbie com a linguagem do amor, no seu cobertor do amor, quer trocar elogios com sua esposa até que eles consumam o ato. A coisa obviamente não dá certo, as tentativas de falar a verdade acabam deixando Marty desconfortável.
Debbie fica feliz com a tentativa, afinal, com 18 anos de casamento, uma família, e tantos outros problemas, o modo "3 em 10" deles acaba se mostrando eficiente.


Larry Bird veste uma camisola e sutiã para a Jackie Joyner-Kersee. Sua tentativa de ronronar e seduzir a esposa consegue ser tão fail quando o va Va Voom da esposa. Sem sabermos exatamente como o ato deles se consumou (melhor nem saber) eles acabam indo procurar o casal Weaver para esclarecer as dúvidas. 



Sem tempo para lições humanas de como se tocar (rs) os pais são alertados por Reggie Jackson de que Amber está numa Orgia e precisa de ajuda. Todos acabam rumando para o campo de golfe para tentar salvar Amber de tal violação, mas ao chegarem lá acabam fazendo a pobre garota passar vergonha. Depois de ter ficado nervosa com a possibilidade de rolar algo entre ela e Jeremy, a garota se sente humilhada por ter os pais (e os vizinhos) em roupões agindo como loucos.




Assumindo as responsabilidades de pai, Marty conversa com a filha e, apesar de não se bom com palavras, a consola e a apoia, isso tudo sem levar nenhum grito ou apreensão, surpreendentemente ganhando um beijo da filha. Algo inédito e memorável.


Mas nesse tipo de situação é assim mesmo. Às vezes não somos bons com as palavras porque palavras não são o suficiente.

- Você aí que quer fechar a boca e emagrecer. Simplesmente não use óculos.
- Invasão à Terra: Fase 01: Matar todas as abelhas. THEY'RE EVIL!
- Sabe usar o google é algo que requer muita juventude.
- Billie Jean é uma mulher de sorte. But she's just a girl, and the kid it's not my son.
- Ensino médio, todos estão no cio. Façam cara de ofendidos, mas no fundo é verdade.
- Jeremy acabou sendo um fofo no episódio. Cuidado Reggie Jackson.
- Teremos temporada completa com 22 episódios. Dick Butkus pra todo mundo.

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. temporada completa???? Ótima notícia! estou me divertindo muito com Neighbors.

    ResponderExcluir
  2. Pq vc coloca o equivalente à duração do episódio em fotos? É pra distrair a atenção das pessoas do texto?

    ResponderExcluir
  3. Não nçao, é só pra fazer correspondência com o parágrafo anterior ou o posterior, só por isso mesmo :)

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe