The Neighbors 1x08: Thanksgiving is for the Bird-Kersees

sábado, novembro 17, 2012


BLAM!

Episódios comemorativos parecem sempre trazer belas surpresas nas séries e com The Neighbors não seria diferente. Em mais um episódio redondo e caprichado, pudemos conhecer as famílias dos Weavers e dos Bird-Kersees, que acrescentaram um ótimo ritmo ao roteiro e serviram de ótimo apoio para comemorar o feriado de Ação de Graças.


Os weavers estão se preparando para o feriado, e que modo melhor de abrir espaço para mais comida do quê comer a comida que já estava lá?
Com esse tipo de filosofia deliciosa, seria de se esperar que as coisas fossem ser maravilhosas e espirituais, mas quando se trata dos sogros, a coisa tem o costume de dar sempre errado. O pai de Marty vai fazê-lo se sentir pequeno e imprestável. A mãe vai criticar tudo o que Debbie fizer. Nada como um feriado em família.


Entre os preparativos, Larry Bird procura os Weavers para comunicá-los sobre a saída de Jackie Joyner-Kersee da comunidade. Em épocas como essa ela lembra de quando eles chegaram à terra, e de como sente falta de sua família. Eles vão então à sua procura, encontrando ela perambulando num campo aberto com pés de pato, deixando a o mato amassado e gerando os famosos sinais extraterrestres que estamos acostumados. É legal perceber que os roteiristas prestam atenção no fato de eles não serem apenas Vizinhos estranhos, mas sim Aliens, e todas as referências até agora (seja sobre Micahel Bay ou os sinais nos campos) têm sido bastante sutis e não apelativas.


De volta a Hidden Hills, a família Weaver tenta encontrar uma maneira de se livrar dos sogros na feriado. Marty tenta cancelar com os pais por video-conferência , a desculpa é que o forno está quebrado e eles terão que deixar para a próxima. Theresa e Dominick Weaver, pais de Marty acreditam que o novo condomínio deles é pequeno, se oferecendo para levar cadeiras. Acreditam também que eles esteja com vergonha. Uma clara tentativa de fazer o filho mudar de ideia. Ele acaba cedendo na tentativa de convencê-los do contrário.


Ao perceber que Jackie Joyner-Kersee está triste por estar longe das irmãs, (que estão exiladas da comunidade), Debbie resolve ensiná-los sobre o feriado de Ação de Graças, convidando-os para a cerimônia. Vendo o sofrimento da mãe, Reggie Jackson e Dick Butkus decidem libertar as tias para que elas possam para o feriado com Jackie. Apesar dos avisos do pai, os dois seguem com o plano, revelando uma instalação de segurança máxima ao estilo MIB, onde as irmãs Kersee estão aprisionadas por tentarem destronar Larry do trono.



Os avós Weavers chegam à Hidden Hills fazendo o que eles melhor fazem: criticar. Theresa logo se encarrega de aterrorizar os netos com os suéteres baseados nos modelos de Rosie O'Donnell, uma lésbica drogada que tem ideias adoráveis. Confesso que o Suéter de peru foi uma das melhores coisas que aconteceram até agora. Pobrezinha da Abby que é obrigada a usar aquilo. Quase um crime, pra falar a verdade. 


Eles logo conhecem os Bird-Kersees, e Larry Bird e o Sr. Weaver parecem logo se dar bem, já que o assunto é reclamar das atitudes e do estilo de vida de Marty. Reggie e Dick contam que libertaram as irmãs de Jackie, a Maior ameaça intergalática ao reinado de Larry, segundo o próprio. Qual a minha surpresa quando descubro que Serena e Carla, irmãs de Jackie, na verdade são uma mulher e um gay? O melhor é a desculpa delas ao tentar negar que queriam destronar Larry. Acredito que jogá-lo do 2º andar gritando "Nós vamos destronar você!" seja algo bastante incriminador.




Sem muito o que fazer, as discussões entre as famílias explodem, deixando o pequeno Dick e Reggie espantados com toda a agressividade que pode surgir num só feriado. Se por um lado eles tentam matar um ao outro numa longa discussão, pelo outro temos as crianças desesperadas para matarem o suéter de peru. O simples "glu glu glu" daquela vestimenta ambulante me fez dar altas risadas, mas era bastante irritante. Toda a confusão acaba separando todos, e cabe ao pequeno Dick tentar convencer Theresa a voltar e dar uma chance à Debbie, que batalha tanto e está descontando as mágoas na comida. Segundo ela, Ação de Graças é um inferno, e as únicas partes boas são a véspera, quando tudo é possível, e o dia depois, quando todo mundo vai embora. Mas o que seriam dos feriados sem brigas, desentendimentos e discussões que no fim levem à reconciliação, paz e compreensão, não é?


Dick convence Theresa a se juntar à ingestão do Peru, mas não sem antes confessar para o menino que a função dela como sogra é pegar pesado, implicar, para manter Debbie na linha, já que ela que está cuidando do filho dela. A coisa mais importante que ela poderia ter. Sua vontade de deixar a nora feliz, elogiando a comida, acarreta num momento de pôr as coisas pra fora. As irmãs de Jackie, no espírito de Ação de Graças, revelam que não achavam Larry bom o suficiente para a irmã delas. Mas como Larry ressalta, não explica a tentativa delas de destroná-lo.



Apesar de Domick, pai de Marty, continuar implicando com ele, mostra que admira o filho por nunca ter desistido. Seja nos esportes, ou tentando impressionar o pai. Ele está orgulhoso e no fim acabam se resolvendo. Na onda do espírito de perdão, Larry decide libertar as irmãs do exílio, pensando em sua esposa e no quanto ela as ama.


Espero que essas irmãs continuem na série, tentando destronar Larry Bird. Mesmo que a tentativa de fazê-lo tomar vinho tenha dado errado. BLAM!


- As amizades mais verdadeiras são entre mulheres negras e gays.
- Peru frito é uma pegadinha com Deus. Fiquem de olho.
- Melhor não imaginar o Marty de cavanhaque.
- Pequena Abby revoltada gritando com a mãe. <3
- MORTE AO SUÉTER!
- Max inteligente, independente do que os testes dizem. Todos amam esse menino.
- O forno "Esteve quebrado por 18 anos" Veneno de sogra simplesmente me inspira.
- Dick Butkus me lembrando muito a Emma de Glee. Só eu?

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Ri muito com esse episódio.
    TN mto cretino e mto engraçado!

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe