Beauty and the Beast 1x07: Out of Control

segunda-feira, dezembro 03, 2012



“Eu nunca vou entender os homens” Vargas, Tess. E o que isso tem a ver com esse episódio? Tudo.

Quando tudo parece perdido, quebrando corações ao redor do mundo, Beauty and the Beast nos mostrar, mais uma vez, um de seus melhores episódios até agora. Em mais uma semana, ficamos ‘fixos ao caso’, quase perdendo de vista o casal sensação do mundo dos seriados. Mas é no final que a sambada vem na nossa cara e esmaga nossos corações.


O caso da semana foi o que abriu o samba enredo, dando a entender que o possível assassino seria a Fera mais Bela de todos os tempos, colocando eles em uma sinuca de bico, e transformando JT num JT um tanto quanto desesperado. Ele, sem Vincent, é quase como Scooby Doo sem Salsicha.

O plot do estagiário maligno que estava recriando algumas mortes foi o que deu potencial a trama policial dessa semana. Não sei vocês, mas eu não esperava por essa vindo por nenhum dos lados. Ele esteve em baixo do nariz de todos, e ninguém notou que todo o puxasaquismo dele em cima de Evan era um ótimo modo de encobrir o que ele queria fazer.

No final, ele teve o merecido sendo estripado por Vincent, ou, pela Fera, que dessa vez apareceu como nunca tínhamos visto antes. Foi bem trabalhada toda a transformação de Vincent, eles estão esquecendo apenas um detalhe: A Adrenalina. Ela quem gerava, por primeiro, os ‘ataques’ que ele sofria. A justificativa apresentada por eles não foi convincente o suficiente pra crermos nisso.

Catherine poderia até desencadear de algum modo toda a transformação de Vincent, eu que vinha acreditando que isso seria para humaniza-lo, não para deixa-lo pior. Ela tem um certo controle sobre ele, do mesmo modo que já o controlou outras vezes, então, qual a seria a lógica para o tudo o que ocorre com Vincent?

Tivemos o ciúme, que poderia ser o causador de tudo isso, mas eu fico com uma hipótese um pouco menos provável, e talvez até ridícula: O amor. Após anos com o DNA alterado, Vincent não aprendeu a amar, o que transforma Cat em seu primeiro amor. Enquanto seu corpo não sabe lidar com isso, o coração acelera e a Fera aparece.

E agora você entende a frase de Tess, mais uma vez uma das melhores do episódio. Homens não conseguem controlar o sentimento, e com Vincent ocorre a transformação dele em Fera, sem sequer perceber o que ele está sentindo, ou apenas entender tudo isso.

Agora, temos o “Vigilante” preso numa cela em sua própria casa, não tendo como defender de si mesmo, ou como defender os outros. A atitude extrema foi tomada, agora Cat terá que permanecer longe de Vincent, e ver se a teoria de JT esta correta, que agora terá que correr com um antídoto e fazer isso parar.

Devo dizer que os comentários de vocês sobre o que acontece com Vincent, e como curá-lo estão se tornando os melhores (Continuem comentando!). Quer dizer, após semana passada, estou realmente crendo que um beijo de Cat irá salvar nossa Fera. Agora só falta saber se a CW vai seguir no clichê de Once Upon a Time.

@jrfaoro

PS: Ainda não superei a falta do beijo, mas temos problemas maiores à frente.

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. O antidoto é a propria Cat.... o beijo demorado!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Honestamente eu não acredito que seja a Cat, a "cura" do Vince. Talvez essa alteração seja muita complexa e do que ela poderá fazer ao Vince.

    Como assim clichê de Once Upon a Time.?!!

    ResponderExcluir
  3. Eu só me pergunto: qual a dificuldade dessa gente de pegar o tranquilizante e acertar nele antes que algo pior aconteça, como foi o caso ?!

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe