Last Resort 1x10: Blue Water (Fall Finale)

segunda-feira, dezembro 17, 2012

Depois de dez episódios e revelações de alguns segredos, Last Resort chega a sua fall finale trazendo mais emoção e estórias bem contadas.

 Depois do último episódio não foi tão difícil adivinhar o que aconteceria. Sam queria ver sua mulher. Queria ficar com ela. E ele foi atrás disto, com ajuda de James King (que vem se mostrando um surpreendente bom moço). E com ele chegou as Filipinas e pediram ajuda a Wes, um veterano de longa data, conhecido de James. Ele recusou, mas depois de uma boa conversa Sam o convenceu a ajudar a salvar o amor da vida dele.

Gostaria de declarar, que do meu ponto de vista, foi muito (muito mesmo) fácil salvar a Christine. Eles poderiam, ao menos, ter mostrado algumas cenas do tiroteio que ocorreu entre Sam/James contra os que mantinham a loira prisioneira. Depois da fuga, o casal decidiu continuar nessa vida foragida, sem olhar para trás, mas Sam acordou e percebeu que isso era um sonho inalcançável quando ficou sabendo da milionária recompensa que ele tinha sobre sua cabeça. Não era seguro manter Christine junto com ele, pois ele seria caçado até no espaço.

Quando o plano de que o casal 20 da serie separar-se-ia mais uma vez foi revelado a loira, ele não ficou contente, mas foi com Wes em uma Kombi que explodiu, deixando a impressão de que os dois tinham morrido. Fazendo com que Sam voltasse para o único lugar que era seguro (para ele) em luto. Sua esposa não estava mais nesse mundo. Ele pode ser ume pessoa completamente diferente à partir de agora. Ele pode jurar destruir os EUA, ou qualquer outra coisa. É impossível prever o impacto que a suposta morte dela terá sobre ele, já que ele não sabe a verdade (ela está viva e mantida prisioneira de Wes, que dizer querer proteger sua família).

Enquanto tudo isso acontecia, Marcus recebeu visitantes na ilha. Um grupo chinês apareceu com uma proposta para ajuda-los, pois eles são símbolos de um grande erro do governo americano (erro não assumido) e podem incentivar a ocorrência de golpes de Estado (assim como Kylie foi alertada sobre o acontecimento de um), beneficiando indiretamente a China. Resumindo, a oferta foi, relutantemente, aceita, principalmente por causa dos grandes problemas que Chaplin estava enfrentando para manter a tripulação sob controle. Outra decisão muito polêmica foi feita por parte do Capitão, e posso dizer com toda certeza, que mandar chicotear dois prisioneiros, para servir de exemplo, pode não ser muito humanitário, mas é muito mais efetivo do que mantê-los sentados e comendo as provisões, na maior folga. Foi uma decisão para manter a ordem, faze-los ter medo. E parece ter funcionado.

E nos EUA, Kylie teve um encontro com Barry, que a ofereceu, por uma enorme quantia de dinheiro, o vídeo gravado por ele, implantando provas para o país ter motivo para atacar o Paquistão. E mostrando surpresa atrás de surpresa, fomos informados do tal golpe de Estado, deixando-nos ainda mais atônitos. É bem difícil de imaginar um golpe desses ocorrendo nos EUA, mas com os acontecimentos recentes mostrados na serie as chances aumentaram ainda mais. Passaram a questionar as decisões, e principalmente por causa de Christine e da tripulação do USS Colorado isto se tornou algo a considerar-se.  

Considerações finais para o Cabo aparecendo e tornando-se um personagem muito mais interessante do que era nos episódios iniciais.

Como uma serie dessa não consegue renovação é algo espantoso, mas como disse em um comentário na review do último episódio: quem sabe Last Resort poderia ter sido um hit em algum canal a pago (confesso que quando vi que a abc transmitiria a serie fiquei assustado), mas esta é uma duvida que nunca poderemos responder. Resta-nos a única alternativa, que é: assistir ao final da serie, que será transmitido apenas ano que vem. Até lá!

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe