New Girl: Season 2 - Parte 1

segunda-feira, dezembro 17, 2012


De volta para a sua segunda temporada New Girl estabelece um nível bem superior ao da primeira e não só encontra como nos entrega semana após semana episódios muito bem amarrados, fofos e com um ótimo senso de humor basicão de dar inveja a muita série "irônica" e "cool" por aí.


Realmente não tem como fazer uma comparação entre as temporadas da série, a evolução da mesma é gritante. Parece que finalmente tudo se encaixou no lugar, e todas as experimentações que fizeram na primeira temporada realmente estão colhendo os seus frutos. Os personagens se acomodaram e encontraram as suas fórmulas, mas apesar de todos terem encontrado o seu lugar os plots são tão divertidos e tão aleatórios que realmente empurram os personagens para fora de sua zona de conforto.

Comecemos com a própria Jess que ao perder o seu emprego se vê obrigada a passar por mil e uma situações constrangedoras e menos fofas (entediantes), do que suas suas cenas com os seus alunos de primário. À exemplo o seu relacionamento com Sam que nos rendeu boas gargalhadas com toda a história do sexo, e que também nos levou ao extremo da fofura no término do casal no episódio de Halloween. E porque também não lembrar das suas épicas colagens e novos pratos inventados... Tudo gerado pela falta do que fazer. Outra sacada muito boa foi "Neighbors", como não se divertir com os novos amigos de Jess e dizer que Zooey deveria estar entre eles dedes o início, e a forma como eles excluíram Schmidt o tempo todo, foi tudo muito engraçado. 


Por falar em Schmidt ao meu ver o personagem cresceu bastante. O seu humor é o mesmo que já conhecemos, e um dos que primeiro se consolidou juntamente com o da Jess na primeira temporada. Porém vemos que agora as neuroses do personagem se ampliaram e o mesmo começa a revelar muito mais do seu background, sem precisar ser o "comédia pastelão" o tempo todo, já que agora a série está mais estável e não precisa disso. Apesar da sua dinâmica com Cece ter ficado bem consolidada, sua liberdade para experimentar coisas novas nos rendeu ótimas histórias essa temporada, como as interações dele com suas chefes. Devo dizer que o Schmidt "pegador" de encontros pontuais é muito mais interessante e mais "cool" do que o Schmidt da primeira temporada que saia para a balada para pegar "Mexican Chicks".

E por fim Nick, que finalmente encontrou o seu equilíbrio, e achou uma formula nem tão arrastada e chata para o seu personagem que aprendemos a amar com toda a sua rabugice. Primeiro ponto a se destacar, toda a sua rabugice e "Stay at home" vibe foi muito divida com Jess nessa temporada, o que já ajuda a levantar a moral do personagem. O único episódio que Nick ficou bem chato essa temporada foi o episódio do Zoo, mas tudo valeu apenas pois fomos compensados pela incrível criação de um romance zumbi por Nick Miller. Outro ponto alto do personagem é que sua dinâmica com Jess finalmente conseguiu se estabilizar em uma zona de conforto, nem tanto puxada no romance nem no ódio, uma "friendzone" perfeita, muito fofa e cuidadosa deixando tudo preparado para o aguardado dia. Ah e como esquecer também de toda a transferência de Nick se apaixonando pela mãe de Jess e da cena dele com o velhinho em "Menzies", Sério, acho que Jake Johnson foi agraciado com as melhores cenas da temporada.    


A série está tão boa que até os personagens mais perdidos como Cece e Winston conseguiram se encontrar. Winston finalmente conseguiu sua realização profissional e parou de nos encher o saco episódio após episódio com suas desilusões de mercado, terminou aquele seu relacionamento "whatever" e suas cenas com Jess tem rendido ótimas gargalhadas como o episódio da banheira, em que descobrimos que o personagem tem síndrome do pânico. Já Cece começou a temporada com um novo relacionamento de background para poder desenvolver suas pendencias com Schmidt e para também dar mais espaço a suas interações com Jess. Tivemos o épico episódiodo aniversário de Cece com a épica "Boobie Slapping Fight", que levou a um outro nível o nosso tesão por assistir essas meninas.

No mais é isso pessoal. New Girl está melhor do que nunca, e esta temporada posso dizer tranquilamente que estou tendo ataque de risos todos os episódios. Está muito boa, mas pode ficar ainda melhor se sairmos um pouco mais da zona de conforto em que a série se acomodou (Uma saudade, Douchebag Jar). E é nessa expectativa que ficamos, de que a série venha só melhorar nessa sua nova fase. A partir do Mid-Season estaremos assumindo por aqui os trabalhos de New Girl, e para os que já me conhecem das reviews de companheira de FOX The Mindy Project, ou da similar Girls, nos encontramos agora por aqui também, e para os que não acompanham um grande olá e nos vemos no retorno da série. 

Fiquem com a melhor imagem que nos foi proporcionada por New Girl até agora.


Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Essa última imagem foi a cena de toda a temporada que me fez quase pedir penico (pra urinar é claro) de tanto rir...

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe