The Mindy Project 1X09: Josh and Mindy's Christmas Party

sábado, dezembro 15, 2012


Em um misto de tristeza e fofura natalina The Mindy Project recupera o jogo e nos entrega um ótimo episódio e define bem as lacunas do que podemos esperar daqui para frente da série.



Bom vamos começar com Mindy e suas duas interações ápices do episódio, o fim repentino, porém esperado do seu ciclo com Josh e a retomada de suas interações com Danny, que dessa vez ao invés de muito engraçada foi mais fofa do que qualquer coisa que ela possa ter tido com Josh na série. Mesmo sem retomar o cotidiano da clinica e novamente usando um "evento" de suporte para roteirizar o episódio, parece que Mindy conseguiu retomar um pouco a interação entre os seus personagens, lembrando um pouco o episódio 1X03 "In The Club".

Apesar de já esperarmos que uma hora Josh iria pisar na bola, achei bem precipitado da parte dos roteiristas, cortar tudo assim repentinamente. Acho sim que o casal ainda tinha muita história para contar e muitas cenas constrangedoras para nos proporcionar. Achei que o arco foi sim muito mal conduzido, poderia ter durado mais episódios, tudo foi muito rápido, as reações de Tommy Dewey foram muito superficiais, e realmente deixou muito a desejar. Porém fomos recompensados pela presença ilustre de Ellie Kemper e a "fight" mais épica desde o começo de The Mindy Project, com direto a quebra de casinha de biscoito e tudo. 


Por falar em casinha feita de biscoito, que fofo não foi da parte de Danny aparecer na festa com ela. Sério, do alto de todo o seu mal humor, com a quantidade de atitudes fofas que o Dr. Castellano já fez por Mindy, à essa altura ela já deveria ter percebido a imensa queda que ele tem por ela. E foi muito bonitinha também toda a forma com a qual ele lidou com a situação, pedindo para ela se acalmar, depois se passando por gay no telefone e desmarcando o seu compromisso só para consolar Mindy... Sério, não merecia ter a sua criação de natal destruída.

Mais fofo do que isso só foi os funcionários da clinica se unindo para reconstruir a obra de arte, e que realmente voltou a mostrar a interação que os personagens tem entre sí, que na minha opinião é a única coisa que mantém a série viva, além das situações constrangedoras com Mindy, ou entre ela e o Dr. Castellano. Outra coisa muito épica também foi Morgan (que não costumo gostar) e o seu Karaokê espanhol encontrado na rua, muito boa sacada. No mais é isso, apesar de muitas falhas durante a temporada, Mindy conseguiu nos deixar com o gostinho de quero mais para o mid season, num clima de muita união e fofura. Fico aqui com expectativas, não altas, mas de que a série pode fazer muito mais do que o apresentado até agora, principalmente em se tratando do roteiro.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe