Grey’s Anatomy 9x10: Things We Said Tonight

segunda-feira, janeiro 14, 2013



Um episódio para aqueles que duvidavam que Shonda ainda seria capaz de nos emocionar de forma bem amarrada e melhor ainda balanceada. 


Desta vez, Shonda Rhimes acertou em cheio. Após matar um monte de gente sem convencer, a showrunner mais polêmica da TV mundial conseguiu fazer um bom episódio mesmo dando sequência ao banho de sangue que vem sendo a série. O episódio conseguiu concluir com louvor duas tramas que estão longe de serem favoritas entre os fãs, a jornada de Adele e Richard e o casamento de Bailey. O ponto forte de tudo isto foi ver como a trajetória dos personagens foi essencial para a gente se emocionar como nos velhos e não tão velhos tempos. Todo o dilema de Bailey de se casar ou não tinha tudo para dar errado, principalmente com o histórico recente da personagem. A chance da trama ser irrelevante, forçada e sem graça foi nocauteada pela situação de Adele e pela importância de Richard  para Bailey. É engraçado notarmos que o casamento do ex-chief é tudo que alguém não deseja para si, traição, separações e ainda Alzheimer, mesmo assim o amor entre eles existia e, de certa forma, acabou eternizado. Assim, Bailey pôde perceber que nenhum casamento será perfeito e que, mesmo com a sua obsessão por trabalho, ela encontrou alguém que a faça feliz da maneira que espera.

O envolvimento de Meredith em tudo foi muito importante para o roteiro, que, além de envolver na trama uma personagem mais querida junto ao público, assim obtendo a sua simpatia, ainda fechou a história de forma perfeita. Meredith entende como poucos como é lidar com a doença e ainda tem um papel importante na história uma vez que sua mãe foi o outro grande amor da vida de Richard.

Shonda ainda foi capaz de interligar toda a trama principal com a separação definitiva (no papel) entre Owen e Cristina. O caso dos motoqueiros foi muito bom e conseguiu me fazer entender, na medida do possível, o que se passa na cabeça de Hunt. É claro que um simples papel assinado ou “desassinado” não muda nada, como bem prova o casal principal da série. Assim, não me agradaria ver todos os problemas de Cristine e Owen evaporando apenas por conta de um papel. Outra coisa que ficou meio tosca foi a tentativa de nos fazer acreditar que a Gasoline (adorei este nome) iria matar o outro cara, ficou óbvio para mim que tudo era pegadinha e que o clube de motociclistas não são filhos da anarquia e Gasoline nenhuma Gemma.

Com todo este drama, as outras tramas tiveram um papel muito importante para que o episódio não ficasse pesado, o humor funcionou muito bem e conseguiu atingir este feito. Os 3 encontros entre internos e atendentes foram bem engraçados e conseguiram descontrair. Ri muito com Karev e Jo disputando quem teve uma infância mais difícil e chorando para enganar os funcionários do hotel. Faz muito tempo que o relacionamento de ambos é um caminho óbvio, mas agora o roteiro consegue consolidar a química entre eles deixando tudo mais interessante. No outro encontro, mesmo tentando não repetir o histórico de Karev, Avery acabou pegando a interna que é meio feinha trabalhando e muito gata em ocasiões especiais. Já April, acabou causando um mal entendido com Shane, que por algum momento ficou pensando estar sofrendo assédio sexual. Nós sabemos que April não tinha segundas intenções e realmente só estava tentando ser legal, mas a situação acabou mudando o clima e formando um quadrilátero amoroso entre Avery, April, Shane e interna que eu (e nem ninguém) sabe o nome.

O episódio da semana que vem promete encerrar de vez a história da queda do avião, tomara que o faça e com o mínimo de dignidade, se é que é possível.

PS: A trama de Arizona e Callie até que foi boazinha, mas não acrescentou nada de novo no contexto da série e acabou sendo mais do mesmo.

PS2: A boa notícia é que os atores que interpretam os internos estão agradando titia Shonda e devem virar regulares na trama, com a exceção da Dra. Brooks, que tem o futuro indefinido já que a atriz que a interpreta está no piloto de Legends. Podemos comemorar. Eu, pelo menos, estou gostando muito de todos eles.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Eu também fiz uma reviews deste episódio - http://thegoodseries.blogspot.com.br/2013/01/greys-anatomy-9x10-things-we-said-today.html

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe