Nikita 3x08: Aftermath

domingo, janeiro 27, 2013

 Escolhas e suas consequências.

Eu sempre tive uma opinião muito forte em relação à Nikita. Talvez por causa do constante preconceito que a série sofre por ser da CW ou por causa do quase sempre incrível roteiro da série. Falando com a mais sincera honestidade, a série nunca me decepcionou. Alguns poucos episódios fracos e lentos, nada muito grave; Porém dessa vez, Nikita chutou muito longe do gol. Tudo estava lá, mas nada estava lá. É confuso, mas espero conseguir esclarecer o meu ponto nos próximos parágrafos.

Nikita sempre foi uma série de ação. Nunca, em nenhum episódio, faltaram cenas de explosões, lutas e mortes. E isso não é ruim, também porque é a proposta da série. Mas eu acho que nesse episódio ela foi um pouco gratuita. Eu não consegui me envolver o suficiente com o vilão da vez (Liam, que eu irei falar mais a frente) e tudo me pareceu mecanizado.

Eu gostaria de falar sobre alguns furos de roteiro. Mesmo que as relações entre EUA e o México estejam muito avançadas, eu não consigo acreditar que a polícia antidrogas americana tenha autorização de passar a fronteira e entrar no México, para interferir em uma operação alheia. E que uma prova de altíssima importância – a maleta - (encontrada no México, pela polícia federal mexicana) seja levada para um escritório em outro país.  

Eu vi algumas pessoas comentando que se sentiam enganadas porque pensaram que o Michael ia ficar andando com o braço decepado por ai. Francamente, claro que não. Primeiro que a classificação etária da série jamais permitiria isso e segundo porque não cabe. Não vamos colocar drama onde já tem drama. Esse foi um dos pontos que eu gostei do episódio, tratar adequadamente do drama da mão (ou falta dela).

A trama do episódio foi pobre. Alguns homens de um Chefe de drogas no México acabaram encurralados em uma fazenda carregando dinheiro, e uma maleta cheia de informações. Esse tal chefe, usa a sua última carta na manga, chamar um ex-agente da Division para resolver o problema. O que ele não sabia era que seu telefone estava grampeado, e a Division estava monitorando tudo. Como Liam é um dos fugitivos, o time entrou em ação.

E parece que Mikita está passando por problemas. Mas eu acho que é forçar demais a amizade insinuar que preferiria morrer a perder a mão. Estou no #TeamNikita nessa situação, mas eu tenho certeza que eles vão resolver essa situação. Como eu já disse, achei ótima essa prótese ao invés de cenas desagradáveis. (Beijos GoT e TWD).

Observações:

- Vergonha alheia daquela cena do Michael e do Owen. Vamos parar de colocar coisa onde não tem?

-Alexandra Udinov estava meio apagadinha, mas eu acho que esse plot das drogas pode resolver o problema.  

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Boa a review.
    Concordo que trama do agente da semana foi bem fraquinha e foi só pra desenvolver uma tensão entre Michael e Nikizinha sem estragar a fórmula procedural, mas pareceu que um novo plot pra temporada foi levemente apresentado neste episódio: A tecnologia da Division. O nosso nerd favorito disse que tudo vinha de contatos de Percy, e agora eles tão com o soborô. Espero um desenvolvimento desse plot, inclusive uma relação com aquele grupo megaevil mencionado mencionado na segunda temporada

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe