Parks and Recreation 5x10 / 11: Two Parties / Women in Garbage

quarta-feira, janeiro 30, 2013



Dois episódios, duas propostas bem diferentes.


Parks an Recreation começou o ano com o pé direito e mostrando que pode ser uma série bem versátil, capaz de nos apresentar dois excelentes episódios em sequência e bem diferentes entre si. É verdade que esta quinta temporada deixou o nível cair um pouco em relação aos episódios da incrível quarta temporada, mas a série continua muito bem. 

5x10: Two Parties:

Sou do time que acredita que comédias devem nos fazer rir, mas algumas séries como Community, por exemplo, são capazes de fazer, de vez em quando, alguns episódios pouco engraçados porém incrivemente legais e divertidos, foi justamente o que Parks acabou fazendo em "Two Parties", um episódio realmente muito bom que consguiu trabalhar muito bem os personagens (principalmente os homens) mesmo não arrancando gargalhadas rasgadas por aí. 

Minha única  crítica ao episódio é o desquilíbrio entre as tramas, uma vez que toda a maratona de despedida de solteiro masculina foi excelente, enquanto a trama das mulheres ficou um pouco abaixo. Não sou um grande fã de Jamm e talvez sua participação exagerada tenha feito esta história perder um pouco da sua graça. Além dos homens terem passado por diferentes tipos de despedida de solteiro, a trama foi muito bem amarrada com a atual situação amorosa de Chris. Muito legal pensar que a festa começou com um jogo de RPG, foi para uma sorveteria, balada no sense, estádio de futebol e acabou com uma bonita demonstração de amizade. 

No lado cômico, o destaque ficou para Andy falando sobre uma possível relação de Chris e April após a sua morte, Leslie experimentando sua risada mega evil e aqueles hilários chapéus com formato de pinto. Muita gente pode achar apelação este tipo de piada mais deselegante, mas sempre achei que Parks consegue usar muito bem este humor de gosto duvidoso, sem cair na apelação.

 5x11: Women in Garbage:

Já em "Women in Garbage", as coisa foram bem diferentes e tivemos um dos episódios mais engraçados da temporada. Andei lendo algumas críticas pesadas em relação a ele e discordo e muito de todas.

A jornada de Leslie e April tentando aumentar o número de vagas de emprego no setor público  para mulheres foi muito engraçada e de longe o grande destaque. Tudo começou muito bom quando descobrimos que os vereadores homens controlam o ciclo menstrual de suas colegas e que mesmo aplaudindo ou elogiando eles acabam apenas diminuindo as mulhereres e ficou ainda melhor na medida em que April, mais uma vez, começou a roubar o episódio para si. Eu sou um grande fã da personagem e me diverti muito com tudo que ela fez durante o episódio, mas como não amar ela contradizendo Leslie nos argumentos feministas e depois toda empolgada ao recolher lixo e violar a privacidade alheia? A conclusão da trama não foi muito criativa, mas acabou terminando a discussão de forma excelente.

Ron e Ann cuidando das filhas de Diane também foi muito divertido. São raros os episódios em que Ann consegue se destacar comicamente e neste ela realmente conseguiu. A personagem estava muito carismática ao entreter as meninas. Ron também não ficou atrás principalmente na cena em que vira alguns goles de bebida para aguentar a situação. Mesmo com tudo isto, o melhor desta trama foi Jerry, primeiro falhando em ser legal com as crianças e depois com todas as aquelas chaves.

Tanto Chris quanto Tom, Ben e Andy acabaram meio apagados, mas a propagando de Tom no final acabou fazendo valer a pena.

Com dois episódios tão bons e por motivos tão diferentes, Parks and Recreation prova que ainda está em boa fase e que pode render ainda mais, pelo menos enquanto a NBC não dar mais alguma mancada e cancelar a série, dando continuidade ao processo de emburrecimento das comédias do canal.    

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe