Pretty Little Liars 3x16: Misery Loves Company

terça-feira, janeiro 29, 2013




Quem se importa com Toby sem roupa se tem uma Meredith agindo que nem uma LOUCA, tentando entrar desesperadamente pro –A Team?


Eu me importo, na verdade, mas de qualquer forma, finalmente PLL teve algumas bolas para não continuar a enrolar em alguns aspectos e mesmo que seja óbvio e até Alisson, que está morta, sabe, é claro que Spencer precisava descobrir a verdade logo.

Antes disso, porém, preciso comentar sobre Mona safadinha que sabia todas as respostas, mas queria virar o jogo só no fim do campeonato. Adoro ela achando que chorar e contar histórias tristes de seu passado e sua redenção vai dar em alguma coisa, como por exemplo, Hanna finalmente acreditando na ex-amiga, mas como já vimos INÚMERAS vezes, isso só a torna mais culpada ainda. Então, fica a dica para você, Mona, vá pesquisar novos endereços para a expansão das Empresas Luxousas –A, seja a relações públicas da empresa e pare de tentar fazer um trabalho que não é pra você. E outra: Se até Emily não acredita em Mona, é porque algo está MUITO ERRADO.

Diante de todas as incoerências, pelo menos o plot do pai de Aria com certeza estava rendendo. Até, claro, aparecer o episódio 16. No passado, Byron deu na cara que era o bad boy (como por exemplo, o comentário super estranho que ele fez sobre o filme e depois sobre saber um lugar para um esconderijo de Aria), só para depois Meredith aparecer com seu chazinho mágico para cuidar de sua nugget favorita.

Tomar um chá de ‘ervas’ especiais da amante do seu pai, sendo que o sentimento de ódio é mútuo? É muita ingenuidade mesmo. Qual era o problema de ligar para a mãe, contar o que estava acontecendo e, sei lá, fazer algo muito incomum... Ir a um médico?

Aria não conhece nada sobre a medicina moderna porque ela sempre está ocupada usando roupa vintage e por isso, também não percebeu a coisa MAIS estranha que aconteceu: A loira encontrou as páginas, ou seja, as tomou de Byron, para devolver para a pequena, só para depois DAR A LOUCA (ou seja, acabou o xanax), revirando a casa toda para pegar as páginas de volta para quando chegar na hora H fugir? Bom, na verdade, não foi só Aria que não conseguiu decifrar esse conhecimento e, pessoalmente, foi uma super bola fora.

Pirulito Liars não é conhecida por sua continuidade e coerência, mas algumas coisas são muito quebra de código. Esse entra no Hall dos momentos nonsenses da série e olha que essa lista já se encontra enorme, estando no top 5 ninguém menos do que Holden Kung Fu Panda e a mãozinha da Família Addams que aceitou um cachê menor para fazer uma participação em PLL.

O pior mesmo foi perceber o tanto que Aria é amada pelo outros, nem a própria mãe apareceu para ajudá-la na gripe. E sei que Ella estava ocupada com o boy magia dela, mas como ela já andou rodando demais pela cidade, não tinha nenhum problema em dar atenção para a filha, só para variar um pouco o esquema.

Achei lindamente tosca a cena em que as meninas são trancadas no porão, estão todas desconfiadas  de Meredith, mas elas não são lentas e vão assim mesmo, NA FRENTE, como se Meredith fosse uma pessoa para ser confiada cegamenta. Por causa disso, todas mereciam ser trancadas e torturadas por motivos de: burrice.

O momento de burrice passou no episódio seguinte, porque é claro que como Spencer perdeu a competição para Mona, ela precisava fazer algo para se redimir. Por mais que tenha ficado claro no começo do episódio que –A queria que Spencer descobrisse que Toby fazia parte também da sociedade, sempre é bom ver pelo menos UMA das Pirulito Liars usando a cabeça.

Se bem que o crachá estava em um lugar muito fácil de achar e a dica da calça já tinha entregado Toby desde o início, mas Spencer precisava ter certeza, confrontando o namorado de igual para igual e ainda querendo CONVERSAR com um maluco, sozinhos, no apartamento dele. Sou completamente à favor do confronto e do sofrimento, mas por favor Spencer, sofra em segurança.

P.S: Pelo menos não podemos culpar Meredith de ser persistente. Ela tinha estabelecido uma meta – encontrar as páginas do diário – e ficou procurando na casa por três dias e mesmo assim não achou. Ou seja, persistência é algo que não falta.

P.S: Jenna deve ter sido enterrado junto com Garrett... Só isso explica esse sumiço.


Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe