Pretty Little Liars 3x18: Dead to Me

segunda-feira, fevereiro 11, 2013


Que lógica é essa?

Sabemos que Pirulito Liars não é conhecida pela sua continuidade, lógica e roteiro. Até que dá para aceitar tudo isso quando um episódio é delicioso (como geralmente é), mas quando um episódio beira o limite do patético, uma verdadeira Boa Noite Cinderela (foi dopado duas vezes só vendo esse episódio), algo está errado.

 É claro que estou falando de Spencer e Emily, as garotas mais inteligentes de PLL, mostrando que conseguem inferir algo sem nenhuma prova além de uma foto e que conseguem misturar pesadelos por causa de um irrigador de grama.

Claro que, no caso de Emily, tudo é perdoado, afinal ela é realmente a mais inteligente do grupo. Mas o episódio já começou bem interessante, com Emily e Hanna fazendo planinhos para voltarem à delegacia para tirar uma foto da foto, meninas, por favor, era só ter tirado a foto na hora que viram, como assim? O que está acontecendo?

Isso, claro, porque elas ainda acham que não tem nenhum problema em entregar provas para Detetive Avulso. A única que realmente se sentiu ameaçada por tudo isso foi Spencer, mas a interpretação dela da situação que ficou meio complicada.

Afinal, o filho de Alisson pode ser do detetive só porque ele estava no mesmo lugar que ela (junto com milhares de pessoas)? Ainda voto que o baby deve ser do Jason ou do Lucas. Com tantos perus soltos, realmente pode ser qualquer um.

Não se compara, porém, ao grande floop que Emily deu. Alô Alô Rosewood, alguém pode ensinar Emily como funciona o subconsciente? O mais engraçado disso tudo é que já fomos avisados que ela não é confiável se tratando de coisas que aconteceram COM ELA MESMA. Esse episódio foi só a prova que precisávamos, afinal, ela simplesmente "confundiu" os pesadelos/lembranças/alucinações por causa do irrigador.

Para piorar tudo, as Liars descobriram algo que TODO MUNDO já sabia. Lolita (de vermelho) que está por trás de tudo, e como ela é loira, a coisa mais simples a pensar é que ela deve ser Alli. Certo? Nada demais foi descoberto e se até Hanna conseguiu chegar à conclusão que Alisson talvez não esteja morta, é porque o restante do mundo está equivocado.

Está sendo bastante legal ver Spencer trollando com todo mundo, jogando a merda no ventilador e não se importando com as consequências, mas quando será que ela finalmente vai CONFRONTAR Toby sobre tudo que aconteceu? O melhor de tudo isso foi ela finalmente descobrir que porta aquela chave abre e ficou devastada porque o quarto estava vazio e não tinha nenhuma foto dela para ser usada como voodoo nos próximos episódios.

Choquei ao descobrir que Emily ‘tinha’ aula de Francês, mas pelo que vimos com Spencer, ela não sabia nada, e depois descobrimos o motivo, por meio de flashbacks: Alisson também estava nas aulas e as duas ficaram ocupadas afogando na Pikachu da outra e por isso não aprenderam nada. Isso com certeza explica esse drama, mas como vão explicar a falta de notas que Emily tem agora com Alisson morta?

Outra coisa chatíssima foi mostrarem a família de Caleb. Descobertas inúteis como quem é o pai do Caleb só serviram para preencher vários minutos do episódio, junto com o irmão de Ezra, que apareceu também só para mostrar que é o novo Holden, por motivos de: bater nas pessoas alheiras. Pura perda de tempo, como foi o episódio, no geral.

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. esse epsódio n fez nenhum sentido, e eu não entendi pq a speencer chorou quando abriu o quarto, pq ela fez aquilo no tumulo, ou sei lá o que é aquilo, da mãe to toby. mt sem sentido

    ResponderExcluir
  2. Normal. Pirulito Liars sempre é sem sentido!

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe