The New Normal 1x17: Dog Children

sábado, fevereiro 23, 2013


Anything could happen.

Criar um filhotinho de cachorro se assemelha muito à criação de uma criança. Eles são fofos, ficam imensos, mas também dão muito trabalho. Choramingam a noite inteira, precisam viver sob constante vigilância para que não causem estragos, entre outras coisas. Bryan e David puderam comprovar isso quando adotaram Harvey Milkbone. E nós acompanhamos esse período de adaptação deles ao novo membro da família. É muito bacana ver esse paralelo que a série faz (dentro das devidas proporções) entre um bebê e um filhote, mostrando que os dois já estão preparados para enfrentar a futura responsabilidade de serem pais.

Mas como nem tudo são flores, imprevistos sempre acontecem, e tão rápido quanto chegou, o pequeno Harvey deu adeus aos dois, que ficaram inconsoláveis. E, novamente, quem já passou por essa experiência, sabe como é difícil se separar de um animal de estimação - que quanto mais tempo passa ao nosso lado, mais se torna querido e precioso.

E nessa hora que um velho conhecido nosso aparece novamente para dar apoio a Bryan. É o padre Michael, que deu as caras em The Godparent Trap, e retorna agora para falar sobre perdas. A conversa dos dois foi mais uma vez muito bem escrita e bonita de se ver. O ator John Benjamin Hickey volta a dar um show em seu papel, mostrando uma luz no fim do túnel na relação entre os gays e os religiosos nesses tempos de ódio e intolerância.

E enquanto o casal enfrenta o problema de saúde de Harvey, Goldie é chamada na escola devido ao comportamento de Shania, que resolveu encarnar os papeis de sua diva-mor, Maggie Smith, e acabou estragando a aula de história de sua turma. Eu acho que isso tudo foi recalque da professora que se sentiu diretamente ameaçada pela menina, que já virou a diva de The New Normal. Incrível como a garota sempre rouba a cena - seja com seus comentários pertinentes ou com suas imitações.

Mas nem tudo está perdido. Graças a isso, nós tivemos o privilégio de acompanhar Goldie em uma viagem praticamente alucinógena com o diretor da escola. E que diretor, hein? Com um cara desses na minha escola eu não teria sido um aluno tão comportado no ensino fundamental!

É por conta da DowtownAbbeydização de Shania que o pai da garota, Clay, resolve fazer mais uma visitinha. E se Goldie já estava com os hormônios à flor da pele, as coisas só pioram (ou melhoram, se a gente se colocar no lugar da loira) com o ex-marido andando sem camisa pela casa. Porque, convenhamos, o que falta de cérebro no moço é compensado em um corpo com um altíssimo nível de hotness. Como a tentação é demais, Goldie acaba cedendo aos instintos e dorme com Clay. No dia seguinte, o moço acorda todo feliz, prometendo (novamente) mudar e se tornar uma pessoa mais responsável.

Eu particularmente acho bem chato apelarem para esse retorno dele na vida de Goldie. Tudo bem que ele pode vir a ficar mais responsável e tudo mais, mas não sei se isso seria bom para a personagem, que já não tem lá muitos plots interessantes. Vamos aguardar, afinal, ele foi um fofo quando algo impensado aconteceu: Goldie foi parar no hospital.

Mas estava tudo certo com a loira no fim das contas. As dores que ela sentiu são normais no estágio da gravidez em que se encontra, e assim como o bebê, ela passa muito bem. Alívio tanto para ela quanto para Bryan e David - e para todos nós, que já nos apegamos tanto a eles que não queremos que nada aconteça com esse bebê!

Estou gostando muito desses últimos episódios. Mesmo após duas semanas sem novidades, a série voltou com um episódio muito bacana e não deixou a peteca cair. Que continue assim!

R.I.P. Harvey Milkbone

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. New Normal continua sem sal pra mim. Gosto da série, tem momentos fofos... Mas, se cancelassem semana que vem, não ia fazer falta. Bryan e David estão too much. Poxa, dois homens adultos e tão imaturos, cada vez menos consigo simpatizar com eles (mais no caso de David do que do Bryan). De resto, Shania é um alento, adoro essa menina.


    PS: Sou professor, NUNCA ví um orientador educacional tão hot quanto o da escola da Shania. Poxa, se tivesse um daqueles na minha escola eu até tolerava mais as besteiras que tenho que escutar.

    ResponderExcluir
  2. Poxa, Jos_El, que pena você não estar curtindo tanto a série assim. Confesso que a série perdeu um pouquinho o brilho presente nos primeiros episódios, mas ainda assim não a vejo dessa forma. Mas entendo o seu lado. Já vi muita gente falando isso, também.

    Shania já é a diva da série. Não tem mais jeito! Aliás, torço muito por uma longa carreira para a Bebe Wood! Que essa menina não pare por aqui!

    HAHAHA
    Parafraseando o comercial do Ferrero Rocher: "Com esse orientador, estamos conquistados"

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe