Nikita 3x12: With Fire

quarta-feira, março 06, 2013



Excelente episódio, mas podeira ter mais.


Depois do bom episódio da semana passada que focou mais no Sean (o que já devia ter acontecido há muito tempo), Nikita volta nessa semana apresentando um episódio que podemos dizer, no mínimo, excelente. With Fire teve de tudo. De atentado terrorista até Nikita incorporando o modo Amanda de interrogar, passando um pouco por conflitos pessoais. O décimo segundo episódio da temporada mostra pra todos os fãs que a série tem muito que apresentar e muito mais que resolver.

O episódio começa mostrando Ari Tasarov (que até que enfim apareceu mais) quebrado. Mas espera ai! Ari? Líder da Gogol falido? É isso mesmo. E claro, Amanda estava por trás de tudo. Falido, Ari recorre à Divison como sua única alternativa para proteção. É neste ponto que começa um dos melhores plots que vi na temporada. Sempre gosto desse estilo em que a pessoa conta a história e as cenas começam a ser exibidas. E quando fazem ainda com uma ordem cronológica quase igual, fica melhor ainda. Uma coisa a cena do elevador me fez pensar: a agonia de ver uma granada dentro de elevador e você perceber que está indo pra morte. Foi tensa a cena.

Assim Nikita começa sua mutação. Seu tom no interrogatório muda e ela vê que Ari dizia a verdade. O interessante e, pra mim, nada inesperado foi saber que Amanda fez de tudo para o ato terrorista ser relacionado com uma organização obscura do Governo. Se isso acontecesse, poderia ser o fim da Divsion. Ari sabia de tudo e Nikita queria respostas. Preço? 50 milhões. Inicialmente pensei mesmo que esse dinheiro seria usado para reerguer Ari e buscar vingança. Mas para ficar melhor ainda o episódio, Ari não se importava em ficar preso no cubículo pelo resto da vida e sim com o futuro do seu filho. Isso, no desenrolar do episódio, acabou fazendo Ari ceder (depois de apanhar muito) e entregar o nome do terrorista.

Algo um pouco inesperado foi saber que a Divison só tem 53,6 milhões. A organização não é mais financiada pelo governo, nem recebe migalhas de nada e canto nenhum. Foi surpresa para Michael e Nikita. Ryan, com a ajuda do Nerd, transformou um dinheirinho em uma pequena fortuna. O que queria mesmo saber, e fico intrigado com isso, é como a Division atuou por esses episódios todos com essa pequena fortuna. Uma organização grandiosa como ela devem ter gastos exorbitantes.

Só achei que esse episódio MERECIA uma continuação. Foi tão bom, me deixou apreensivo, mexeu com o psicológico de Nikitinha, mexeu com a vida pessoal da Alex, deu um salto no relacionamento entre Nikita e Michael, e não me conformo em só ter um episódio. Sério mesmo. Eu, no meio do episódio, pensei: “vai ter um ‘Continua...’ nisso ai”. Mas não teve.

Ahh Alex... Preferiu contar sua história da tatoo para o Owen do que para seu namorado. Estranho isso. Se eu fosse o Sean, não perdoaria [rs]. É sério. Só não entendi muito bem a questão dos pontos de comunicação. Estão sempre ligados? Todo mundo ouve tudo? Alex não percebeu que, como Sean estaria no comando ele ouviria tudo?

Pra mim, o ponto alto da temporada vai ser o casamento de Nikita. Aquela gota de sangue exatamente em cima do local proposto é um sinal. Alto e claro. Se acontecer nessa temporada, vai ser o ponto alto. Sem dúvidas disso.

O próximo episódio será sexta agora, 08. "Reunion" dará continuidade com a trama de Ari e seu filho. Até lá.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Também fiquei com esse mesmo gostinho de quero mais do episódio!! O que me deixa muito contente pq já estava ficando com medo dessa nova Division se tornar a velha...

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe