Switched at Birth 2x08: Tight Rope Walker

sexta-feira, março 01, 2013



A difícil tarefa de escolher um lado.

Eis que, depois de uma semana menos atrativa, Switched at Birth conseguiu justificar meu enorme carinho pela série outra vez. Aquela pegada dramática ainda está lá, mas dessa vez sentimos uma evolução e um novo item que pode se tornar algo muito bom.

É claro que estou falando do possível fechamento da Carlton. A frase de abertura não diz respeito apenas aos sentimentos de Daphne, mas aos nossos também. Eu até sou a favor do programa de inclusão dos ouvintes na escola, mas ouvir o lado dos surdos torna a decisão muito difícil, porque podemos compreender que aquele é o espaço que eles têm para serem eles mesmos, sem que sejam ofuscados pelos ouvintes. É complicado, e é essa a intenção da série: nos fazer pensar a respeito.

Apesar da indecisão, acho válida a iniciativa de Melody, mas acaba saindo pela culatra. Não teve discurso que pudesse mudar a cabeça do conselho e aí podemos ver o descaso com que esses assuntos são tratados por essas pessoas. Daphne não falou nada além da verdade ali, mas elas iriam admitir isso? Claro que não. “Carlton está dando problemas e quer esfregar na nossa cara o que estamos fazendo de errado? Mesmo quando temos plena consciência de que é errado? Bom, vamos fechá-la então.” Sabemos que, infelizmente, é assim que as coisas funcionam nesse mundo.

Como vocês podem ver, muito pode ser extraído desse plot e os roteiristas têm meu total apoio aí. Outra coisa que parece render (mas nesse caso eu não sou a favor e não canso de dizer) é o vício de Regina vindo à tona. Apesar de se fazer de besta, Daphne está certa ao dizer que a mãe já enfrentou problemas piores que os atuais e nem por isso voltou a beber. Bay é a mais sensata aqui e achei a decisão dela de investigar Zane e fazê-lo parar de influenciar Regina muito certa.

E como não poderia faltar, o romantismo rola solto no clima de Romeu e Julieta. Porque está na cara que Noah e Daphne vão ficar juntos. Ele tem química com ela, não com Bay. A referência a Doctor Who prova isso. Odeio que insistam nessa coisa de criar rivalidade entre Bay e Daphne, mas dessa vez vai acabar sendo para algo bom: o fim da dinastia Noah e o reinício a dinastia Emmett para Bay. Shippers e E-Bay já podem começar a comemorar.

Toby começou a perceber que a namorada nova é uma verdadeira quenga e logo volta para a antiga. Resta saber como Nikki vai tratar o período de término, em que Toby abusava da jacuzzi da outra.

P.S.: Muito legal Melody querer ajudar Travis a entrar pra faculdade e Emmett oferecer o sofá de casa pro rapaz.

P.S.: Seria Elisa a nova Simone?

Talvez Você Curta

0 comentários

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe