Nikita 3x18: Broken Home

segunda-feira, abril 22, 2013


Nem todos podem ser salvos.
R.I.P. Sean!

O MELHOR! Espetacular, fantástico, tenso e eletrizante. Quais outros adjetivos podemos usar pra Broken Home? O fôlego, cadê?! O queixo despencou da minha boca e os olhos não desgrudaram da tela. QUE EPISÓDIO FOI ESSE, MEU POVO?

Pra mim, Broken Home foi, de longe, o melhor episódio de toda a temporada de Nikita. E me atrevo a dizer que foi um dos melhores de toda a série. To aqui tentando escrever e nem sei por onde começar. Simplesmente to em choque [rs]. Mas vamos tentar falar de tudo e por partes.

A primeira coisa que vimos foi a Division rebelde finalizando seu plano e distribuindo uma indenização pra todos os agentes. Nossa! Que coisa né? Sou assassino, fui resgatado da prisão por um crime que eu cometi e no final de tudo, vou receber uma boa e rica aposentadoria com nova identidade e nova vida. Muito legal isso. Mas só acontece mesmo quando rebeldes assumem o poder e tentar inserir um futuro utópico na mente desse povo. Falo isso, por que se a Division estivesse toda certa e finalizando sua proposta inicial, acho muito improvável que o governo Americano daria uma indenização. Mas isso é detalhe, vamos para o próximo item.

Desativar Shadownet? #BirkhoffChora. Não tinha pensado nessa questão ainda e foi muito bom o Sean estar lá para nos lembrar. Os agentes fugitivos tinham rastreadores, eles tiraram e mesmo assim a Division consegui rastrear alguns graças ao programa. Do que adiantaria desativar todos os rastreadores se o programa ainda estivesse na ativa possibilitando encontrar os agentes? Uma ponta solta que nem eu percebi e foi muito bem amarrada. A questão é que é nesse ponto que começa o levante #DivisionVive [rs]. Tenho que falar que o Nerd usou muito bem sua massa cinzenta e pensou algo rápido e eficiente, mesmo que custou a vida de um agente rebelde. E tenho que dizer que foi muito bem pensado, o Nerd criou Shadownet. Mesmo se ele destruísse o programa, a probabilidade dele construir outro seria muito grande.


Outra questão que merece GRANDE destaque é a Black Box. Aparentemente os rebeldes tinham se esquecido dessa questão. Como todos sabem, a Caixa Preta foi criada pelo ilustríssimo Percy (descanse em paz) com o objetivo de guardar todos os segredos obscuros da Division para servir de chantagem caso alguém “passasse a perna” na organização. O fato é que serviu muito bem no seu objetivo até quando a Division estava nova, com Ryan e Nikita no comando. A questão do destaque é que, mesmo com novas identidades, o passado dos agentes e da Division ainda estaria solta, o que seria um grande risco pra todos se a informações fossem expostas. Mais um ponto negativo para o #LevanteRebelde. O cerco está se fechando.

Tenho que falar de novo do Nerd. Que esperteza do cão [rs]. O moço encontra Owen sem saber ainda da verdadeira personalidade do rapaz e que acaba levando Birkhoff para um terminal na qual ele pudesse acessar o sistema e destravar os elevadores para que Owen/Sam pudesse fugir com a Black Box.O caso é que Birkhoff tendo acesso aos servidores consegue libertar Sean e Michael da prisão quase de vidro. Meu primeiro pensamento na cena? Agora a cobra vai fumar [kkkkk].

O caso é que Owen/Sean conseguiu escapar e Michael foi logo em seguida usando um rastreador na Black Box. As cenas seguintes é que são realmente muito tensas. A Little Bitch Rachel resolve simplesmente matar o querido Nerd. Foi o estopim pra Alex perceber que muita gente já estava ferida e iriam se ferir muito mais. A bagunça se formou até ter bala perdida pra todo lado. Adorei ver a Sonya defendendo seu homem e atirando como uma super profissional.  Só faltou o Birkhoff falar “that's my girl”. 

Detalhe no biquinho que a Sonya fez.
Segundo informações, ela tuitou dizendo "Sou diva" [kkk].
Adorei mais ainda ver a Alex acabando com a Rachel, que sambada linda. Lindo também foi o Nerd botando ordem numa casa que nem ele manda. E foi ai que foi o fim da Division. Deu muito a entender que muitos agentes fugiram e cerca de uma dúzia continuaram. Como será a Division agora? E o que a Presidente fará quando souber? Se souber. E Ryan? Imagine ele acordando e vendo a zorra que tá a organização. Bom pessoal, isso fica pros próximos capítulos.

O final da trama toda foi Sean estirado no chão, morto por uma hemorragia interna. Pra mim, foi ponto positivo pra questão de detalhes. Que fique claro, que discordo de alguns quando dizes que Sean não faz diferença na série. Mas meu ponto positivo foi, depois daquele tiroteio todo na Ops, ninguém sair levando um tiro? Seria descaração. Até que aparece Sean sentindo dores. Aparentemente duvidei de ser tiro, pois não tinha visto sangramento. Mas ficou explicado e muito emocionante a cena da Alex [ ='/ ]. Alex depois disso fugiu, sabe lá os roteiristas pra onde ela foi.


Falei isso tudo só da Divison. E agora vem o verdadeiro BOOM do episódio. Preparem os corações e as caras, pois as cenas que vou comentar é uma verdadeira Marques de Sapucaí em dia de desfile das campeãs, como disse o Wander nos comentários da review anterior.

Paralelamente a tudo isso que estava acontecendo na Divison, a Mega Evil Amanda estava começando seus joguinhos mentais com a Nikitinha. E que jogos mentais! Aguenta coração e fecha a boca (por que o queixo não para de cair nesse episódio). Lindo de ver a Amanda falando que não apostaria na destruição da Division se a Nikita estivesse lá.

“Hora de sua ultima lição.” É exatamente assim que começa todo o processo. Gente, ainda estou sem acreditar no que vi. O caso é que Amanda levou a Nikitinha para um passeio no passado. Tudo girou em torno do passado da Amanda.

Nota: Ainda estou sem saber como falar tudo [rs]. Vou parar de enrolar e ir direto ao que interessa.

Vimos que Amanda não é Amanda. #BOOM. Amanda é Helen, irmã gêmea da Amanda que matou a Amanda. #BOOM. Ficou meio confuso né? [rs] O caso é que a verdadeira Amanda era “filhinha do papai” enquanto a Helen era usada como cobaia em experimentos contra o Estresse Pós Traumático. Tudo fazendo sentido já que o pai das moças era militar.

Mas vamos voltar um pouco? O que Amanda/ Helen fez mesmo com a cabeça da Nikita foi inseri-la no lugar da verdadeira Amanda e viver tudo aquilo que a família tinha vivido. E a lição que Amanda queria dar foi realmente muito boa. Não se pode salvar todos.

A manipulação mental da Amanda foi realmente impressionante. Além de ter inserido a Nikita no seu mundo, Amanda aparecia algumas vezes para “iluminar” o caminho. E o jogo mental foi justamente falar uma coisa pra Nikita fazer outra e daí tirar a lição. Nikita, na pele da verdadeira Amanda, imaginava que estava mesmo no lugar da Amanda que conhecia, mera ilusão.

Não adiantava a Nikita tentar “mudar” o passado, tudo acabaria do mesmo jeito. Helen matando o pai e Amanda, assumindo uma nova identidade e ateando fogo na casa. Aqui, vale lembrar, que entendi o desespero da Amanda em Reunion, quando ela e Nikita ficaram presas num galpão em chamas.


Acho que não tenho mais o que falar do episódio. Só lembrando das cenas finais. Pra mim, Nikita vai se transformar em algo. Como vimos nessas cenas, Amanda não terminou o serviço com Nikita e o melhor, ela soube usar sabiamente o tempo em que estiveram juntas. O que pode vir daí? Não sei. Não arrisco muita coisa, Nikita tá sambando de mais na cara de todo mundo. Só acredito que como o “serviço” com Nikitinha não foi finalizado, pode não acontecer nada, mas pode também acontecer algo que nem Nikita e nem Amanda espera.

Ponto1: Escrevi de mais né? Também, um episódio desse merece.

Cena estilo "Amanda Diva":

''I told you I was so much worse than all you bitches put together.''
Próximo episódio, pela sinopse, não deve ser muito intenso como os últimos (creio eu). Self-Destruct vai ao ar na próxima sexta, 26, e vai seguir essa linha pós-destruição da Division, a tentativa de Nikita e Michael de reerguer a organização antes da Presidente descobrir, Alex volta para velhos hábitos e algo inesperado, segundo a sinopse, memórias dos dias de glória da Division vão assombrá-los.

Quem quiser comentar o episódio, só mandar tweet pro @Italocvs =)
Até a próxima! Vou respirar um pouco.

Talvez Você Curta

5 comentários

  1. Spoilers a parte, que episódio sensacional ! Caos instalado, assim que é bom. Mas o que me cansa um pouco é a Alex pqp, so espero que ela não fique de mimimi revoltada colocando a culpa da morte do sean no pessoal, pq ele morreu por culpa dela (vagabunda, merecia uma coça bem dada), mas acho que a série ta se encaminhando bem, to curtindo demais. Ah a parte da amanda e da nikita tbm não consegui, confesso que passei a maioria, queria é ver a porrada comendo na division.

    ResponderExcluir
  2. Acabei de assistir o episodio!!! ele foi F%$#@!!!!! the best dessa temporadaaaaaaa!!!!!...nao conseguia nem piscar assistindo....ver Nikita vestida com aquela roupa infantil foi mto engraçado...ela eh linda de qqr jeito.....a minha divida tbm eh saber o q mais ela fez na mente na Niki....enfim...PERFEITO O EPISODIOOOOO

    ResponderExcluir
  3. GENTE! Ítalo amei a review! Pelo visto entrou todo mundo no samba do criolo doido! De queixo caido e sambada na cara! KKKKKKKK

    O QUE FOI TUDO ISSO? Não sei nem o que comentar (ainda bem que não tenho que escrever review, rs)

    Chorei com a morte de Seanzinho... E pela Alex também... Aquela hora que ele diz, "Olha, foi ali que nós conhecemos" ;(

    ResponderExcluir
  4. Sabe se vai ser renovada mesmo ? pelo lance do syndication e tal ?

    ResponderExcluir
  5. Olha... é bem possível que seja renovada por essa questão...
    Já saiu até um boato que a renovação estava quase certa por faltarem ainda episódios para o syndication...



    O fato é, que pra mim, Nikita é uma das melhores séries da CW, se não for a melhor... e perde-la assim não vai ser legal... e sem contar que duvido muito que a audiência das sextas à noite aumente se o canal colocar outra série...

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe