Shameless 3x11: Order Room Service

terça-feira, abril 02, 2013

 

O Fim das Utopias.

Shameless chega finalmente em sua reta final, e ao que parece um pouco perdida. A sensação é que a temporada já acabou, e que plots provisórios foram construídos no decorrer desse episódio, preparando o terreno para a nova temporada que já começa à abrir os seus arcos no próximo episódio. Porque não sermos mais francos... Foi sim um episódio de fillers, assim como vários outros que a série teve nessa instável temporada. Esse foi um terceiro ano muito inconstante, claro que com muito mais altos do que baixos, mas foi! E "Order Room Service" foi um desses baixos. Se nada ia dar em nada, qual foi a necessidade de termos este episódio?

A começarmos pelo plot de Fiona e do chefe dela. Porra! Jake McDorman! Custa dar uma chance? Por um momento achei que toda a história do acampamento, a quedinha dela por ele, todo o envolvimento dos dois fosse dar em alguma coisa. Quando ela levantou com aquela cara de vaca arrependida, e deixou o cara na mão, eu pensei... Não! Isso não está acontecendo! E tudo por causa de Jimmy que está cangando e andando para ela. Tudo bem que é difícil achar alguém que se adeque ao estilo de vida dela como o namorado o fez, mas nem ele aguenta mais... É hora de partir para outra Fiona. O engraçado foi que nos proporcionou aquela cena da tatuagem... É! Eu sei que teve gente alegrinha aí do outro lado da tela.


E por falar em Jimmy, não sei vocês, mas eu já estou revirando o olho toda vez que o personagem aparece em cena. A mesma repulsa que tenho com Kev e V, estou transferindo para o namorado de Fiona. Além do plot de ser mais arrastado que carroça de mendigo, quem realmente está comprando o desfecho dessa história? Tem alguém aí realmente acreditando que Jimmy vai morrer? Fora a forma como toda a história está mal conduzida... Por que não mostrou Estefânia sendo levada pela imigração, ou Jimmy bêbado? E quem é esse amigo dele que apareceu do nada e já está dando casa para ele ficar? São essas coisas que irritam. Milhares de arcos foram criados em relação ao rapaz essa temporada e nada foi resolvido... O pai dele? Cadê. Ficou enrolando a porra da temporada inteira nessa história dele com Beto, para no fim das contas ter um desfecho tão ridículo e previsível. Só por Deus!

E por falar em arcos que não foram fechados, porque que não falamos sobre Frank? Esse sim ganhou um plot por episódio e olha que engraçado, não engatou nenhum! Acho que o ápice da temporada foi sim o embate entre ele e Fiona na corte, e foi muito antecipado na temporada, deixando para o resto da mesma nada mais do que pontas avulsas, principalmente em se tratando de Frank. E a história do personagem sendo gay? Não durou nem dois episódios! Aí nessa semana ele me aparece reclamando de ser sem teto por dois dias, como se ele já não estivesse acostumado, e bola um plano mirabolante com Carl para poder ir para a cadeia e ter aonde passar a noite. Foi muito engraçada a cara do Lip, do tipo... "Não basta sambar na cara dos espectadores, agora está sambando na minha também!" Isso Lip, aprende com o pai! Aprende a ser esperto! Já vi no promo o arco que vai ser criado para Frank no próximo episódio/temporada, e francamente não gosto do rumo que as coisas estão tomando... Está faltando consistência Shameless! Consistência! 


E o que falar de Sheilinha então... TOC, bipolaridade, amnésia, falta de instinto materno... A personagem dança conforme a vontade dos roteiristas. A cada episódio samba na nossa cara com uma atitude diferente. Não fazem nem duas semanas que ela estava pedindo desculpas para Karen por ser uma mãe omissa e displicente  e agora simplesmente do nada, diz que vai deixar a filha ir pra "puta que o pariu" dos Canyons com Jody e a família dele. E Lip? Que não se indignou nem um pouco com a situação? Sério. Todo esse transtorno de personalidade de Sheila e os que à cercam, já está deixando de ser engraçado, e ficando estressante. Porra! Se era para tirar Karen da história, porque não matou?

Incoerências à parte, achei realmente tocante as cenas da menina fazendo a Drew Barrymore pra cima das pessoas. Sheila e Jody são mais maduros e estão acostumadas a dar tempo ao tempo, porém a cara de inconformação de Lip ao ver o estado da menina, foi realmente de tirar o chapéu novamente para Jeremy Allen White, que está tendo o seu personagem muito bem conduzido nesse arco. Ótima também foi a explosão dele com Mandy, finalmente indo dar uns tapas na cara da vadia, e colocando de vez um ponto final na história! Vai tarde Mandy! Nunca gostei de você! A revolta de Lip, se juntou com a indignação de Ian, que estava afim de jogar merda no ventilador... E é com muita alegria que digo: vai feder para todos os Milkovichs. E sinceramente espero que esse seja um ponto final para a família na série, já não acho mais que eles se encaixam, e está na hora dos Gallaghers superarem e seguirem em frente.

No mais é isso! Com a temporada já terminada, nos resta esperar que arcos mais descentes e constantes sejam levantados para a próxima. Semana que vem estamos aqui para comentar a "season finale" até!

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe