Nikita 3x19: Self-Destruct

quarta-feira, maio 01, 2013



Não sei se venceremos. Mas estou pronta para lutar.


Não sei se vocês já perceberam, ultimamente estou começando muito as reviews com falas da Nikita. O motivo? Simples... essas falas do final resumem sempre o que achei do episódio e o que espero por vir.

Mas falando do episódio, Self-Destruct não nos apresentou um roteiro “sambativo”, mas quem disse que isso foi ruim? Depois de excelentes episódios, a série nos dá de bandeja um episódio muito bom, uma delícia de ver e o mais, deu pra dar uma respirada e recuperar de Broken Home.

Pra mim, o melhor ponto do episódio foi Ryan acordando do coma, perguntando o que aconteceu e em cada cena uma pessoa falava: “você perdeu muita coisa”. Fiquei imaginando ele pensado em todos esses momentos “que diabos aconteceu aqui?”. Mas não é de se espantar, o moço perdeu as melhores coisas da série: Nikita raptada, 14 agentes permanecendo pós-destruição da Division, 8 agentes mortos, e alguns outros tantos fugitivos.

Muita coisa aconteceu em seu coma Ryan, e o jeito de resolver tudo foi destruir a Division. Sim. Depois que o contato entre a presidente e Ryan morreu, essa posição precisa ser restabelecida e a pergunta que fica é: e agora? A Division naquela situação com vários agentes fugitivos, se isso caísse nos ouvidos da presidente não poderíamos esperar outra coisa além de SEALs invadindo a localidade. A solução de Ryan foi explodir tudo e assim, todos pensariam que os agentes da organização estariam mortos. Pensando nesse caso, até que era um bom plano.

Enquanto Ryan e o Nerd implantavam os dispositivos explosivos, Nikita ia mais uma vez salvar Alex. O interessante de ver nessas cenas foi a similaridade entre Alex e o que aconteceu com Nikita quando Daniel morreu/foi assassinado. Foi um pouco interessante, mas essas repetições de acontecimentos já estão me enjoando um pouco. É Amanda mexendo com a cabeça de Alex, depois com a de Owen/Sam, depois Nikita. Você percebe claramente que muitos acontecimentos se repetem.

O caso é que Alex, depois de ser abalada pela morte de Sean, saiu doida pelo mundo com o objetivo de salvar mais pessoas. Bem, como vimos, o trabalho da Amanda foi muito bem feito e ainda estava reinando nos miolos da moça. Mas nada do que Nikitinha contando toda a verdade não pudesse resolver. Nikita é ou não uma mãezona? Aquele diálogo entre as duas no carro antes de irem para a Ops foi lindo.

Falando de diálogos lindos, o de Nikita dizendo que não iria embora foi lindo também. Mais uma vez provando que Ryan está no comando só como uma espécie de “laranja” e que é Nikita que manda em tudo. Portanto, Nikita para presidente.

Bom, como o episódio foi mais calmo, eu não tenho muita coisa pra falar. Até porque os acontecimentos giraram em torno do que eu falei: Ryan acordado e tentando controlar a situação enquanto Nikita tentava salvar Alex.

Próximo episódio vai ao ar nesta sexta, 03 de maio. High-Value Target vai dar segmento à história da Back Box e a tentativa da Division de recuperar a caixa num encontro do G-20.

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Só não entendi porque não fazer os dois: caçar Amanda (e a black box) e destruir a Division. Pegava tudo que dava pra pegar e achava outro HQ, fugindo do governo e ainda caçando bitch mor (claro que nesse cenário Ryan ainda teria que se entregar ou de alguma forma passar a informação).
    Outra coisa, a Division não tinha um reator nuclear gerando energia? Não seria perfeito fazer parecer que foi um acidente nuclear?

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe