Mad Men 6x11/12: Favors / The Quality of Mercy

domingo, junho 23, 2013


Somos frutos do nosso meio... não foi isso que aprendemos em nossas aulas de filosofia?

“Favors” teve como foco a Guerra do Vietnã de uma forma que a série evitou no passado. Faz sentido que a sua presença só iria crescer, já que o conflito do Vietnã começou como o pouco visto e raramente falado antes de evoluir para uma catástrofe histórica para uma geração inteira. 

O que traz à tona é a chegada de Mitchell, o filho de Arnold e Sylvia Rosen, os vizinhos do Don e, no caso de Sylvia, sua ex-amante. Mitchell foi convocado para o exército, e ele e seus pais estão desesperados por uma saída. Megan tenta criar uma maneira de fazê-lo fugir para o Canadá. Don uma vez fugindo de sua imparcialidade brutal e fala com clientes que têm contratos para o Departamento de Defesa.. Esta configuração é interessante porque revela pela primeira vez que Don não é um defensor da Guerra do Vietnã, e se refere ao seu próprio serviço na Coréia como "diferente". 

Mas, como Don não é sempre “diferente”? 

E o pior ainda estava por vir quando Sally encontra seu pai "reconfortando” Sra. Rosen, como mais tarde disse ele quando tentava se explicar. Sally fica horrorizado e foge antes que Don pudesse alcançá-la, deixando Sylvia bater a se cama com raiva. Finalmente Don conseguiu destruir a única relação saudável e normal com o sexo feminino em sua vida. 

Enquanto isso na Sterling Copper & Associates (ah claro eles finalmente escolheram o nome da empresa), o que mais chamou a atenção foi a foco dado ao personagem de Bob Benson que desde o começo da temporada estava ali mais não havia nenhuma história que o ligasse a nada, ele simplesmente apareceu, mas nesse episódio finalmente descobrimos de onde o raaz veio. 

Depois da mãe de Pete afirmar que estava tendo uma relação sexual com seu enfermeiro. A validade desta afirmação é escassa, uma vez que o fato de que a demência está avançando ao ponto onde ela acha que Peggy é Trudy. Pete acredita que sua mãe está dizendo a verdade e vai imediatamente questionar o enfermeiro, e pôr em seu escritório para confrontá-lo. 

Bob parece cético em relação, e sugere que o enfermeiro é realmente gay, fazendo com que Pete o chame de degenerado. A câmera permanece no rosto de Bob, pois ele exibe um olhar de angústia e tristeza, e deixa cair seu exterior alegre pela primeira vez. 

Bob diz Pete que se o amor é verdadeiro, ele não pode realmente estar errado, e no grande momento do show, esfrega sua perna contra a de Pete. Apenas dura um segundo antes dele se afastar, com os olhos de cachorrinho de Bob, refletem uma tristeza oculta novamente. 

Então, Bob Benson é gay. E qual será seu papel nesses dois episódios que faltam? 




A cópia de “O Bebê de Rosemary” que Sally estava lendo alguns episódios era uma dica do que estava por vir, e esta semana a história de uma mulher que dá à luz a semente de Satanás estava em todo o lugar. 

Começando com a camisola amarela de Megan acordando em um vazio cama, seguido por uma imagem aérea de Don acordando em uma posição quase infantil, encolhido em posição fetal na cama de Sally. 

Megan leva Don ao cinema ver “Rosemary’s baby” em uma tentativa de tirá-lo de seu estado de trauma após a briga com Sally. 

Mais tarde, ele está literalmente dizendo "Waah Waah Waah" como um bebê, enquanto no escritório como ele age com sua equipe um anúncio da aspirina St. Joseph que satiriza o filme. 

Enquanto isso, Ken leva alguns estilhaços no rosto enquanto caçava com os caras Chevy e agora usa um tapa-olho durante todo o episódio, e sua lesão leva-o a renunciar a conta e abrir caminho para Pete intervir e “roubar” a conta com prazer.. 

Com certeza, Don não é o diabo, ele é o seu resultado. Nós sabemos que isso é verdade a anos. Sua infância foi um pesadelo. Como Adrian (e de todos nós, na verdade), tanto de quem ele é hoje, está ligada a quem eram seus pais e como eles tratavam. 

Mas onde é que isso deixa pobre Sally? Se o Don não Lúcifer, ela está poupado o destino de Adrian? 

Sally está indo para Miss Porter, e ela vai escapar de todos os pecados adultos assustadoras que ela foi exposta por todos os pais. No entanto, uma vez que está lá, ela descobre que está cercada por tudo o que ela estava tentando fugir, então ela acaba chamando Glen e seu amigo para trazer bebida e maconha para impressionar as meninas com quem ela está alojada. 

Ela tem um pouco de seu pai , e não apenas sabe beber e fumar, mas o fato de que ela vai fazer o que for preciso para conseguir o que quer, e cada um oferece um cigarro quando cada mãe no carona do carro (a mesma mãe que memoravelmente a trancou no armário depois de pegá-la fumando no banheiro) e ela aceita, é óbvio que ela é um produto do seu meio ambiente também. 

Ela não pediu os pais que ela têm, mas ela se tornou um outro elo na cadeia dos pais acusados de danificar os seus filhos, que depois crescem e se tornam pais ruins que prejudicam seus próprios filhos. 

Como tudo neste episódio, ou talvez até mesmo nesta série como um todo, vimos isso antes, e é a mensagem que vamos ver novamente. E que, como Megan tão bem coloca, é muito, muito assustador. 

Esta temporada de Mad Men foi sobre espelhos, ações e experiências são repetidas para mostrar o crescimento personagem, ou ao contrário, a futilidade da mudança. Nos primeiros anos do show, Pete descobriu que Don Draper é realmente Dick Whitman, tudo possível pela morte e confusão durante a Guerra da Coréia. Pete quer o trabalho de Don, e tenta chantageá-lo para sair. Don vira o jogo com Pete. 

E neste episódio Pete encontra-se na mesma situação, quando ele descobre a verdadeira identidade de Bob Benson. Benson é de uma cidade pobre em West Virginia, que fez a sua faculdade e mentiu seu caminho através de suas referências. Ele foi o servo para o vice-presidente de outra empresa, e mentiu o seu caminho para uma posição na Sterling Cooper & Partners. Bob Benson, assim como Don Draper, é uma fraude. Pete está agora confrontado com a mesma escolha com Don que ele tinha todos esses anos atrás, e ele escolhe uma opção diferente. 

Ele confronta Benson, mas em vez de chantageando e ameaçando-o, Pete diz a Bob que ele vai manter todas as mentiras que um segredo, e em troca não irá interferir com Pete enquanto ele tenta subir a última empresa. Apesar de ainda ser um enorme doninha, Pete tem realmente crescido muito como a personagem, e realmente aprendeu com algumas de suas próprias experiências. 

Agora é esperar e ver o que nos aguarda para o a season finale desse domingo.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Favors Cadeia é um filme que eu amei, ele tem uma mensagem maravilhosa. Eu acho que tem uma grande história e estilo cinematográfico.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe