Drop Dead Diva 5x09: Trust Me

domingo, outubro 13, 2013

Dramas de vampiros nunca foram tão bons.


Após alguns meses de hiato, Drop Dead Diva retorna sambante e caminhando para sua etapa final. Seja para um fim de temporada, ou para o final da série (cá pra nós, se foi cancelada uma vez, tenho até medo do que o Lifetime fará) o que podemos esperar é bastante confusão, como pudemos perceber por esse episódio.

No primeiro caso da semana, tivemos uma mudança bastante agradável quanto ao plot de Grayson. Esse que geralmente fica com os casos mais simples e sérios, dessa vez trouxe uma ótima pitada de sentimentalismo e bastante emoção, algo que poucos esperariam de um caso envolvendo um vampiro, aeromoças e armadilhas de alho embaixo de poltronas.

Kiera Dinescu é este jovem que se envolve no universo vampírico para fugir da realidade do bullying. Sua pequena façanha durante o voo o levou diretamente para a corte. Não que rosnar para aeromoças seja algo tão anormal (às vezes elas merecem), mas como logo é estabelecido um caso de abuso de autoridade, partimos logo para a demissão do jovem e o envolvimento de Grayson após ter conhecimento do passado do jovem. Com a mídia em cima do caso, e toda aquela cena em que a advogada tenta provar que ele não é um vampiro, foi difícil não se apegar ao caso e a tudo o que acontecia. Como o foco desse caso em si foi o envolvimento emocional dos personagens - e por que não dos telespectadores ?- não tivemos nada demais além do uso do alho e do espelho no tribunal. Como disse antes, é bom ver essa mudança de ar com o Grayson e afastá-lo um pouco da Nicole, essa personagem tão importante e amada por todos.

O segundo caso ajudou a ligar toda a história da venda da firma com a situação emocional de Jane e Stacy. Violet Harwood e sua mansão transformada em um abrigo para mulheres abusadas gerou uma sequência bastante complexa nesse caso. Primeiramente com os vizinhos reclamando e toda a situação do zoneamento que levou Jane a procurar o irmão de sua cliente para que ele liberasse dinheiro necessário para as mudanças. Então temos o envolvimento de Bill no caso, que acaba levando Jane a cometer um pequeno deslize no tribunal, levando então a um processo contra a Harisson/Parker, que já não andava boa. A pressão então se intensifica e até somos levados a crer que Jane tem um colapso emocional em pleno tribunal, quando na verdade tudo fazia parte de um plano. Não vamos, por isso, deixar de pensar que em boa parte, tudo aquilo desabafado por ela no tribunal tinha sua parte de verdade. O bom é que de quebra nos livramos da presença fantasma de Parker (por quanto tempo?) e ainda temos uma nova sócia na firma.

Com as coisas rumando para um fim, fica certo que teremos mais e mais cenas entre Jane e Grayson. Para os fãs desse casal tão lutador e que nunca fica junto, lembro-me bem de uma situação parecida em Smallville, onde demoraram cinco anos para juntar Clark e Lana, e bem... sabemos que as coisas não duraram muito. Vamos rezar para que a sorte do nosso casal seja diferente.

Toda aquela ceninha entre Jane e Paul foi bastante tocante, uma pena que ele tenha aparecido por pouco tempo, mas algo me diz que ele ainda vai dar muito o que falar até o fim da temporada. Fico apreensivo por que os últimos dois anjos da série não duraram muito, um deles inclusive por quebrar as tão temidas "regras".

PS:
- Tava na cara que aquela emenda do Owen ia por água abaixo, mas só eu meio que não esperava aquele beijo no final?
- Jane merece ser uma rainha, sim, ou claro?
- Kim, já estamos com saudades da sua bitchness, pode voltar, ok? 


Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Nahida Almeida Ghattasdomingo, 13 outubro, 2013

    Posso falar? Estou revoltada, com raiva e com nojo da Stacy. Isso não se faz com ninguém, muito menos com a fofa da Jane :(

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe