Grey’s Anatomy 10x04: Puttin’ on the Ritz

domingo, outubro 13, 2013


Dispostas a fazer quase qualquer coisa para conseguir dinheiro para o hospital.


Malabarismo, flerte, bebidas, bebê recém nascido e invenção da morte da esposa foram apenas algumas das técnicas utilizadas pelos membros do Conselho do Memorial Grey Sloan para a arrecadação de fundos para o hospital. Numa festa “conservadora”, os médicos entraram numa verdadeira disputa para arrecadar a grana necessária para cobrir os estragos causados pela tempestade. Na verdade, quem realmente entrou de cabeça na disputa foi Cristina, que gostou de voltar às origens, quando fazia qualquer coisa para roubar a cirurgia de seus colegas. É interessante perceber que o clima de descontração e o humor continuam sendo as armas mais poderosas de Shonda para manter a qualidade da série depois de tanto tempo no ar, o que vem funcionando muito bem até aqui. Grey’s Anatomy não é mais capaz de ser uma série foda, que nos emociona a cada episódio, porém vem se mantendo como um ótimo entretenimento justamente pelo apelo cômico.

Caso este realmente seja o fim para Cristina e Owen, até gosto do foco no fim do relacionamento e seus desdobramentos. Entretanto, se eles continuarem com suas idas e vindas, que já cansaram há muito tempo, todo este plot acabará sendo ridículo. Legal perceber que toda a sensualidade de Yang não tem preço, já que o cara fez um cheque com tantos zeros que nem cabiam direito na folha só para talvez conseguir uma noite com ela. Me diverti com Cristina fazendo quase de tudo para tirar a grana do ricaço e ainda mais dela ensinando a doutrina do Tubarão para Shane, que vem aprendendo com o melhor e mais feroz deles. Tanto ele quanto Stephanie estavam muito bem no episódio ao tentar tomar as próprias decisões na ausência dos atendentes e até o beijo entre eles no final não me incomodou. Só acho que ali não existe muita química para um relacionamento mais intenso no futuro e imagino que Avery seja mesmo um par mais adequado para a interna.

Meredith e Derek também estavam bem divertidos ainda se acostumando com o período de licença maternidade e tiveram um final de episódio bem bonitinho no hospital. Para tal, a série criou um dos momentos mais vergonha alheia do ano com a malabarista caindo em cima de uma avulsa qualquer e ainda tendo uma fratura exposta. Afinal, Shonda precisava criar na festa algum motivo para fazer os personagens exercerem a sua verdadeira vocação.

Quem realmente se destacou foi Callie, usando a falsa morte da esposa para comover a todos e ainda de quebra conseguir alguns cheques bem gordos. Gosto muito quando os personagens passam por cima de qualquer valor moral apenas pela vingança de corno e para ainda conseguir levantar algum capital de quebra. Enquanto isso, Arizona e April ficaram dento de um armário bebendo sem parar e discutindo o julgamento feito aos traidores. Achei digno.

 A trama com o pai de Karev foi muito óbvia e não teve tanto tempo para criar algum momento realmente forte no episódio. Imagino que a história ainda vai dar o que falar nos próximos episódios e gosto muito de ver o personagem lidando com os demônios de seu passado. Sendo um dos personagens mais bem escritos da série, ao lado de Cristina e Meredith, Alex vem merecendo histórias mais marcantes para si há muito tempo e será bom ver os roteiristas pagando esta dívida.

O que mais me incomodou no episódio foi o muro das lamentações de Richard. Que cara chato. A resolução parcial do problema encontrada por Bailey foi até interessante, mas não consigo suportar tanto mimimi. Chego até a questionar a coerência do personagem, uma vez que nunca imaginei ele sendo tão mala e ingrato com Meredith e Bailey mesmo num momento complicado como este. Cadê aquela médica de Curitiba para fazer a UTI rodar e ainda realizar o desejo deste chato?


Assim, Grey’s Anatomy se mantém forte nas quintas feiras da ABC. Humor, climinha descontraído, situações inusitadas e atitudes cafajestes. Só não sei até quando Shonda conseguirá manter a série neste ritmo, principalmente porque sabemos que esta mulher não quer largar o osso de jeito nenhum, mesmo com o grande hit que Scandal se tornou.

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. Episódio muito bom, engraçado e emocionante na medida certa. A história do Karev tava muito na cara, assim como o incidente na festa. Logo que vi os malabaristas saquei que ia dar merda.

    ResponderExcluir
  2. Só não sei até quando Shonda conseguirá manter a série neste ritmo, principalmente porque sabemos que esta mulher não quer largar o osso de jeito nenhum, mesmo com o grande hit que Scandal se tornou. +1



    Disse tudo!


    Scandal (que está excelente) pode explodir com a audiência que for, mas Shonda não largará Grey's nunca!


    Gostei do espisódio, mas confesso que esperava mais pra um episódio 200. Talvez pq nesse episódio eu senti saudade de todos que já saíram da série!


    Ótima review, btw.

    ResponderExcluir
  3. Valeu Suu. Realmente não teve nada de especial, muito pelo contrário. Típico episódio de meio de temporada que preenche bem mas não traz nada de sensacional.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe