The Mindy Project 2x04: Magic Morgan

quarta-feira, outubro 16, 2013




Mindy, Morgan e a sorte maldita.


Ah, um bom episódio! Se não acertaram no episódio dedicado ao término da Mindy e do Casey, acertaram em cheio no episódio pós-término. Quem a conhece sabe que a Mindy jamais abriria mão de usar o seu término pra poder fazer um drama. E dessa forma tivemos de tudo no episódio: lágrimas, risos, bizarrices, vergonha alheia, além de mais uma participação especial.

E por que não começar falando da participação especial? Neste episódio conhecemos Cliff Gilbert (Glenn Howerton, de It’s always sunshine in Philadelphia) que foi mais um personagem introduzido na história e mais uma excelente participação. Cliff é um daqueles advogados irônicos e com um toque de arrogância que são engraçados naturalmente. E com menos de 3 minutos de episódio, eu já estava gargalhando com a Mindy derrubando os objetos da mesa do advogado.

Ainda sobre novos personagens, tivemos o Dr. Peter Prentice mostrando que veio pra ficar e não aceita ser despedido. O cara foi muito bem no episódio, o humor do Adam Pelly é muito bom e agora temos um médico engraçado e que vai nos fazer dar boas risadas, além de colocar um pouco de humor no Danny e no Dr. Reed, que estão em débito quanto o assunto é ser engraçado.



Desde o começo dessa temporada eu venho elogiando o Morgan, e destaquei algumas vezes o crescimento do personagem. E neste episódio ele conseguiu englobar tudo que se pode pedir de seu personagem, desde a bizarrice e singularidade até a parte mais fofa que o Morgan pode ser. 

Desde que o Morgan e Mindy tiveram a primeira conversa com referência ao filme Maldita Sorte eu já imaginei no que poderia acontecer. E ainda me surpreendi. Mindy e Morgan? Sim, é bizarro. Mas o que a Mindy não faria pra viver uma comédia-romântica? E o que a Mindy desesperada não seria capaz de fazer para encontrar um príncipe?

Não tenho palavras pra descrever a cena da Mindy tentando forçar o Morgan a ter uma noite de prazeres com ela. Tudo foi engraçado, desde o Morgan enrolando a Mindy no papelão, até a Mindy caindo na real, e encontrando o quarto repleto de velas e Morgan pelado em sua cama. Muito, muito bom!


Pra mim, Morgan se superou tentando processar a Mindy por assédio sexual pra conseguir um encontro digno. Ideia de mestre. Além de fazer Mindy e Cliff se reencontrarem pra negociar o acordo do assédio sexual, o encontro da Mindy e Morgan nos presenteou com um momento bem especial. Mindy e Morgan na pedreira foram realmente fofos: as pedras, o eco, Mindy agradecendo ao Morgan. Foi um momento especial em meio a um episódio espetacular.

O que mais me alegrou nesse episódio foi relembrar os motivos que me faz assistir e não desistir de The Mindy Project. Todo o clima do episódio, a comédia em cima do drama da Mindy, as bizarrices do Morgan e a inconveniência do Dr. Peter conduziram o episódio para o caminho certo, e agora sim a história está fluindo. 

Se a mágica do Morgan realmente funcionou, teremos bem mais de Mindy e Cliff, e realmente espero que isso aconteça. Usando as palavras do meu colega Jairo Souza, em The Mindy Project tudo se trata de “vamos ver o próximo episódio”, portanto, não por causa de um episódio ruim que devemos deixar a série de lado. E também, não é porque esse episódio em especial foi bom, que devemos ter certeza do sucesso dos próximos (mas vamos manter as esperanças!).

PS: Vale parabenizar a produção da série, que trouxe 3 atores incríveis em apenas 4 episódios. Adam Pally, James Franco e Glenn Howerton ajudaram bastante nos episódios até aqui.

Talvez Você Curta

0 comentários

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe