Revenge 3x09: Surrender

quarta-feira, dezembro 11, 2013


Carinha de Emily quando você DECLINE WITH REGRET.

Antes de começar, gostaria de corrigir um terrível erro meu na review passada, ao esquecer da tentativa de sambada final, a revelação de que Lydia IS ALIVE!!! O golpe da barriga foi um desfile completo, com enredo de raiz e presença da única e exclusiva Valéria Valenssa e acabou ofuscando qualquer outro. Num ano onde todo mundo volta à vida, até Alison (quem?), essa não tão chamativa diva de Revenge não poderia deixar de voltar também. Bom, não tão chamativa até esse episódio.

Lydia volta a verdadeira rainha da bateria da Beija-Flor, lançando pérolas como "Zip me up” e “Já tive bolsas maiores que aquele quarto”. Extremamente caricata, mas é no mínimo digna de risadas. Não só dela, mas da coragem de apostarem nela quando já temos Victoria mais sambista (pra não dizer “caricata” e correr o risco de ser linchado; não me leve a mal, eu AMO Vic) do que nunca. Gostei que ela trouxe de volta o plot da foto de Emily na festa dos Grayson (plot do qual já nem me lembrava mais). Com tantas possibilidades de ser desmascarada agora, Emily só pode ter feito pacto com o capeta se sair ilesa (aquele tiro não conta) e ainda disfarçada depois do próximo episódio.

Como se não bastasse, Lydia ainda tem a coragem de empurrar Emily, que não é nada boba e, naquela queda totalmente artificial, só poderia usar isso a seu favor, reforçando a ideia da gravidez e ainda fazendo com que Daniel contasse para Victoria. Nessa jogada de mestre Emily mata dois coelhos de uma vez. Tanto a imprensa fica sabendo quanto Daniel fica PU-TO com Vic e resolve se casar com Emily, esquecendo Sara rapidinho, só pelo luxo de implicar com a mãe. Esse Daniel fica cada vez mais bundão, mesmo que tente disfarçar.

Quando a gente pensa que é Lydia quem vai ficar com o cetro no episódio, vem a sequência final, explodindo ovários até onde não tem. Sou shipper assumido de Emiden e confesso que fiquei #lokodokoo com aquela cena super sexy e fofa ao mesmo tempo dele pedindo ela em casamento. E mais: ele não propõe a Emily Thorne, mas sim a Amanda Clarke. Sério, Aiden me deixa completamente doido e recalcado e vou fazer questão de ir aos Hamptons sovar a cara de Emily se ele terminar sozinho e de coração partido.

Passado meu momento de SSF (Síndrome do Shipper Frágil), o melhor nem foi isso, mas sim a cara de Emily no final, quando Victoria faz questão de ir até ela pessoal, educada e LAMENTAVELMENTE (?) recusar o convite do casamento, alegando ter perdido o jogo, rapidamente recuperando o trono não só por se atrever a fazer isso, mas por sambar na cara de todos ao se dar por vencida. Espero que ela não se renda de fato. Espero um verdadeiro carnaval dela no próximo.

Essa recusa obviamente atrapalha o plano de Emily, que já tinha até sujado a pulseira de Victoria com pólvora para incriminá-la. Fica difícil se Vic não estiver no casamento. O que Emily irá fazer? Não perca o próximo capítulo desse grande sucesso da Televisa.



Talvez Você Curta

1 comentários

  1. O ritmo está lento mas estou gostando. Sci-fi de modo geral é assim e Fringe(é inevitável falar) também começou assim. Espero que a audiencia dê chance pra continuar

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe