Girls 3x07:Beach House

terça-feira, fevereiro 18, 2014


Lavando Roupa Suja na Praia a.k.a. #CRUELDRUNK

A casa das verdades! Finalmente um grande episódio para a terceira temporada de Girls.Já estava mais do que na hora. Como Hannah mesma disse, há muito tempo que essa história de melhores amigas, e todas saírem juntas já não estava mais dando certo, principalmente em relação Marnie. Desde que ela saiu da casa da melhor amiga, parece que as coisas nunca mais voltaram a ser como eram, muito provavelmente pelo fato da moça ter se tornado uma chata de galocha e ninguém mais querer ficar perto dela. Tanto é que a mesma não foi convidada para o resgate de Jessa. Não que ela tivesse algum interesse, afinal, parece que ela é obcecada por Hannah e este é o único motivo pelo qual ela convive com as outras meninas, já que não suporta muito Jessa e nunca demonstrou nenhum tipo de afeto por Shoshanna.

Como de praxe, sempre que se sente depressiva e carente, Marnie sempre reúne as amigas, pois precisa está sempre ouvindo elogios, e de pessoas que a coloquem para cima. Então resolveu reunir todas as meninas e fazer um "Psicho" final de semana, aonde o principal objetivo era engordá-las com pato e empalhá-las para sempre em seu quarto conversarem e descobrirem porque há muito tempo já não possuíam mais a mesma conexão. Antes de começar as discussões, queria dizer que tudo funcionou perfeitamente na ambientação de "Beach House", as tomadas de cenas ficaram incríveis, elas na piscina, andando de bicicleta... Estava tudo tão perfeito que dava claramente para ver via instagram que elas estavam curtindo "O Momento de Suas Vidas".


Tudo estava indo perfeitamente até o elenco de Rent Magic Mike aparecer e estragar os planos meticulosamente traçados por Marnie para o final de semana. Ao invés de Jantar seguindo de Kings of Comedy e fogueira, tivemos bebedeira, suruba na piscina e claro, uma overdose de cabaré. Sério, foi tipo uma chuva de emoções quando elas começaram a dançar a música de Breakfast on Pluto, quando elas executaram depois do jantar então... Lágrimas escorreram. Um dos melhores momentos da série para mim. Foi muito interessante também, ver como cada uma das meninas se identificou facilmente com o seu alter ego gay. Marnie foi correndo ensaiar os passos de dança com o "control freak" lá, Jessa não saia de cima do bonitinho, Elijah sempre foi a versão masculina de Hannah e sobrou o namorado dele para conversar com Shoshanna, de repente foi por isso que  o lado gongadora adormecido da menina foi despertado.

Por falar em gongar, vamos voltar ao tópico principal do episódio. E se Marnie queria um momento para que todas conversassem e tivessem um momento honesto de cura... Aconteceu! Ela pressionou tanto à todos, que inevitavelmente uma hora eles chegaram ao limite da paciência. Nós só não esperávamos que quem fosse puxar o bonde seria Shoshanna, e fomos surpreendidos pelo fato dela ser uma "Cruel Drunk". Desde o fim da temporada passada que nós já sabíamos que ela não era assim um poço de fofura, principalmente depois de tudo o que fez com Ray, e de todas as verdades que ela jogou na cara dele. Porém, nunca achei que ela fosse ter coragem de levantar a voz dentro do grupo das meninas, por motivos de aceitação. Pois então, vimos toda a situação que Marnie impôs chegar a um limite tão insuportável, que ela fez a mesma coisa que fez com Jessa no episódio passado, e saiu dando patada para todos os lados. Praticamente uma metralhadora de ofensas.


A personagem tem estado bem apagada desde que a temporada começou, mas tem sempre demonstrado nuances de desejo por amadurecimento. Ao que tudo indica a fase de experimentações acabou e Shoshanna resolveu tomar as rédeas de sua vida, ao contrário de todos que a cercam. O contato com pessoas mais velhas do que ela à levaram a uma rápida maturação e a constante convivência com exemplos frustrados de vida à levaram realizar que não é bem isso o que quer para a sua vida. A personagem figura como uma forte candidata a ser a mais bem sucedida do grupo, não só emocionalmente como profissionalmente também, e se nada der certo, ela tem uma cadeira cativa no programa do Dr. Phill, afinal, sua críticas foram extremamente pertinentes. Jessa e Hannah, já estão super acostumadas com isso, não só no relacionamento entre si, mas na forma como interagem com o mundo. Já Marnie não gosta muito de ouvir verdades (isso, a mesma pessoa que pediu a "sessão de cura") e da ultima vez passou um bom tempo sem falar com Hannah por isso. Estou ansioso para ver aonde toda essa história mais o relacionamento dela com Ray vai dar. 

Voltando à Marnie, causadora de todos os transtornos do episódio... Estava conversando com uma amiga na semana passada, e comentávamos exatamente o fato do roteiro estar fazendo com ela a mesma coisa que fez com Hannah na segunda temporada, mostrando as suas nuances mais grotescas, e as faces mais bossais da personagem. Se após o primeiro término com Ray ela já nos irritava em doses homeopáticas, agora então, que está se sentindo rejeitada, está cada vez mais agindo de forma insegura e desesperada. Fica claro, que ela só se sujeita a continuar andando com Hannah porque não possui nenhuma outra amizade com o mesmo nível de intimidade, mas que se pudesse substituí-la não pensaria duas vezes no assunto. Marnie quer amizade de contos de fadas, e Hannah é muito realista para se adequar a esses moldes. De todas eu acredito que apenas uma amizade é verdadeira e para sempre, a de Jessa e Hannah, o resto é pura conveniência.


Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Foi um excelente episódio, e como a Jessa disse: Shoshanna você é uma bêbada cruel.
    O que me irritou foi o elenco de "Magic Mike", foi tanto clichê e frescura que esse episódio conseguiu ser mais gay do que Looking, sem falar no desespero do Elijah em não ser rejeitado.
    Ps: não pensem que sou homofóbico, mas pelo contrario, sou gay e muito feliz sendo assim, mas chega uma hora que cansa ver tanto estereotipo sambando na minha cara (no momento em que todo mundo sai da piscina pra ir jantar, fiquei com a cara da Marnie e com ânsia de vomito)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha! Mas a ideia de girls sempre foi essa... te levar ao extremo de suas reações, e te irritar até o último fio de cabelo. Já falei isso por aqui temporada passada, girls é mais que um entretenimento, é arte, é expressão artística que busca reação de seu público.

      Excluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe