My Mad Fat Diary 2x01: Alarm

quarta-feira, fevereiro 19, 2014


Orgasmos Múltiplos!

Finalmente a espera acabou! My Mad Fat Diary está de volta para a sua sua segunda temporada mais incrível do que nunca. E sabe todas aquelas altas expectativas que tínhamos para o retorno da série? Pois é, elas foram superadas. Sério, eu me pergunto... Como consegue ser tão cretina e emocionante ao mesmo tempo? O texto desse primeiro o episódio estava impecável, e as inseguranças de Rae estavam batendo recordes, sempre nos presenteando com momentos impagáveis de paranoia da personagem. E como o tema principal do episódio foi a perda da virgindade, as tiradas sobre sexo estavam mais hilárias do que nunca, e só a brilhante atuação de Sharon Rooney, novamente, já fez valer os quarenta e cinco minutos em frente a tela.

Como o tema do episódio era sexo, seu novo relacionamento com Finn foi abordado de várias formas, tanto em momentos cômicos, quanto em momentos de extrema insegurança da personagem. Toda noia que ela desenvolveu com relação ao próprio corpo a impede de gostar de si própria, de se sentir bem e sexy. Mal sabe ela que aos olhos do Rapaz e aos nossos olhos ela é a coisa mais rica do universo. O tom de humor na cena dos dois também estava "On Fire". Fomos presenteados com cenas hilárias, como a do orgasmo de Rae com a dedada do namorado e a impagável cena do chuveiro. Nico Mirallegro também estava todo trabalhado nas caras e bocas e conquistando o coração de todos novamente. as caras que ele fez na cena do boliche, no quarto dela, no carro, no trailer... Sério, como consegue ser tão fofo e tão expressivo, além de todo o resto?


O episódio soube aproveitar muito bem a gangue também. Já que quase não estamos mais tendo cenas do hospital, o grupo ganha uma importância maior ainda. A ideia do Camping para perder a virgindade foi genial e nos proporcionou momentos épicos, como toda a história de Chloe dar em cima de Artie. Se continuar desse jeito, a menina vai acabar obrigando ele a sair do armário com medo de encostar na pepeca dela. Todo talento dele com a natureza também foi uma diversão à parte. Morri de rir também com a parte em que ele pega nos peitos de Rae, a cara que ela fez... Pqp. Parece que o nível de intimidade dos dois está bem alto, e se bobear ele vai acabar se tornando muito mais amigo dela do que Chloe. 

Chizzy estava lindo o episódio inteiro também. Como esses dois funcionam, que química incrível. Para mim é o casal mais shippavel da série, muito mais que Raemundo e Finn. Foi legal também o texto começar a dar uma visibilidade maior para Izzy e mostrar que apesar de nunca ter ido para um hospital mental, compartilha das mesma inseguranças que a amiga. Só não é tão surtada. Gostei de ver que agora ela está sendo mais incluída por Chloe e Rae, as cenas das três juntas seja falando da virgindade ou comprando lingerie foram bem bacanas. A parte em que ela vai com Rae depilar a virilha também foi uma ótima sacada do roteiro.


Gostei dos momentos dela com os adultos também. Apesar de não ter tido muito destaque, deu para perceber que sua mãe está bem melhor, e apesar de ainda nutrir inseguranças bobas, seu relacionamento com a filha melhorou significativamente. E quem aí também já não estava com saudades de Dr. Kester? As sessões foram muito boas, gostei da parte na qual ele ficou fazendo diretas até que ela respondesse "Fat Fat Fat!" para tudo. Dr. Kester sendo sagaz como sempre. Foi muito bom como toda história foi conduzida até descobrirmos que Tix tinha morrido. Esta aí uma que irá fazer grande falta. Na hora em que Rae e Kester choraram deu muita vontade de chorar junto com eles. Foi interessante ver como a personagem teve o seu próprio processo de luto, escrevendo as cartas, até que finalmente resolveu ir ao túmulo de despedir da amiga. Foi de cortar o coração.

E finalmente todo o episódio culminou para a tão esperada entrada da personagem no ensino médio. Infelizmente, ainda virgem. Dormindo no ponto. É engraçado de ver que apesar de todas as paranoias de Rae, Finn ainda continua sendo super fofo e cavalheiro, segurando a mão dela entrando na faculdade. Não consegui ainda entender qual é a essência por trás de todo esse arco dela não se achar merecedora do rapaz, ou da vida normal que está tendo. Espero que o roteiro destrinche mais isso nos próximos episódios. Tivemos também o surgimento de Liam, não sei porque mais está me cheirando a potencial romance para a história. Vamos aguardar para ver. No mais é isso, um ótimo começo de temporada. Espero que a série continue assim nos deixando com um sorriso de um canto à outro da boca, após o final de cada episódio. Até!

Talvez Você Curta

8 comentários

  1. Essa série é xodozinho gente, e dei tanta risada em certos momentos, mas tbm fiquei com o coração na mão. Só esclarecendo uma coisa, college no Reino Unido é o mesmo que o High School nos Estados Unidos, ou seja ela começou o Ensino Médio e não a Faculdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vlw pelo toque! Mas tipo... Wow eles são super velhos e nem estavam no ensino médio?

      Excluir
    2. Gente, onde posso ver online legendado My Mad Fat Diary?

      Excluir
  2. Oi, amigos do Seriadores!

    O que foi essa narração de Once Upon a Time in Wonderland?! Parabéns à edição, foi uma trolada ímpar!

    To aqui contando os dias para Sharknado 2, mas Camis, diga-nos, você sabe se virá em 4D para os cinemas??

    Das séries comentadas, tenho que dizer que Baby Daddy é uma comédia bobinhas, mas ótima de se assistir, assim como Melissa & Joey! Séries leves, e despretensiosas, para assistir, assim, no almoço de sábado, sabe? Quem ainda não viu, dê uma conferida!

    Estou na torcida por um milagre de Páscoa e que Hart of Dixie e Carrie Diaries sejam renovadas e que Modern Family continue nesta crescente ótima!

    Hoje passei aqui só para marcar presença, pois não conheço as outras séries.

    Abraço a todos!

    =D

    ResponderExcluir
  3. Só vim aqui agradecer por terem lido meu comentário e dizer que a trilha sonora de vocês é uma delícia

    ResponderExcluir
  4. E que sim, Black Sails (ao menos a trama) é legalzinha.

    ResponderExcluir
  5. Eu amei o ep no geral!!!! A Rae como sempre muito engraçada e dramatica. Confesso que meu otp é Rae e Finn e ninguem os supera!!! O Finn é um fofo e quase nao existe!! Ainda bem que esta tendo mais momentos deles juntos.... Espero muito que a série foque na mudança de atitude dá Rae para com ela mesma. Vai ficar chato e repetitivo se ela se questionar pq as pessoas gostam dela. é como a Tixx disse: Eu gosto de voce toda e nao tem explicação.

    ResponderExcluir
  6. Ah Léo, Monk não era tão ruim assim, pelo menos não tinha shirtless do Tony Shalhoub tipo We Are Men... De qualquer forma, sou cego pelo fato de a série ter sido minha primeira.

    Eu fiquei sabendo que os gastroenterologistas estão usando episódios de Once Upon a Time in Wonderland pra anestesiar os pacientes antes de fazer endoscopia. Mas não tem dado certo, porque geralmente eles acabam vomitando.


    Torcendo por The Carrie Diaries.

    Gostei de ouvir o Léo citando Desperate Housewives como uma das séries favoritas. Dez pontos pra você, e menos vinte pra Camis.



    Aproveito a oportunidade pra anunciar que finalmente terminei de ver 24 Horas, muito satisfeito com o final, e estou ansioso pela minissérie.


    Beijinho no ombro pra vocês.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe