Teen Wolf 3x18: Riddled

quarta-feira, fevereiro 12, 2014


Eu quero saber me querer com toda a beleza e abominação que há em mim.

Não sou obrigado! É muita tensão e emoção para uma série só. Sério, o que foi o episódio dessa semana? Quando eu comecei a assistir e vi que o episódio já estava naquele tom, eu parei tudo que estava fazendo e pensei... "Serão quarenta minutos com os zóio grudados na tela". E não deu outra. Não é mero clichê dizer que Teen Wolf está se superando, a maioria das séries teen já estão mortas em sua terceira temporada. É muito gratificante ver como os roteiristas conseguem subir o nível da série a casa episódio. E acho que se na metade da temporada já estamos assim, "there's no holding back!" A tensão só vai aumentar daqui para o final.

Eu já tinha visto o promo, sabia que existiria aquela cena de Stiles preso, mas o meu coração definitivamente não estava preparado para começar o episódio assim. E mais, ele não sabia aonde estava, como tinha ido parar lá, a voz dele no telefone com Scott era agonizante, sussurrando, chorando, pedindo para não contar para o pai... Sério, Jeff queria levar o público direto à um infarte coletivo. Lembrei muito de Enterrado Vivo o filme, claro, graças a brilhante atuação de Dylan O'Brien. O que é essa pessoa? já sabiamos que ele era bom, agora experimenta colocá-lo como principal de um plot. O ator estava possuído, e durante o episódio nos entregou de tudo, Sofrimento, Trsiteza, Badass... Praticamente uma Meryl Streep da televisão.


E como se não bastasse já as cenas agonizantes protagonizadas por O'Brien, todo a afliceta do episódio também não nos deixava sossegar, acorda Isaac daqui, liga para Allison dali. A cena do pai de Stiles descobrindo foi sensacional, Linden Ashby também merecia uma medalha por ser um pai tão real. Agora, toda a pira começou mesmo com Lydia ouvindo as vozes no rádio. Sabe-se que as melhores cenas da série na outra metade da temporada, foram as que envolveram Lydia. Ver que  isso não está sendo perdido e que ainda aproveitam a personagem tão bem, é incrível! Algumas perguntas ficaram sobre a personagem... O que ela ouviu naquelas cordas, será que nem todos estão mortos no dossiê de Stiles? Porque ela foi para aquela instituição mental? Será que esse é o futuro de Stiles? Até aonde vai a ligação da moça com o rapaz?

Interessante também foi ver que muitos personagens trouxeram o seu "A Game" para o episódio. Não sei se é porque se tratava de uma pessoa que era próximo de todos, mas não teve um que não ajudou no caso (menos a Allison, risos). Papa McCall usou de todo o seu talento para descobrir aonde Stiles estava, Isaac rodou o mundo atrás de Allison, Scott e mama McCall eram só sofrimento... E pasmem! Até Derek fez alguma coisa de útil. Afinal, Sterek estava em risco. Foi interessante ver como ele usou todas as informações que ele recebeu de sua mãe (quando ela baixou lá na Loba) para ligar os pontos da história, primeiro descobrindo que Stiles estava em uma luta interior, depois ligando o lance da Energia/Poder ao acontecimento com Kira, e por último chegando a conclusão que o Nogtsuné tinha possuído Stiles. Depois desse episódio Derek foi ali descansar o cérebro e já volta. 


Os enigmas lançados para Stiles no sonho também foram um quê a mais no episódio. Aí você que já estava lá no ápice da tensão, fica gritando que nem um retardado pra tela do computador as respostas dos enigmas. As cenas no hospital também foram de cortar o coração, ver Melissa conversando com o Sherife sobre a possibilidade de Stiles ter a mesma doença da mãe, Stiles reconhecendo isso, o abraço com Scott... Poxa, precisei de uma bacia. Stiles já tinha uma predisposição genética à doença, e ainda foi se submeter ao ritual lá da banheira, sabendo claramente que não voltaria são... Tudo foi levado ao seu limite. E ainda me vem o filho da mãe do Nogtsuné e possui o pobre do rapaz. É muito sofrimento para um personagem só.

Ainda no hospital vimos novamente a transformação de Dylan O'Brien que passou de triste para "Sou Ozado" em frações de segundos. Deu muito medo dele. E qual não foi a nossa surpresa quando a mãe de Kira apareceu lá no elevador aliada à seus Oni para combater Stiles, mais uma mãe badass em Beacon Hills. Espero que ela realmente não ignore o fato de que ele está possuindo Stiles e o mate assim mesmo. A cena dela com Kira, da lampada também foi legal, será que ela não vai parar para conversar com a filha sobre isso? É preciso que Derek ensine as coisas a menina? Agora voltando ao Stiles Nogtsuné, parece que as teorias que rolam nos bastidores do Tumblr são de que ele não é o único possesso, mas Allison também, afinal de contas o telefone dela não desligou sozinho. E o que eram aquelas gravações? Porém se abrimos margem para isso, Scott também entra na equação, afinal de contas, ele também voltou lá do limbo tendo alucinações. E Peter gente, que fim deu a história dele? Ainda continuo apostando num twist. Até mais!


Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Esse eps foi demais mesmo! Essa serie esta cada vez melhor e o que eu acho mais interessante é que apesar de ter apenas 3 temporadas ate agora, os produtores conseguiram dar vida e enfase em todos personagens, agora no caso é a vez do Stiles. Parabéns pelo review, adorei, pois o jeito que você "conta os fatos" é interessante e descontraido, me fez querer ler ate o final. Bye Bye!

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe