Sons Of Anarchy 7x02: Toil and Till

segunda-feira, setembro 22, 2014


Dia agitado em Charming. E a turma do extintor, Nero e Wayne, sempre trabalhando muito.

Nero realmente entrou para o quadro regular da turma do extintor, tentando conciliar todos os grupos criminosos sem querer se envolver em crime algum. Isso até pode parecer uma piada mas é verdade. E o pior é que dá certo, até determinado ponto, já que ninguém pode segurar Jax.
Jax esteve fantástico, tanto que o episódio precisou repetir mais de uma vez o quanto ele é inteligente. A ideia de minar Lin e os chineses parece mirabolante, mas começou dando certo. O único problema é enfrentar a filial de Indian Hills após as mortes dos dois coadjuvantes. O personagem está sozinho em uma jornada sem qualquer direção. Apesar de apelo em cima dos dramas pessoais de Jax ter sido sempre forte – na realidade, é o mote da série – nessa quinta é que o personagem parece um pouco menos óbvio, com toda essa falta de direção. Charlie Hunnam nunca foi um bom ator, mas depois de mais de meia década interpretando o mesmo personagem não podemos negar que está melhor que no início da série. A impressão que passa é um personagem solitário, como demonstra a primeira cena e a cena em que chora abraçado com Abel, mas que está bem assessorado, com os caras do clube sempre à sua volta. A propósito, os caras andam muito quietos, sem discutir com Jax e eu não estou gostando disso, particularmente.
O destaque do episódio foi Tig, sempre afiado e pronto para um momento de descontração, servindo por todo o episódio como alívio cômico para o espectador. Kim Coates, o ator que interpreta Tig, em vários momentos nessas sete temporadas divertiu o espectador com a sua limitação técnica. Nada que uma boa direção não seja capaz de fazer.
Falando em limitação técnica tivemos uma agradável surpresa com a presença da atriz Annabeth Gish, que vinha de um horrendo trabalho em The Bridge, série do mesmo canal. Se havíamos perdido a beleza de Maggie Siff, uma das mulheres mais lindas da televisão americana até então – na opinião deste humilde reviwer que vos escreve – ganhamos o charme da Xerife Jarry. É o tipo de personagem que vai durar até o fim da temporada, já que seria necessário sacudir muito a história para mata-la nos poucos episódios restantes.
Esse episódio, especificamente, foi um episódio mais “clássico” de SOA, com um plot que se desenrola em um tiroteio e uma boa quantidade de mortos. Direção fantástica, que, a meu ver, estava um tanto quanto western. Várias cenas apresentavam diálogos homem a homem, um de frente para o outro em situações de enfrentamento. Jax, por sua vez, usava uma fivela grande e, sem contar a cena de ação, em que a perseguição de carros em muito se assemelha a uma cena de ação sobre cavalos. Pode ser apenas imaginação minha, já adiantando a tristeza pelo fim da minha série favorita atualmente...
Há alguns aspectos técnicos de SOA que sempre me chamaram a atenção. Em primeiro lugar, a trilha sonora é impecável. Não sei se conheço série com trilha sonora melhor que essa, não apenas pelo meu gosto pessoal, mas pela adequação da trilha com o episódio. Em segundo lugar deve-se salientar como evoluiu a fotografia de Paul Maibaum durante esses anos, dando nessas últimas temporada um ar um tanto quanto cinematográfico, elevando em muito a qualidade visual da série. A série anda focando muito nos rostos dos personagens, o que garante um belo trabalho de direção, pois não depende da interação entre os atores que já estão seis anos juntos.
Há alguns detalhes de figurino que sempre me perguntei junto da minha ignorância, como o fato de Jax sempre andar de tênis impecavelmente brancos enquanto todos os motoqueiros só andam de coturno ou sapato preto. Seria uma “pureza” de Jax, algum ar de mocinho, ou apenas para dar ao personagem um ar mais jovial, já que no início da série ele era praticamente um adolescente? O mesmo segue para Happy, que sempre usa camisa branca desde o início da série. Se alguém se sentir à vontade para comentar a respeito o faça.
Falta pouco para acabar e já vou começar dando os meus palpites para o fim da temporada. Mortos: Jax, Unser, Juice, Rat, Happy. Vivos: Gemma, Bobby, Tig, Chibbs. Até o próximo episódio.


Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe