S.A.Maratonas #31 - Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar (Outono)

sábado, novembro 25, 2017


Um ano e a gente continua a recordar, num encerramento que demorou mais pra acontecer do que o casamento de Luke e Lorelai. Então arruma o mochilão e vem com a gente nesse décimo-primeiro (e derradeiro?) podcast sobre Gilmore Girls, que debate as controversas quatro últimas palavras e sugere as nossas próprias, com ideias aburdamente diferentes de como Rory poderia se expressar.


Nosso e-mail: seriadores@gmail.com
Grupos no Telegram: Seriadores Anônimos | SAD
Nas redes sociais: Twitter / Página no Facebook / Grupo no Facebook
Assine o podcast: iTunes | Feed RSS 
Links
Gilmore Girls Brasil: Site Fanpage no Facebook
S.A.Maratonas #13 - Gilmore Girls, 1ª Temporada
S.A.Maratonas #14 - Gilmore Girls, 2ª Temporada
S.A.Maratonas #15 - Gilmore Girls, 3ª Temporada
S.A.Maratonas #18 - Gilmore Girls, 4ª Temporada
S.A.Maratonas #19 - Gilmore Girls, 5ª Temporada
S.A.Maratonas #20 - Gilmore Girls, 6ª Temporada
S.A.Maratonas #21 - Gilmore Girls, 7ª Temporada
S.A.Maratonas #24 - Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar (Inverno)
S.A.Maratonas #25 - Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar (Primavera)
S.A.Maratonas #27 - Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar (Verão)

Trilha Sonora
Sam Phillips - I Don’t Know How To Say Goodbye To You
Rouge - Não Dá Pra Resistir
Ronan Keating - I Hope You Dance
Jim Sturgess & Joe Anderson - With A Little Help From My Friends
Olof Roter - Gotango
Rosemary Clooney - Botch-A-Me (Ba-Ba-Baciami Piccina)
Ash - Burn Baby Burn
Nine Days - Absolutely (Story of a Girl)
Tara MacLean - If I Fall
Weezer - This Is Such a Pity
M2M - Don’t Say You Love Me
Sister Hazel - All for You
Bon Jovi, Jennifer Nettles - Who Says You Can’t Go Home
The Perishers - When I Fall
Aerosmith - Jaded
Sam Phillips - Where the Colors Don’t Go
Sandy & Júnior - As Quatro Estações
Sam Phillips - Reflecting Light
Semisonic - If I Run
Daniel Powter - Next Plane Home
Sam Phillips - When I Fall
Grant Lee Phillips - Mona Lisa
Bobby Vee - Take Good Care Of My Baby
Frou Frou - Shh
Carole King - Where You Lead

Talvez Você Curta

16 comentários

  1. Nem acredito que terminaram os podcasts haha (e ainda com Erika e Camis juntas? o milagre foi maior ainda).
    Sobre o final, só vi uma vez então não lembro de muita coisa, só de ter gostado da segunda metande, depois do retiro da Lorelai e da brigada lá, que achei tudo um saco e desnecessário, até pq esses amigos do Logan sempre foram bem whos e não entendi esse destaque todo pra eles logo no último episódio.
    Adorei o podcast, ri muito com toda a zoação e as quatro palavras finais da Erika foram maravilhosas. Agora, amo Gilmore Girls, mas já deu, no máximo quero mais um especial, mas pelo que a Amy escreveu nesses 4 episódios, acho mto arriscado continuar fazendo a série, vamos deixar como está
    Adorei a cobertura de vcs da série inteira, foi ótima! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que mais pesou pra mim na época que vi a primeira vez foi esse destaque da brigada mesmo, Carol, tava achando muito surreal perder tanto tempo precioso com isso. Por isso nem tinha achado a parte da Lorelai tão ruim assim, mas hoje já vejo que era encheção de linguiça também.
      Obrigado pelos comentário maravilhoso :*

      Excluir
  2. Amém seriadores ������....

    ResponderExcluir
  3. Quem sou eu pra definir se uma coisa é boa ou não, então me restrinjo a só gostar ou não de algo. E eu gostei do revival, tirando a participação de 30s da Sookie, o musical de 15 min. intermináveis, o (babaca do) Logan e a River Song. Na verdade, como eu cago pra Holy, todo o plot dela que não envolvesse a Lorelai, a Paris, a Lana, a avó ou o Jesse, não me animou. Eu acho que se mudassem algumas coisas eu gostaria mais do revival, como por exemplo dar mais espaço pra Lana e cia, ao invés de focar em participação de personagens aleatórios criados só pra esses 4 episódios. Mas eu me diverti bastante, adorei a piada da Lorelai grampeando as coisas na sacola, foi muito a cara dela pra mim. Eu amo a Lorelai, gosto de ver ela se dando conta de algumas burradas e tentando concertar elas, Lauren Graham sabe fazer comédia e drama, o que é uma pena que ela tenha tomado péssimas decisões de modo a fazer com que ela não tenha tanto destaque na tv ou no cinema quanto deveria. De fato, a Lorelai não teve um desenvolvimento de personagem significativo, mas nem liguei. E a trama da Holy foi bem qualquer coisa mesmo. Pra mim, o revival foi divertido, não piorou a série, e apesar de respeitar as opiniões de vocês, isso de falar mal de algo que eu gosto me chateia, tenho que melhorar essa característica minha ainda. Mas agradeço por vocês terem se dado ao trabalho de gravar o podcast, editá-lo e ainda colocar trilha sonora. Eu não sei se essas informações ajudam a entender por que eu gostei, mas assistia Gilmore Girls na Warner, em 2006, época na qual comecei a acompanhar séries, e vi o revival uma vez, só revendo as partes que mais gostei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que agradeço por você ter comentado mesmo se chateando com a gente! ;)
      Pelo que li, a gente pensa parecido em muitas coisas, como essa falta de cuidado com a Lane e o Jess, mais da Paris e da Emily, foco nos aleatórios tipo River Song, Sookie relâmpago, musical infinito e tudo mais... Imagino que a chateação é mais pelo nosso jeitinho mesmo, que às vezes soa mais hater e/ou debochado. Mas posso falar por mim e um pouco pelo pessoal também, que conversamos muuuuito sobre o assunto, que todos gostaram do revival e continuam fãs da série, só essa questão de rever e pensar muito no que podia ter sido melhor vai facilitando em achar os defeitos.

      Particularmente, acho os 2 primeiros episódios quase irretocáveis, curti demais, e o ânimo foi diminuindo nos outros, já na primeira assistida. Também sou fã da série das antigas e ela segue forte no meu coração!

      Excluir
  4. 1 ano em uma vida para chegar esse episódio kkkk achei temático.
    Sobre o episódio: eu só assisti o revival uma vez então fiquei só com o encantamento da primeira vez assistida. Concordo com muitas coisas que vcs falaram, principalmente sobre Holy e Amy-Sherman que desperdiçou essa oportunidade única que dar um final digno para série. O que é uma pena. Mas o cast foi maravilhoso, ri litros, principalmente das 4 palavras finais da Érika, acho que "Mãe, sou sapatão, caralho!" deveria ser as 4 palavras final de toda série. rs
    Bjo no coração de vcs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já quero lançar essa campanha! Tô imaginando várias séries com essas palavras finais e ficariam simplesmente maravilhosas.
      :***

      Excluir
  5. Adorei o final alternativo que a Roly e a Lorelai ficam juntas, melhor que o original. Bati palmas.

    ResponderExcluir
  6. Não achei o revival tão ruim, talvez por ter assistido só uma vez (porque se tivesse achado bom, teria assistido mais). A história foi meio bosta. Amy está enferrujada. Nem deve ter maratonado a série antes de escrever pra lembrar como era.
    Eu gostei que a temporada não tenha sido sobre Rory escolher Dean e Jess, teria sido um saco. Mas a história foi bem merda anyway.
    Se tiver continuação, que seja escrita pelo showrunner da 7a temporada, pq eu achei ótima. Mas se tiver vai ser só daqui 15 anos, quando todos tiverem esquecido como o reviva foi meh.

    As últimas 4 palavras podia ter sido: Analise matou o vovô.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vem, David Rosenthal, continuar a sétima temporada de onde ela parou e ignorar o revival, hahahahaha.
      Adorei as 4 palavras sugeridas, queria muito um embate entre Nalise e Emily.

      Excluir
  7. Revival deixou muito a desejar! Podcast foi bem melhor que o último episodio!...adorei os comentários da erika!

    ResponderExcluir
  8. NÃO ACREDITO!
    Um ano depois essa saga chegou ao fim, e com o elenco original ainda, como não amar?
    Sempre muito bom escutar Camis, e tudo fica melhor ainda com Érika e Léo.
    Como só vi o revival uma vez, na época do lançamento, acho que não posso confiar muito nas minhas lembranças, mas nesses dois últimos episódios estava bem decepcionado, muita enrolação, plots avulsos, e aquele final me decepcionaram muito, mas sempre guardarei a série em meu coração, esteve muito presente em minha vida, assim como o podcast de vocês, foi o primeiro podcast que escutei, e passava o dia escutando vocês enquanto fazia rotinas do laboratório, vocês tornavam essas tarefas muito melhor, entendo que todos seguiram seus caminhos, e as séries também só foram piorando, mas espero ainda um dia em que verei um S.A.Cast de raiz na minha timeline.
    Obrigado por tudo.
    Beijos, F.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os 2 episódios finais foram bem diferentes dos primeiros mesmo, dá pra ver o desgaste na história e o tanto que queriam preencher 1h30 com bobagem.
      Legal saber que acompanhamos seu dia a dia no laboratório e contribuímos com o desenvolvimento científico do país :D

      Excluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe